555 respostas em “Olá a Todos !!!

  1. Olá Edu,
    Descobri que tinha herpes zoster há mais ou menos 1 ano e poucos meses atrás, fiquei louca ao saber que estava coberta de bolhas nas costas, fui tratada e com 2 meses depois fiquei boa, porém sofri longamente com fortes dores no peito e quando tinha estresse doía no local do ferimento,decidi não me estressar por nada, esse ano descobri que tenho uma séria fragilidade imunológica é que corro risco enorme de contrair qualquer doença, a questão é que veio o refluxo,a gastrite, feridas no canto da boca, infecção urinária que já e a segunda vez esse ano que tenho e agora uma impressionante seção de aftas enormes na boca maiores que o normal, estranhamente dolorosas e insuportáveis, e quando acaba uma nasce outra…. Eu tô tentando controlar minha imunidade mas não consigo, já sou estremamente magra, quando fiquei boa da herpes cheguei a pesar 52kg e da semana passada pra cá perdi 4kilos em 15 dias por causa desses aftas estranhas, dá vontade de desistir e jogar tudo pro alto, e como se eu tivesse remando contra a maré, não sei mais o que faço! Já perdi a vontade de viver! Me dá uma luz🤔😐

  2. Bom em Maio fiquei com um rapaz e logo depois de cinco dias apresentei dor muito forte ao urinar, então veio corrimento branco, e coceira. Depois de cinco dias passou.
    Então em Junho dia 19 fiquei com esse mesmo rapaz e dia 22 apresentei os mesmo sitomas porém pareceu um volume na parte intima e quando foi dia 24 ficou igual aftas e teve outra área da minha parte intima que do nada pareceu essas feridas também a primeira ficou tipo saindo a carne só tá ficando Vermelha, já as outras ainda está como aftas.
    Ainda não fiz o exame devido os postos daqui ser uma misericórdia.

    • Oi Deb,
      Pela sua decrição pode ser herpes genital sim, porém também pode ser alguma infecção por fungos ou bactérias. Por isso vc tem que ir no médico para fazer o diagnóstico correto. Se puder ir o quanto antes melhor para mostrar as lesões.
      Att,
      Edu

  3. Boa noite Edu!!!

    Vc sabe me informar se quem tem o vírus da Herpes Genital pode tomar a vacina contra febre amarela? Somos classificados com imunodeprimidos? Desde já, obrigado pela atenção.

    • Oi Vivi,
      Entra no meu site abaixo:
      http://www.dosustoaosucesso.com
      Mas abaixo na página vc irá encontar o botão de compra.
      Clica ele e escolha para comprar pelo PagSeguro.
      Então siga as instruções…é bem fácil.
      O PagSeguro irá gerar um boleto e vc imprime com sua impressora.
      Depois que pagá-lo em qualquer banco, o PagSeguro me envia a liberação.
      Em seguida envio o livro por e-mail.
      O livro é um e-book (arquivo digital em pdf com senha) e não existe em versão impressa em papel, por isso vai somente por e-mail.
      E vc pode ficar tranquila quanto a privacidade. Mais detalhes no site se precisar.
      Um abraço,
      Eduardo Rosadarco

  4. Olá! Descobri que estou com o vírus há pouco tempo e comecei a tomar aciclovir por minha conta. Fiz o tratamento igual está na buka, de 5 dias. Terminei há uns 15 dias e agora está aparecendo umas bolinhas que eu suspeito serem herpes atacando de novo… posso iniciar o tratamento de novo?

  5. Boa noite.Descobrir a doença a pouco mais de uma semana quando saiu o resultado dos exames, os sintomas se manifestaram a mais ou menos um mês. No início sentir muita dor de cabeça que não passava pensei ser gripe, depois veio a inflamação na vacina. E logo em seguida as lesões.estava separada do meu marido a três meses e resolvi dar oportunidade a outra pessoa for aí que acredito ter pego a doença. Essa pessoa não tinha lesões e jura que não sabia, mas não acredito .Fui muito besta em ter ficado com ele sem camisinha, mas fiz isso depois que ele me apresentou a família e dizia querer um relacionamento sério. Depois que descobrir contei pra meu ex…no início estava com muito medo de ser algo pior como aids. Meu ex quis me ajudar, voltamos.E ele acabou pegando na boca. Ainda não sei o que fazer continuo tendo crises mesmo depois de tomar o antiviral por cinco dias. Só me resta pedir misericórdia a Deus

    • Oi Carol,
      Quando a infecção pelo HSV é recente então pode ocorrer crises mais frequentes. O seu sistema imunológico ainda está se adaptando.
      É chato mas tem que ter um pouco de paciência. Acho que com um pouco mais de tempo vai estabilizar.
      Mesmo assim continue com os antivirais se sentir sintomas de crises e pense na possibilidade de fazer um tratamento supressivo caso suas crises frequentes não parem.
      Tem muitas outras coisas que aliadas ao antiviral podem ajudar a diminuir a frequência.
      Indico para todos (principalmente quem acabou de se infectar) que leiam o meu livro. Não é por nada mas garanto que irá ajudar em muitas coisas.
      Abs
      Edu

      • Oi edu eu fiz pergunta a vc ñ mim respondeu ne uma eu fui manda faze a lisina uma farmácia de manipulação mais eles falaram qui só faz com receita médica tenho herpes a dez anos vc sabe sim a vacina vai sai obg

      • Oi Carla,
        Desculpe… posso ter pulado sem querer.
        Que eu saiba a lisina não precisa de receita médica. Vc pode até comprar direto pela internet assim como os antivirais.
        Acho que foi “frescura” dessa farmácia.
        Acredito muito que irá sair sim, porém ainda vai levar alguns anos.
        Abs
        Edu

  6. Oi gente
    Desde abril descobri estar com herpes genital
    Além de descobrir essa doença descobri tbm que era constantemente traída pelo meu namorado e com os piores tipos de pessoa.
    Estou tendo crises mensais .
    Geralmente não causam mta dor e em 5 dias somem .. porém passam 10 ou 15 dias e lá vem de novo.
    Comecei a tomar lisina e vitamina c de nada adiantou 😦
    Não sei o que está desencadeando essas crises se é alimentação ou meu estado de ansiedade… tenho medo q por trás disso tenha algo mais grave que ele possa ter me passado.
    Desde então não me relaciono com ngm e penso que vou ficar sozinha pra sempre..
    Poxa não sei mais o que fazer

    • Oi Ale,
      – tente um tratamento supressivo com aciclovir aliado ao que vc já está tomando (a lisina e vit c)
      – O stress emocional afeta muito nosso sistema imune e é bem importante vc tentar controlar a sua ansiedade.
      – Não adianta… tem que fazer o teste de aids (hiv). Eu quase tive um treco quando fui ver o resultado do meu no passado…rs
      Agente fica muito preocupado mesmo. Mas é importante…até para vc ter mais paz de espírito e não ficar neuras pensando em coisas ruins.
      – Vc não vai ficar sozinha para sempre. Isso passa pela cabeça de todos nós quando descobrimos o diagnóstico. Com o tempo vc se adapta e vai tirar isso “de letra”.
      Abraços,
      Edu

    • Nosso Deus tbm fiquei com cabeça ate ruim, sempre estou de olho la.rsrs…Uma vez dei um cabelinho inflamado pensei mil coisas ate exames de sífilis eu fiz, fiquei lok….graças a Deus negativo…então o tratamento supressivo eu nunca fiz tenho medo de atacar fígado, sei la…mais meu namorado vem de 15 em 15 dias então uso direto na semana que ele vem..e ele nao sabe que tenho o vírus…nunca contei…tenho medo..mais tenho maior cuidado….minhas crises aparecem de 10 em 10 dias…sofro demais…raro ficar um mês sem aparecer….quando tomo remédio para n aparecer, e qdo paro com ele a crise parece que vem mais forte, tipo umas suas malditas bolinhas…aff

  7. Gente, boa noite.
    Meu nome é André tenho 21 anos descobri o vírus, a mais ou menos 1 mês e estou muito desesperado.
    O que eu faço? Meu Deus, me ajudem!

  8. Edu queria que você me esclarecesse uma dúvida.
    Fui ma genicologista e ela disse que estava com Herpes genital e me passou o tratamento para seis meses. Me passou vários exames de sangue e um exame chamado vídeocolpcopia.
    Estou em dúvida se posso iniciar o tratamento antes de fazer os exames de sangue ou espero fazer para iniciar

    • Oi Aninha,
      Por enquanto não.
      Eu ando meio parado com os posts aqui do blog mas quando eu tiver algo mais sólido irei colocar.
      Por enquanto estou tentando colocar em dia as respostas para todos os e-mails e mensagens por aqui.
      Abs
      Edu

  9. Olá, me chamo jaqueline. Descobri que tinha a pouco tempo, e como todos que portam o vírus tenho me sentindo muito mal emocionalmente, fico imaginando como pude me descuidar, porque aconteceu comigo e como vai ser meus relacionamentos daqui pra frente. Recentemente conheci um rapaz, estamos nos relacionando, gosto dele, porém ser portadora desse vírus as vezes atrapalha bastante, sinto como se ele merecesse estar com uma pessoa saudável, não tenho coragem de contar nada a ele, até porque é meu primeiro relacionamento desde que descobri o vírus e não faço a mínima ideia de como devo agir, faço tratamento supressivo porque li que ajuda a diminuir o risco de transmissão e recorrências , desde a primeira infecção ainda não tive crises e tenho muito medo decidir ir pra cama com ele e acontecer alguma coisa, ainda tenho duvidas sobre o risco de transmissão no período assintomático, sem lesões e mesmo usando a camisinha. Queria muito encontrar alguém aqui pra me ajudar e conversar comigo.

  10. puts!!!!! Se vc fica assim tão preocupado te dou um conselho fica com uma pessoa só..assim vc não vai ter tantas dores de cabeça.. rsrsrs…Te falo pq tem 5 anos que tenho herpes ..peguei de um namorado …e desculpa a expressão..o fdp..passou de proposito…enfim eu tenho tanto medo de dst que tenho um fixo..e msm assim tenho medo…

    • verdade SILVA , voçe esta certa no seu conselho .. é complicado essa sua situaçao nao desejo a ninguem ! acaba deixando marcas neuras paranoias na sua vida psicologicamente falando .. agora é se previnir mesmo e ter fe em Deus abraços e obg pelo conselho rs fica com deus

      • Achei uma boa notícia…
        Meu laboratório continua a colaborar com o laboratório de David Bloom, da Universidade da Florida, ea empresa de biotecnologia Editas, localizado em Cambridge, Massachusetts, para desenvolver um tratamento que irá destruir genomas de HSV latente e curar completamente a doença induzida pelo HSV. Depois de muito esforço, agora temos focado no gene Cas9 codificado por Staph. aureus (SA), conforme a enzima ADN edição ideal para utilização nestes estudos. Em particular, o gene SA Cas9 é apenas ~ 3200 pares de bases (pb) de tamanho e isso permitiu-nos criar totalmente infeccioso mas replicação incompetente vectores virais baseados em vírus adeno-associado (AAV), que representa uma altamente eficientes in vivo sistema de entrega, mas só tem um limite de embalagens de ~ 4800 bp. Verificou-se agora construídos e testados diversos vectores baseados em AAV, cada um expressando a proteína SA Cas9, bem como dois RNAs de guia específico de HSV-1-, que estão a ser testados quanto à eficácia em ratinhos de forma latente o HSV-1-infectados. O nosso objectivo inicial é o de se concentrar no desenvolvimento de vectores de expressão SA Cas9 baseados em AAV como um tratamento para o HSV-1 ceratite induzida, o que leva a perda de visão de uma percentagem significativa de pacientes infectados, como uma prova de conceito de que este abordagem pode realmente atacar e destruir HSV-1 genomas de ADN in vivo. Se for bem sucedido, então esta abordagem poderá ser facilmente estendida a outras infecções latentes ou activas provocadas por HSV-1 e, especialmente, o HSV-2. Um artigo de revisão descreve esta estratégia de tratamento, e explicando como ele funciona, foi recentemente publicado pelo meu grupo: Kennedy & Cullen Virology 2015
        Google Tradutor para empresas:Google Toolkit de tradução para appsTradutor de sitesGlobal Market Finder

        https://sites.duke.edu/cullenlaboratory/current-research/herpes-research/update-on-hsv-research/

  11. oi amigo , é o seguinte quero compartilhar a minha historia com voce ja que nao conheço alguem que tenha esse virus e que possa sentir confianca em conversar abertamente e queria uma dica uma ajuda ja que depois que contrai herpes genital virei uma pessoa totalmente abalada psicologicamente .. bom eu contrai em fevereiro de 2015 ou seja la se vão 1 ano e 4 meses .. eu transei sem camisinha com uma colega da faculdade fui muito inconsequente muito ingenuo eu estava com uma camisinha no bolso e na hora H nao retirei e coloquei ela .. enfim os sintomas vieram logo depois de uma semana a principio ja temia algo decorrente da transa desprotegida .. se passaram dias e fui a um posto de saude com vergonha e receio expliquei tudo ao medico e mostrei as ulceras e fiquei naquela de esperar para se ter uma definiçao do que eu tinha e foi confirmado que era herpes no inicio o mundo acabou pra mim entrei numa depre terrivel so queria um botao para apertar e voltar aquela maldita noite em que nao tirei do bolso a camisinha , acordava de madrugada louco de raiva nao acreditando no que estava acontecendo .. ate entao nunca tinha pego um dst .. e o pior de tudo e que eu estava em um relacionamento tinha namorada e contrai isso em um caso fora dele foi o estopim para tudo cair sobre minha cabeça e eu ficar ainda pior . enfim o ano de 2015 foi pessimo pra mim mas firmei um compromisso cmg mesmo em que iria falar a verdade pra minha namorada do que aconteceu e que se caso ela me perdoasse iriamos se proteger e eu nao iria passar pra ela e graças a deus ela me perdoou e ate hoje estamos juntos e ela nao contraio o virus .. enfim cara fiquei muito abalado nao tinha cabeca para nada esperei seis meses para fazer o exame de hiv temendo o pior nesse meio tempo sai do emprego pois nao conseguia me concentrar , e nem pensar em nada a nao ser na burrada que fiz..graças a deus deu negativo o exame de hiv porem fiquei com o psicologico muito abalado ate hoje quando transo ate mesmo com camisinha temendo contrair HIV eu ja fiz inumeros exames e testes rapidos para HIV mesmo quando eu transo com camisinha eu fico imaginando ter pego na parte externa da camisinha com secreçoes vaginais e consequentemente com o virus HIV e depois ter passado a mao no penis e assim me infectar .. eu sei que tudo isso é psicologico mas nao consigo tirar da minha cabeça esse medo esse trauma … penso que como eu contrai herpes genital de um modo tao inesperado posso contrair HIV ja que e algo mais serio ! me ajuda em relaçao a isso o que vc me diria ?o que devo fazer ? sobre a questao da herpes hoje eu ja aceito de boa ter contraido e aprendi a viver com ela .. penso que antes ter pego herpes do que HIV . e ate hoje nao consigo manter-me fiel a minha namorada .. tenhos encontros infieis mas apenas com uma pessoa onde eu sei da sorologia dela ja pedi que ela fizesse inumeras vezes testes rapidos mas mesmo assim quando tenho relaçao com ela eu fico com as neuras e paranoias que descrevi acima , so fico com ela reduzi o numero de parceiras justamente por esse medo .. queria muito largar dessa noia por favor me der seu parecer sobre minha historia , fiz um exame de 4 geraçao hiv 1 hiv2 onde procura o antigeno p24 ou seja bastante eficaz na identificaçao do virus hiv e deu nao reagente isso a duas semanas atras .. e logo depois fiquei com uma mulher porem so rolou o sexo oral e com camisinha eu fui chupado mas na hora de gozar retirei o presevativo com a mao esquerda ou seja ela entrou em contato com a saliva dela e depois gozei e com a mesma mao esquerda supostamente com a saliva dela encostou em minha glande e estou muito preocupado pensando se contrai HIV dela nessa situaçao .. so vivo na internet pesquisando sobre sexo oral receptivo e vi que as chances sao minimas de quem esta recebendo contrair hiv mas mesmo assim meu psicologico nao me deixa em paz meu deus .. abraços e fica com deus por favor me responda me ajude

    • Oi Rodrigo,

      É… pelo que vc descreveu está meio “neuras” mesmo… mas é o seguinte:
      1- vc não tem HIV… e a camisinha é muito mais eficaz para proteger contra o hiv do que contra o herpes genital até. Então use preservativo sempre… principalmente com essa sua “segunda garota”.
      2- É bem difícil vc pegar hiv se uma mulher fizer sexo oral em vc. Já o reverso não tenho tanta certeza da probabilidade. As mulheres sim podem pegar hiv pelo semem do parceiro.
      (bom ela tmb fez o teste… isso dá mais segurança ainda)
      Vc terá que aprender a relaxar…. não é porque pegou herpes genital que irá pegar hiv, mas é claro que tem que tomar os cuidados necessários.
      Ha… e vc não é o único que ficou assim… eu tmb tive a minha fase “neura”… mas com o tempo vc se adapta novamente.
      Abraços,
      Edu

      • obrigado Edu de coraçao… e parabens pelo espaço pelas informaçoes voce ajuda bastante , è mt dificil vc se ver nessa situaçao e nao ter coragem de expor o que esta vivenciando e por aqui ficamos muito a vontade e vc esclarece , troca informaçoes , experiencias .. com muita responsabilidade ! abraços e tudo de bom pra voçe

  12. Edu, te mandei um email, assim que vc tiver um tempinho dá uma olhada lá…. Então, enquanto isso queria fazer a pergunta pra vcs: Depois da minha primeira crise, que foi muito demorada. Nunca mais eu tive, mas mesmo assim tenho medo de passar isso ao meu parceiro mesmo sem eu manifestar nada. Então será a primeira vez que vamos sair depois do meu contágio. posso tomar o aciclovir uma semana antes de eu sair com esta pessoa, para evitar a transmissao do herpes para ele??? Eu fazendo o uso do aciclovir e de polivitaminicos, e preservativos? Gosto muito dessa pessoa e não quero passar de jeito nenhum essa doença pra ele. Mas pra isso preciso da ajuda e orientação de vcs para que isso não aconteça. Desde já agradeço a atenção e aguardo respostas

    • Oi Tatiany,
      Por favor reenvie seu e-mail…acho que não chegou.
      Bom…se vc transar com ele sem estar com sintoma nenhum e ainda com preservativo, eu diria que vc pode ficar tranquila que a chance de passar assim é desprezível. E sim… os antivirais tomados supressivamente, ajudam mais ainda a diminuir o risco de transmissão.
      Abs,
      Edu

      • Oi , boa noite Edu

        Primeiro parabéns pelo seu livro, bela iniciativa. Nao comprei ainda mas pretendo. Pelo q li nos comentarios me parece ser otimo. Enfim, tenho 22 anos, sou casado e descobri q tenho herpes genital qnd tive a infecçao primária que foi a uma semana e meia, devido a uma gripe forte q peguei. Procurei o médico e ele me diagnosticou e receitou aciclovir 2 comprimidos a cada 8hrs por 7 dias. Por conta propria comprei tbm a pomada de msm nome e usei juntamente com os comprimidos conforme a bula. O tratamento completa 7 dias amanha e as feridas cicatrizaram mas estao roseas. Foi dificil mas nao poderia esconder isso da minha esposa e contei a ela no msm dia q descobri, foi a melhor coisa q fiz. Dei liberdade a ela de escolher o q fazer p vida dela, ja q o que tenho é pra sempre. Ela pensou e decidiu continuar cmg. Agora minhas duvidas sao:

        Usando o aciclovir as feridas ficam roseas msm? Nao somem?
        Indica um remedio melhor de custo nao tao elevado?
        Se eu tomar o aciclovir ou outro remedio para a herpes diariamente,por exemplo 2 comprimidos por dia , ajuda a diminuir o risco de transmissao? Posso fazer isso?
        Usando o remedio dessa forma supressiva se minha esposa fizer sexo oral em mim ela pega herpes labial?
        Pretendo ter filhos com ela, meu sêmen pode contaminar ela?

        Desculpe tantas perguntas, mas vc ja tem a bastante tempo e eu descobri agr vc deve entender como é. Obrigado e aguardo suas respostas.

        Sei q mt gente aqui tbm adoraria conversar com pessoas q tbm tem o virus entao deixo meu wpp caso alguem queira Conversar. Wpp 968549618.

      • Oi Felipe.
        – o aciclovir não afeta a cor das lesões nem da cicatrização da pele. Ele diminui a replicação do vírus.
        – Dentre os antivirais para a herpes, o aciclovir é o mais “barato”. Tem que pesquisar o laboratório pois o preço varia muito. Até o genérico encontro mais caro que o Herpesil aqui em Curitiba. Uma alternativa seria consegui-lo na farmácia popular, mas pelo que sei vc tem que ter uma receita médica neste caso.
        – Sim… o tratamento supressivo já foi constatado que pode diminuir a transmissão do vírus em até 50%.
        – Não existe vírus da herpes genital no semem nem no sangue. O vírus usa as ramificações nervosas para se locomover.
        Abraços,
        Edu

      • Oi , boa noite Edu

        Primeiro parabéns pelo seu livro, bela iniciativa. Nao comprei ainda mas pretendo. Pelo q li nos comentarios me parece ser otimo. Enfim, tenho 22 anos, sou casado e descobri q tenho herpes genital qnd tive a infecçao primária que foi a uma semana e meia, devido a uma gripe forte q peguei. Procurei o médico e ele me diagnosticou e receitou aciclovir 2 comprimidos a cada 8hrs por 7 dias. Por conta propria comprei tbm a pomada de msm nome e usei juntamente com os comprimidos conforme a bula. O tratamento completa 7 dias amanha e as feridas cicatrizaram mas estao roseas. Foi dificil mas nao poderia esconder isso da minha esposa e contei a ela no msm dia q descobri, foi a melhor coisa q fiz. Dei liberdade a ela de escolher o q fazer p vida dela, ja q o que tenho é pra sempre. Ela pensou e decidiu continuar cmg. Agora minhas duvidas sao:

        Usando o aciclovir as feridas ficam roseas msm? Nao somem?
        Indica um remedio melhor de custo nao tao elevado?
        Se eu tomar o aciclovir ou outro remedio para a herpes diariamente, por exemplo 2 comprimidos por dia , ajuda a diminuir o risco de transmissao? Posso fazer isso?
        Usando o remedio dessa forma supressiva se minha esposa fizer sexo oral em mim ela pega herpes labial?
        Pretendo ter filhos com ela, meu sêmen pode contaminar ela?

        Desculpe tantas perguntas, mas vc ja tem a bastante tempo e eu descobri agr entaocvc deve entender como é. Obrigado e aguardo suas respostas.

  13. Ola, Pessoal a tempos acompanho o site, e vejo vários comentários e varias dicas, Eu tenho herpes Tipo 1 a Labial, queria dividir com vocês tudo que já fiz para tentar conter as crises, Ja Fiz Auto-hemoterapia, Ozonoterapia, Protocolo de MMS, Enax, Ortomolecular, Vitamina C com Zinco e Lisina todos os dias, e fora todas as coisas caseiras e loucas que vcs podem imaginar, resumindo nada adiantou, continuo tendo crises, embora tenho notado que essa ultima foi menos severa, agora vou tentar as vacinas que vendem no RJ, queria saber se alguém ja tomou e se teve bons resultados?? Tambem estou tentando arrumar um remédio que chama Isoniplex immunosin, alguém já ouviu falar ou tomou??
    Atualmente estou com uma, e um detalhe bem importante a minha sempre vem em lugar diferentes, uma hora em um canto da boca, depois no outro, depois em um lado no nariz, depois no outro e assim vai, ontem foi o primeiro dia da herpes, sequei com um laser de alta frequência,na hora ja formou a casquinha, acho que o laser ajuda a secar, mais não cura e nem previne novas crises, somente ajuda a secar mais rápido.

  14. Boa tarde descobri a pouco tempo que tenho herpes.
    Estava com dengue no terceiro dia da doença apareceu bolinhas brancas e doloridas fiquei muito preocupada fui a ginecologista e a principio era Candidíase mas mesmo assim ela pediu exame da herpes. Recebi o exame deu positivo herpes simples 1 disseram que já é antiga a contaminação meu chão caiu na hora porque sou virgem e não sei como posso ter pegado de alguém, a médica disse que só manifestou por causa da dengue minha imunidade baixou muito … E agora se eu casar se perder a virgindade com meu parceiro sem camisinha ele vai pegar o vírus?

  15. Eu tenho herpes a mais ou menos 14 anos, nunca tomei remédio, no começo tive várias recorrências, mas faz anos que tenho casos raros de recorrências, tipo: 1, 2 ou no máximo 3 vezes ao ano, por isso o não uso de remédio, tenho parceira/esposa, ela sabe do meu problema, e ela não apresenta sintomas, estamos tentando engravidar, tenho vontade de tomar aciclovir para evitar qualquer possibilidade de contágio. Alguém sabe se aciclovir pode causar problema ou contra indicação para um homem com herpes genital que está tentando engravidar sua esposa?

    Grato

      • Oi gente!
        Meu nome é Gabriela e tbm tenho o vírus desde os 19 anos, acredito que tenha pego do meu ex namorado, mas não sei ao certo, como acontece com a maioria.
        Fiquei com ele por mais 1 ano depois de descobrir a doença e acho que por isso não tive uma crise de auto estima.
        Acabamos terminando e desde então tenho tido relação sexual com outros caras.
        Hoje estou com 23 anos e desde o primeiro episódio nunca mais havia sentido nada sobre a herpes… o que me considero alguém de sorte, pois sempre li que seria recorrente eu ter outras crises.
        Mas dia 20 de abril comecei a sentir muita coceirá e imaginei que poderia vir a doenca, pois tive amidalite e minha imunidade baixou demais. Decidi então iniciar o tratamento pra não deixar sair as úlceras. É sempre bom conhecermos nosso corpo e sabermos quando algo está errado.
        Pra meu azar tenho alergia ao aciclovir e só utilizo o penvir oral e pomada, que é o tratamento que hj estou fazendo.
        Estou praticamente boa, mas a única coisa que ainda me deixa com dúvidas é sobre beber tomando o remédio.
        Por via das dúvidas não tenho ingerido bebidas alcoólicas, mas tem algum problema?

        Beijos a todos e estamos juntos nessa!

  16. Obriga pela resposta….
    Outra duvida ..rsrs….
    Eu gosto mto de tomar uma cervejinha no fds..e sei que medicamentos e remédios juntos não funciona neh!!! tira o efeito …
    …………..Minha duvida eh…durante o tratamento supressivo não posso tomar minha bebida no fds??? será que corta o tratamento…

    …Obgrigada…

  17. edu

    Minhas crises são frequentes uma semana e sim outra não….mais se eu tomar o remedio aciclovir ela não aparece….como posso fazer uso por dia e qtas mg do medicamento e por quanto tempo…..
    OBg

    • Oi Silva,
      Para tratamento supressivo:
      -Aciclovir 200mg 3x ao dia ou 400mg 2x ao dia.
      -No meu entendimento pelo tempo que vc quiser, mas acho uma boa idéia dar uma parada depois de um ano e ver como fica.
      Att,
      Edu

  18. Bom dia Edu

    Estou com uma duvida …Eu namoro a dois ano, tenho herpes a 5 e nunca contei ao meu namorado, sei que esta errado, mais nunca tivemos relação quando estou ou ate msm suspeitando que pode aparecer uma crise.. Meu namorado mora em outra cidade e vejo ele de 15 em 15 dias..entao sempre na semana que ele vem começo a usar o aciclovir tomo remedio de 5 em 5 horas de 200mg..começo na terça e so paro no sabado..pq no domingo ele volta pro trabalho…esta errado na forma como tomo esse medicamento??tipo so na semana que ele vem..varias vezes ao dia….e gostaria de tomar minerais e vitaminas..sera que posso comprar e tomar sem prescrição medica ???

    • Oi Kamila,
      Tanto o aciclovir como os suplementos de vitaminas não precisam de prescrição médica para comprar.
      Porém se você nunca foi ao médico por causa da herpes genital, seria bom vc ir.
      É que cada um de nós tem seu caso específico.
      Bom… a dose que vc está tomando está ok para um tratamento episódico e para seu objetivo que seria diminuir o risco de transmissão, já que vc não irá tomar direto assim.
      Abs
      Edu

  19. Boa tarde, meu nome é Marília.

    Eu tinha crises frequentemente da herpes genital, e a cada crise, minha auto estima ia lá no pé, ficava triste, e com vergonha, minha namorada sabe que possuo o vírus, mas a cada vez que se manifestava o medo e vergonha de contar pra ela que estava ativa novamente, era um terror.
    Até que cansei, e procurei um dermatologista.

    Ele me passou um tratamento com aciclovir, 4 comprimidos por dia, durante 6 meses.
    É um tratamento posso dizer que “caro”, mas acho que vá valer muito a pena.
    Ele disse que não vai curar, mas vai diminuir muito a volta da crise.
    Pq quem tinha crise 2 vezes a cada mês, ter 1 em 6 meses. Seria sucesso!!

    Estou ansiosa para o término do tratamento.

    • Oi Marília,
      Sim… isso chama-se tratamento supressivo e acredito que irá te ajudar bastante sim.
      Aliado a isso eu ainda recomendaria algumas coisas importantes como:
      – controlar o stress emocional.
      – dormir bem
      – alimentação saudável ( e evitar alimentos com muita Arginina)
      – Exercícios moderados pelo menos 3x por semana.
      – tomar um suplemento de vitaminas.
      Uma coisa irá ajudar a outra… assim vc obterá um resultado ainda melhor.
      Abraços,
      Edu

  20. Boa noite, descobri que tenho herpes e hpv algum tempo, entrei em depressão, uma historia bem chata por conta que eu nunca fui namoradeira, tive um único namorado que me permiti transar sem camisinha, eu até doava sangue antes desse namoro e agora depois da descoberta e não posso mais. Resumindo venho declinando a cada dia, a herpes não apareceu mais depois do fim das relações amorosas mas me sinto travada a começar um novo relacionamento, continuo lutando contra depressão, tenho acompanhamento psicológico mas sinto que minha vida parada. Sabe de algum grupo de amigos que eu possa conversar sobre essa doença, seu conflitos e como lidar com ela???

    • Oi Ana,
      -Vc pode doar sangue sim.
      O vírus da herpes não fica no sangue. Somente os anticorpos.
      O vírus da herpes se locomove pelas ramificações nervosas e fica estabelecido no gânglio na base da coluna.
      -O impacto psicológico que agente sofre é grande mesmo. É um grande susto e ninguém está preparado para a notícia.Para uns é pior do que para outros. Depende de como agente “pensa” sobre o vírus.
      Mas garanto que com o tempo dá para agente se adaptar e viver bem com algumas pequenas mudanças e cuidados.
      Não deixe a herpes genital te “roubar” tempo e relacionamentos.
      Recomendo muito o meu livro… acredito que irá te ajudar. Coloquei muita coisa lá sobre como superar a parte psicológica entre outras coisas.
      Abs,
      Edu

  21. Boa Tarde,

    Tenho 25 anos e contrai a doença, Estou na primeira crise .
    Morava com meu ex noivo a 3 anos e acredito que ele tenha a doença e passou para mim. (Pois o mesmo está com sintomas aparentes hoje)
    só que ela se manifestou em mim justamente quando nos separamos , imagino que seja devido ao estresse do término, de ter que voltar a morar com meus pais e etc.. sem contar que minha imunidade baixou e muito!
    Fui numa Ginecologista e ela me tratou muito mal ( o que me deixou pior ainda) , mas passou os seguintes medicamentos : Aciclovir comprimido de 8 em 8 horas e aciclovir em creme de 4 em 4 horas e aquele bendito exame de sangue pra saber se tenho ou não , mas nunca é preciso.

    Estou seguindo as recomendações da infeliz grosseira e até agora só senti melhora nas dores, ainda estou com as bolhas e elas não estouraram ,isso já tem 7 dias( o que não sei se é normal) .. não culpo meu ex por ter me passado, nem tenho raiva. Mas nesse momento sinto que minha vida nunca mais irá ser normal. A mulher aceita um homem com o vírus mas o homem já não sei. Acho que nunca mais vou conseguir alguém que me dê valor. Minha mãe é a única que sabe não me rejeitou,e tenta me tranquilizar todos os dias. Mas isso martela minha cabeça o tempo inteiro. nunca imaginei que pudesse acontecer comigo. só tive três parceiros em toda minha vida e estou infectada .
    Vejo casos onde as pessoas tem crises mensalmente e isso me preocupa porque amo praia, amo cerveja , e sol.
    Tô deprimida precisava conversar com alguém sobre o assunto que entendesse o que estou passando sem julgamentos.

    Obrigada pela a tenção de todos.
    abç

    • Oi Daniela,
      Sinto muito que sua médica te tratou mal.
      Realmente não sei como pode existir profissionais assim.
      De qualquer maneira, saiba que aqui vc está entre amigos e estamos todos “no mesmo barco”.:)
      E pode ter certeza de que vc irá encontra alguém que te aceite até porque ninguém é perfeito e muito provavelmente vc também terá que aceitar algum defeito do seu futuro parceiro. Independente disso, o leva a pessoa aceitar é o envolvimento emocional, ou em outras palavras para ser mais poético… o amor supera tudo!
      Espero que vc fique bem e qualquer coisa estou por aqui.
      Abraços,
      Edu

  22. Ola Edu venho aqui dsr meu relato tbm …. Descobri a alguns meses que tenho hpv foi muito dificil e logo apos algum twmpo tive o q acho e foi a primeira crise de herpes fissuras na pele e no mesmo lugar prurido inchaço e dor como estava usando um medicamento acido achei q era esse o problema de la pra ca acho q estou na quarta crise e nesta q mal começou estou c o inchaço visualizando marquinhas q coçam e logo penso que estarao c pus a ultima crise tratei c aciclovirbe logo corri e ja comprei tenho tentado mudar meus habitos alimentares meu nivel de stress e nervoso a alguns meses tenho o mesmo parceiro ele me ajudou na ultima crise nao me perguntou exatamente o q tinha e espero nao ter contaminado o mesmo afinal nao temos algo serio sou sincera sempre estou em.tratamento do hpv fazendo cauterizaçoes espero q a gineco me ajude c este assunto vou pedir a ela os exames minha duvida e se sempre o herpes faz bolhas pq estas eu nao tive e sim feridinhas q algo prulento recobre. Grata irei comprar seu livro !

    • Oi Juliana,
      Só para não confundir alguém que leia…O HPV é outra doença diferente da Herpes Genital que é causada pelo HSV tipo 1 ou 2.
      No caso da herpes… se o local onde a crise surgir for úmido, como na parte interna da vagina, então pode acontecer de aparecerem direto as lesões e não as bolhas.
      Att,
      Edu

    • Oi Carlos,
      Eu olhei a bula mas não encontrei nada específico em relação ao álcool.
      Porém o bom senso indica a moderar o consumo se vc estiver tomando Valtrex, pois justamente ele é metabolizado no fígado.
      Abraços,
      Edu

  23. Boa Noite!
    Estou tomando enax faz um mes, e também estava tomando penvir 500mg quando tive relação sem camisinha. A herpes faz um mes que não se manifesta. Tomando esses remédios e sem sintomas da herpes, tem grandes chances de eu ter passado herpes para o meu parceiro? Estou muito preocupada, eu tinha certeza que não teria problema, mas estou com medo agora.

  24. Olá Edu,
    estou aqui mais uma vez.. Acabei de ter uma crise, em relação ao último post que foi em novembro, tive um intervalo de quase 2 meses.. Talvez tenha tido por conta dos excessos de álcool e sol no mês de dezembro, acho que esse é o meu gatilho!!! o álcool!!!.. Só sei que estou desanimada!!!! Estava fazendo uso da lisina, aumentei a dosagem durante o surto e voltei a tomar equinácea… e tenho rezado.. conversado muito com Deus.. Sei que o que o homem não cura, o Médico dos Médicos pode curar!
    Acho que o pior de tudo é ter o psicológico abalado, a insegurança…
    Gostaria de saber como vem discriminado no cartão de crédito a compra do livro, pois estou querendo comprar mas como vou pedir um cartão emprestado tenho medo de como vai aparecer.
    Obrigada

    • Oi Menina,
      – pode ficar tranquila que tanto pelo Paypal como pelo PagSeguro… não vem nada escrito que relacione com a doença. Pelo PagSeguro vc também pode pagar por boleto bancário em qualquer banco se quiser.
      – Sinceramente…acho que pior que o álcool é o psicológico abalado…o stress causado pelas emoções negativas é um fator muito relevante para a reativação do vírus. Isso falo até por experiência própria.
      Abraços,
      Edu

    • Oi Eva,
      Geralmente o PagSeguro envia a liberação de um dia para o outro e assim que eu vejo eu logo envio.
      Então, normalmente vc recebe o livro dentro de 24hrs depois do pagamento em um dia útil.
      No final de semana pode atrasar um pouco.
      Obs: Pelo Paypal o download é imediato no final da transação.
      Abraços,
      Edu

    • Oi Ingrid,
      Eu estava olhando algumas bulas e não encontrei nada mais específico sobre isso.
      Mas o bom senso me diz que não é bom exagerar.
      Acredito que o consumo moderado não diminuirá o efeito do aciclovir.
      Abraços,
      Edu

  25. Boa noite, parabéns pelo blog mano bacana demais!! Aqui tento levar minha vida normal jogar bola, beber com os amigos e tal mais é foda quando vem essas bolhas malditas, já vai para dois anos q peguei isso e nunca fiz exames nem nada será q faço para ver ser tenho outra coisa? Tenho medo de fazer pq se eu tiver algo de pior nem sei o que faço, mais outra pergunta, como faço para evitar que volte? Tem alguma vacina ou algum remédio? Ouvi falar q comprimido de cevada é bom, será? Obrigado glr tmj

    • Obrigado Diego… seja bem vindo.
      Não conheço sobre o comprimido de cevada.
      Fica a minha propaganda aqui (sem compromisso…rs) que escrevi um livro e nele existe muitas dicas em detalhes de como diminuir as crises de forma eficaz como funcionou para mim.
      Abraços,
      Edu

  26. Olá gente..boa noite DICA MUITO INTERESSANTE!!!!!
    Gente antes de começar o meu depô vou dar uma dica que parece loucura, mas juro que funciona. Aprendi em uma das minhas milhares de pesquisas, quando começa os sintomas que vai nascer aquelas malditas bolhas, no meu caso é genital, mas serve pra labial tbm, eu coloco sal, isso msm gente, parece loucura, mas eu uso sal, molho o dedo e molho o local e ponho sal, como ta molhado, fica o sal grudado, deixo uns 3 ou 4 minutos,umas 3 vezes por dia, arde muito, mas diminui a duração do virus e as vezes chega e nem aparecer.
    olha, eu já tenho essa porcaria desse vírus a uns 6 anos, sempre pesquisei muuuuito e até hj os tratamentos que deram mais certo foram..tratamento supressivo ( nos dois primeiros meses apareceu bem mais fraco e depois não apareceu mais, isso durante o tratamento), enax combinado com l-lisina ( o enax tomei principalmente durante minha gravidez, que não podia tomar outros remeios), tbm tomo redoxon

  27. Vou compartilhar minha experiência com vocês na esperança de ajudar o maior número de pessoas…
    Venho desenvolvendo crises há aproximadamente 2 anos, época que descobri esse site e fiz várias experiências baseadas em relatos daqui. Zovirax, hábitos alimentares, cortei o alcool. Até o Penvir eu experimentei e nada funcionou adequadamente.
    Eu tinha uma média de uma crise por mês e durava cerca de duas semanas pra passar completamente. Nos ultimos 3 meses ainda não tive nenhuma crise e parei com todos os medicamentos. A receita é bem simples:
    Eu não sou circuncizado e acho que isso contribui para o problema pois acho que humidade (após o banho) e resto de urina são a origem de tudo. Há três meses repito sempre o mesmo ritual após o banho: Secar tudo muito bem e polvilhar talco GRANADO bem de leve na área afetada. Faço isso duas vezes por dia. NUNCA mais apareceu e eu já voltei a beber, comer gergelim e qualquer outra coisa.
    Não é a cura, mas achei essa descoberta muito promissora.
    Espero que isso ajude vocês!
    Abraços!

    • Oi Juca,
      concordo com vc de que é importante manter os genitais secos. Eu mesmo ás vezes também uso o talco Granado…rs
      Porém pessoalmente nunca vi relação entre isso e a diminuição das crises, nem em pesquisas.
      Uma dica a todos… se existirem lesões por herpes na pele… não passem nenhum tipo de talco ou pó, porque vai demorar bem mais para cicatrizar.
      Abs
      Edu

  28. Outra coisa…
    vejo como é raro ver homens que queiram usar camisinha… meu namorado é o contrário, mesmo usando anticoncepcional ele mantém um estoque delas! Não acho ruim, muito pelo contrário, antes msm de ter herpes já preferia pq mulher sempre acaba tendo infecção ou fungo qnd mantém sexo sem camisinha.. Mas começo a me questionar.. Pois ele nunca pediu P/ não usar… Claro que já fizemos sem.. Mas uma vez perdida! Acho que na verdade, torço para que ele tenha tbm e esteja com vergonha e medo de me contar, assim como eu…
    Enfim.. Obrigada mais uma vez
    aaahh outra coisa.. porque só tomar vit C 3x na semana e não todo dia?

    • Olá novamente Menina,
      Realmente a camisinha tira um pouco a sensibilidade na hora do sexo, mas é de extrema importância para evitar a transmissão de doenças como a herpes genital e outras sem falar também da gravidez indesejada.
      Uma outra coisa boa é que tenho certeza de que se seu namorado estiver usando, tanto vc como ele irão até ficar mais tranquilos na hora do sexo.
      Abraços,
      Edu

      • Boa noite Edu,

        Tenho herpes genital e agora apareceu umas feridinhas na minha axila direita que parece muito com a herpes. Será que eu contaminei essa área com a mão ou algo assim? E isso quer dizer que sempre vai aparecer na minha axila também???
        Obrigada desde já!

      • Oi Lolo,
        É bem provável que isso que apareceu na sua axila não seja herpes. É bem difícil de acontecer a transmissão para outra parte do corpo fora da primeira crise porque vc já tem anticorpos estabelecidos. precisaria ter acontecido uma situação extrema.
        Eu conto no meu livro que aconteceu algo semelhante comigo … no final era micose…rs
        Mesmo assim recomendo que vá a um dermatologista para ele dar uma olhada.
        Abraços,
        Edu

      • Oi Edu, por favor me responda!!!! Estou desesperada. Eu tenho herpes genital ah mais ou menos 1 ano e agora apareceu na minha axila. E tinha uma bolhinha bem pequena no meu pescoço. Sempre vai aparecer na minha axila agora?????
        E hoje acordei com meu olho um pouco vermelho e remelando. Será que é a herpes???? Por favor me responda!!!!!

  29. Olá, bom dia,
    primeiro gostaria de dar os parabéns ao Eduardo pela iniciativa do blog. Sensacional!! Li simplesmente TODOS os comentários aqui deixados e em muitos não tive como segurar a emoção por terem histórias tão parecidas com as minhas.
    Meu primeiro sintoma apareceu ano passado, nada de bolhas, só uma fissura que julgava ser da depilação.. Não senti absolutamente nada!
    E assim segue.. aparecem no máximo 2 bolhas, que secam em 2 dias e a mucosa fica limpa! (A minha se concentra nos lábios maiores.)
    Essa é a primeira vez que “falo” p/ alguém: tenho herpes! Já não tinha mais esperança de me relacionar com ngm, apesar de nova já passei por um casamento e não me via nisso de novo. Porém, a vida nos prega peças e conheci um homem maravilhoso, o que me fez repensar tudo! Vamos fazer 4 meses juntos, estamos na fase de conhecer a família um do do outro.. Já nem me lembrava que tinha a doença quando após meu aniversário tive uma crise, pequena, que credito ao final de semana de excessos (álcool, chocolate…) e noites mal dormidas… E junto dela veio o MEDO! De contar para o namorado e ele me rejeitar e ainda contar para alguém! Foi quando comecei a ler o blog e buscar um pouco de conforto! Minhas crises são bem raras e fracas, quando comparada às que li aqui.. Isso é outro medo meu, será que posso evoluir e chegar a ter crises em que não conseguiria andar de dor??!! Nunca fiz tratamento com aciclovir por conta das crises serem amenas, será que pode me causar algum problema? ou Devo tomar mesmo assim?

    • Oi Menina,
      -Se suas crises são bem fracas e bem espaçadas então nem precisa tomar não. Eu mesmo quando tenho alguma crise bem fraca nem tomo aciclovir. espero sarar naturalmente.
      -Não se preocupe vc não vai ter uma crise que não conseguirá nem andar… isso normalmente só ocorre em uma forte primeira infecção.
      -A frequência das crises pode variar sim mas ao longo dos anos a tendência é de até diminuir. Caso ocorram crises mais frequentes no seu caso deve ser por algum fator externo como stress físico ou emocional, etc.
      abraços,
      Edu

      • Muito obrigada pela rapidez e carinho da sua resposta! Estou me sentindo acolhida aqui! Já estou mais tranquila e mais confiante…
        Todo dia me pego olhando a região.. Apavorada só em pensar em outra crise.. Estou me alimentando bem e evitando dormir pouco, como isso é mais difícil, estou mantendo pelo menos os excessos alimentares de lado!
        E como nunca havia me medicado antes, iniciei pelo menos a l-lisina p/ tentar aumentar ainda mais o intervalo entre uma crise e outra, ou quem sabe não ter mais crise! É o que espero!
        Obrigada mais uma vez Edu…

  30. Edu, bom dia,

    Tive um relacionamento com meu ex-noivo durante 8 anos sempre transando sem camisinha, e nunca tive nenhum problema. Depois que terminei o noivado, comecei um relacionamento com um cara mais velho e que já tinha se casado duas vezes. Depois de 8 meses com ele, tive minha primeira crise. Fiquei muito mal e perdida, pois me senti muito culpada de ter sido tão inocente e não ter pensado que poderia estar correndo este tipo de risco. Conversei com a minha ginecologista e ela me orientou que certamente mesmo depois de 8 meses só ter aparecido a primeira crise, eu peguei dele. Eu e ele conversamos e ele admitiu que sua ex-mulher tinha a herpes, mas que nele nunca tinha apresentado absolutamente sintoma nenhuma, por isso não se importou. Porém desde então há dois meses que descobri tive a primeira crise bem severa, tomei duas caixas do comprimido penvir de 125mg, mas agora ainda sinto um pouco de dor ao me relacionar e coceiras em alguns momentos. Volto sempre a passar a pomada penvir e e melhora um pouco. Já fiz os exames para identificar quais outras doenças posso ter adquirido com ele.
    Quando paro para pensar nisso, fico muito chateada pois gosto muito dele, mas acho que faltou cuidado dele comigo em relação as possíveis doenças. Quando vamos ter relação ele insiste em dizer que não temos necessidade de usar camisinha já que teoricamente nós dois já estamos infectados com o vírus, mas minha preocupação é se justamente nas relações sem camisinha que estão causando as crises e comprometendo a melhora das minhas crises.

    Além disso quero parabeniza-lo pelo blog, li muitos comentários tanto que me senti a vontade de expor um pouco o que tanto penso, e me sinto desconfortável para compartilhar com as pessoas…..

    Abraços
    Mytha

    • Olá Mytha,

      Pois é, realmente faltou cuidado da parte dele. Ainda mais porque ele sabia que a ex-mulher tinha. Será que é papo isso e ele já sabia que tinha e não contou? Nunca vai dar para saber.
      Na minha opinião o que vc deve fazer é pedir para ele fazer outros exames de dst (HIV, sífilis, etc) pois já que vc pegou dele, isso é o mínimo para ter certeza de que não existe mais nada para frente, pois ele me parece ser uma pessoa que não se cuida muito. Bom… por outro lado, ele tem razão em dizer que se vocês dois já tem o mesmo vírus, não precisam mais de camisinha (atenção- isso em relação somente a herpes genital) porque os dois tendo o vírus a transmissão do HSV já ocorreu e não vai piorar em nada mais.
      Mas uma coisa importante…se um de você dois estiverem com algum sintoma ou crise presente não devem transar pois pode piorar a crise e uma crise ativa facilita a entrada de outros tipos de virus ou bactérias e pode inflamar.
      Resumindo… para voc~e dois que já tem o vírus, é vida normal caso nenhum dos dois esteja com sintomas ou crise (novamente — isso em relação somente a herpes genital).
      Espero que vocês se entendam já que vc ainda gosta dele.
      Abraços,
      Edu

  31. Bom dia Edu,

    Estou fazendo tratamento supressivo por uns 3 ou 4 meses já e continuo tendo recidivas frequentemente. O que você me sugere?
    E outra dúvida, se eu beber bebida alcoólica, posso ter outra crise? Mesmo bebendo pouco?
    Obrigada desde já.

  32. Boa noite Edu, não sei exatamente ao certo, mas em mim apareceu vermelidão, umas bolinhas, e coceira chata, ja passei com quatro dermatologistas onde 2 dizem que estou com o vírus da herpes e 2 dizem que não é herpes, essa duvida realmente esta me matando, estou muito preocupado com isso pois não sei como lhe dar com isso, não sei como falar pra minha namorada que adquiri essa droga (se for realmente), será que é ? enfim, conversando com ela mais cedo ela me disse que sua vagina estava ardendo devido a menstruação, será que tem alguma coisa haver com esse vírus ? será que ela adquiriu também? e será que eu conto pra ela sobre isso? eu morro de medo da reação dela, nós ja estamos juntos a mais de um ano e jamais apareceu nada nela, nossa relação não é baseada somente em sexo mais sentimentos também, enfim, me ajude amigão, aguardo sua resposta, obrigado.

    • Oi Lima,

      É complicado quando os médicos se contradizem.
      Eu não tenho como lhe ajudar no diagnóstico, mas se eu fosse você faria um teste IgG para HSV tipo 2.
      A herpes genital é uma doença que pode criar recorrências. Então se aparecer novamente, é um indício de que realmente pode ser herpes.
      Se você estiver ainda com as lesões, é possível fazer um exame diretamente com o fluido e verificar se é herpes genital.
      Sobre a sua namorada… não dá para dizer se é herpes apenas por ardência. Tem que verificar se existem mais sintomas.
      O correto é você contar para ela dessa dúvida, assim ela também poderá falar com o médico dela e fazer exames. Se vc precisar ajuda nisso tem muita coisa no meu livro em detalhes.
      É importante vocês usarem preservativo até ter certeza do que realmente está acontecendo. E é claro, nunca transar se estiver com qualquer sintoma estranho.
      Bom… espero que não seja herpes isto em você, mas se for, não é o fim do mundo.
      Abraços,
      Edu

      • Obrigado Edu, farei sim os devidos exames, quanto a conversar com ela creio que farei isso somente depois que tiver uma certeza do que realmente seja, o que vc acha ?
        Como eu faço amigão para adquirir o seu livro?

      • Oi Lima,
        Sim… antes de falar qualquer coisa é melhor ter certeza do diagnóstico.
        Até lá, tome bastante cuidado com a transmissão.
        O meu livro você pode comprar pelo meu site abaixo:
        http://www.dosustoaosucesso.com

        Role a página mais para baixo e clique no botão para comprar. Em seguida basta seguir as instruções.
        Abraços,
        Eduardo Rosadarco

  33. Anônimo boa noite!
    Qual seria a especialidade mais indicada? Muitos falam em dermatologista, mas e’ difícil encontrar um homem. A maioria são mulheres. Outros falam em infectologistas, homeopatas e urologistas?

    Obrigado.

  34. Para anônimo!
    Amigo segui suas dicas abaixo, mas não fui ao médico.
    Evite açúcar por alguns dias e consuma iogurte natural que ajuda na recomposição da flora intestinal. Alho e gengibre são excelentes para isso contra a cândida e também o herpes. Procure consumir pelo menos um dente de alho por dia nesses dias de crise e o chá de gengibre. Garanto que em quatro semanas vai estar zerado.
    Melhorei bastante sarou tudo em uma semana e não em quatro, lembrando que já estava assim há duas semanas!
    Vou passar a consumir alho e chá de gengibre diariamente.

    Obrigado.

      • Anônimo, puxa a situação tá preta! Fiz tudo que recomendou, sarou e ficou umas marcas, cicatrizes, passei uns dois a três dias bem, hoje voltou tudo de novo… puxa nunca tive tanta crises assim prolongadas e severas. Como e’ rápido sua evolução…. começou com uns pontos vermelhos, depois ficam um pouco em alto relevo. Quando cheguei em casa hoje limpei com um algodão com água barricada, bem de leve e ficou minando sangue. Tô impressionado com a rapidez, puxa vai começar tudo de novo!!!! Tô ficando muito angustiado. Não sei como dizer pra minha esposa…

      • Olá Neto,
        Caso seja cândida, você pode estar com excesso de fungos. Fluconazol é indicado nesse caso. Mantenha uma boa alimentação, conforme dito acima, pois a cândida tende a se proliferar rapidamente. No entanto, seria interessante fazer uma consulta em um médico.
        Abraço

  35. bom dia! quero deixar para vcs meu testemunho, pois há uns 2 ou 3 anos atrás eu também entrava nesse blog, muito triste, procurando por resposta, pois me sentia como se fosse a unica pessoa na face da terra a ter esta doença, enfim parei de entrar, pois passei a me acostumar com tal condiçao, já que estudos mostravam que não há cura.
    passei todo esse tempo com a doença, até esse ano de 2015.
    ano em que um homem de Deus me apresentou um Deus, um Jesus de uma forma que nunca haviam me apresentado; um que Deus que perdoa nossos pecados, que nos sara e nos liberta, se confiarmos e entregarmos nossas vidas a ele.
    no verdadeiro evangelho, na biblia conforme está escrito, “Naquela cruz Jesus levou todas as nossas dores e enfermidades e pelas suas pisaduras fomos sarados”.
    No mês de janeiro desse ano, descobri q além de herpes, estava tmb com hpv, pois começaram a brotar verrugas genitais em mim, aquilo me abateu muito, fiquei péssima, pensando que agora seria meu fim, pois me senti muito suja, porém eu já havia recebido pelo homem de Deus umas das principais msgs da cruz, onde a cura não seria o tão falado por alguns religiosos como “O TEMPO DE DEUS”,mais sim que a cura é um direito nosso, para todo aquele que crê que o filho do homem, venceu naquela cruz.
    enfim, no mês de março coloquei minha fé em pratica, que o mesmo Jesus que curava antes, é o mesmo de hj e se está na biblia que ele cura, que ele é Deus do impossivel, então temos o dever de acreditar q seja verdade, pois na própria biblia diz que Ele não é homem para que minta, nem filho do homem para que se arrependa.
    Hoje vai fazer 5 meses q nunca mais dei uma crise de herpes, sendo que tinha uma tres crises por mês, as verrugas genitais que estavam se alastrando DESAPARECEU!
    Deus sabe, que não vim aqui para mentir, e deixar msgs falsas para ninguem, vim apenas deixar para vcs um Cristo Vivo, q me curou e pode curar qualquer um que creia.

    • Amem…
      Oque voce falou eu creio e acredito.

      Mes passado eu tive uma Crise. Fui no me medico e tomei penvir, melhorei. Havia parado com minhas atividades do dia a dia exceto o trabalho estava brigando muito com meu namorado mas fiz um proposito com DEUS, hoje estou melhor nao tive mas crises e estou tomando os devidos cuidado como alimentação ja que nao me alimento bem, procurando não me stressa ja que ouvi que isso que causa as reações.

      ACREDIO SIM QUE DEUS PODE NOS CURAR E EU ESTOU APEGADA E ELE .

    • Obrigada pelo seu testemunho… Me deu mais força e fé Naquele que vai me curar!
      Tbm acho que essa doença apareceu justamente p/ me reaproximar de Deus e me fazer olhar o que andava fazendo com a minha vida.. Ele dá a cruz do tamanho certo p/ que consigamos carregar! Todo dia agradeço por mais um dia sem aparecer nada e creio sim, que Ele como médico dos médicos, Aquele que fez o cego voltar a enxergar, o paralitico voltar a andar e curar leprosos, vai me curar dessa angústia!
      Tomamos um susto pq a ferida é na região íntima, com crtz se fosse na boca estaríamos mais “tranquilos”, como já vi gente se pronunciando de que são vírus diferentes… Ambos são incuráveis, a diferença está no local..

    • Neto,
      Isso pode ser cândida albicanis um fungo que todos temos na flora intestinal. Ele se manifesta nos genitais com a baixa do sistema imune. O consumo de açucares faz ele ganhar força. Evite açúcar por alguns dias e consuma iogurte natural que ajuda na recomposição da flora intestinal. Alho e gengibre são excelentes para isso contra a cândida e também o herpes. Procure consumir pelo menos um dente de alho por dia nesses dias de crise e o chá de gengibre. Garanto que em quatro semanas vai estar zerado.
      Um Abraço.

      • Não sou médico, mas recomendo com certeza que você procure um imediatamente. Já que várias são as DST’s. Abraços

  36. Edu por favor, vê aí o que pode ser feito. No meu caso vou fazer um ano em outubro agora.
    Mesmo tomando aciclovir 200mg três vezes ao dia, sem receita médica, tomo por conta própria, tenho freqüentemente umas manchas avermelhadas e em alto relevo.
    Na verdade desde que adquiri nunca percebi estas bolhas, mas uma grande crise no começo que achava que nunca iria acabar seguido de feridas que não saravam.
    Depois de tomar aciclovir diminuiram as freqüências e quando apareciam sempre surgiam manchas e depois as feridas, mas nunca percebi as bolhas.
    Edu, as vezes confundo se estas manchas são as bolhas que todo mundo fala.
    Aparecem as manchas em alto relevo, mas não são bolhas.
    Também tenho a sensação de que se eu parar de tomar vou ter aquelas crises com úlceras?
    Edu por favor será que com estas manchas posso ter risco de contaminar alguém? Não aparecem feridas nítidas e bolhas.
    Obrigado!

    • Oi Vanessa,

      Realmente como falei no meu livro… para mim a herpes genital sempre foi um problema emocional/psicológico muito maior do que o problema físico que causa. (tirando a primeira crise que foi bem forte no meu caso.)
      Abraços,
      Edu

      • Obrigada 🙂 Tomei um medicamento e hoje ja estou me sentindo 0 Bala estou melhor e lendo vi que es eu tomar alguma precauções para que nao volte a reagir novamente e ja estou tomando essas medidas.

        Levem como um vírus de Gripe que algumas vezes voltam ao organismo e tenhamos uma vida normal.com seus devidos cuidados.

      • Boa noite!

        Oi Edu, tudo bem.
        Puxa, eu estou passando pela minha pior crise. Não sei o que faço? Está sendo pior que a primeira!!! Já faz duas semanas está tudo em carne viva e hoje chegou até a ficar minando sangue… nunca tinha acontecido. Em outubro vai fazer um ano que adquiri!
        Desde a primeira crise venho tomando sucessivamente, não paro de tomar o herpesil!!!
        Por favor me responde!!!
        Meus ultimos comentários vc não respondeu??? Vou te enviar novamente!

  37. Edu, tenho outra questão. Em mim a herpes se manifestou de forma bem leve, duas ou três lesões bem pequenas na região anal. No entanto, nas nádegas aparecem bolinhas tipo pequenas espinhas, muito parecidas com foliculite, isoladas umas das outras. Sempre tive essas ocorrencias nas nadegas bem na área de atrito com o assento, e sempre achei que fossem em decorrência do contato diario com as roupas, o calor do dia a dia, a sensibilidade da pele a isso. Mas depois da aparição da herpes agora fico na duvida se essas marquinhas são herpes. Detalhe que elas sempre estão lá, mesmo qdo tomo o antiviral e as lesoes do anus desaparecem, as da nadega permanecem, o que me leva a crer que de fato são foliculite. Como diferenciar?

  38. Olá, por favor, gostaria de saber uma resposta bem sincera se posso ingerir bebida alcólica enquanto estiver tomando os anti-virais ( penvir ) e usando a pomada !
    ouvi dizer que não corta o efeito, apenas retarda . cortaria se fosse antibiótico, mas como é antiviral não corta, isso é verdade ?
    queria muito beber nesse são joão e estou numa crise tomando os antivirais !
    obrigado .

  39. Boa tarde Edu, primeiramente parabéns, desde que peguei herpes acompanho seu site, muito bom mesmo!!

    Tenho herpes genital a pouco mais de 1 ano.
    Peguei de uma ex namorada que nunca me contou que tinha, só avisou depois que eu peguei. Mas, também tenho culpa de ter confiado então até ai tudo bem. Toda a parte triste e complicada, foi superada.
    Fui em diversos médicos e passei a ter um bom conhecimento sobre o assunto.
    Tomo aciclovir 400mg todo santo dia a noite antes de dormir.
    E nunca mais tive crises nem bolinhas estourando.
    Porem mesmo com o remédio e tudo mais, ainda aparecem umas manchinhas vermelhas, como se tivesse pronto para aparecer. E sei que se ficar uns 4 ou 5 dias sem tomar o remédio essas manchas viram a bolinhas.
    Teria alguma informação que ajudasse.
    Os dois médicos que fui falam que é normal, q não tem problema, e q não devo deixar de tomar o remédio. O mesmo bla bla bla de sempre!!
    Abraço tudo de bom!!

    • Prezado Guilherme,
      Também acho q e’ o mesmo problema q tenho. Edu por favor, vê aí o que pode ser feito pra gente.
      Guilherme, no meu caso vou fazer um ano em outubro agora.
      Mesmo tomando aciclovir 200mg três vezes ao dia, sem receita médica, tomo por conta própria, tenho freqüentemente umas manchas avermelhadas e em alto relevo.
      Na verdade desde que adquiri nunca percebi estas bolhas, mas uma grande crise no começo que achava que nunca iria acabar seguido de feridas que não saravam.
      Depois de tomar aciclovir diminuiram as freqüências e quando apareciam sempre surgiam manchas e depois as feridas, mas nunca percebi as bolhas.
      Edu, as vezes confundo se estas manchas são as bolas que todo mundo fala.
      Aparecem as manchas em alto relevo, mas não são bolhas.
      Guilherme também tenho a sensação de que se eu parar de tomar vou ter aquelas crises com úlceras?
      Edu por favor será que com estas manchas posso ter risco de contaminar alguém? Não aparecem feridas nítidas e bolhas.
      Obrigado!

  40. Esqueci de mencionar na mensagem anterior. O fato de eu ter apresentado lesões só no ânus exclui a possibilidade de eu apresentar lesões no pênis também, numa próxima crise, por exemplo? No meu caso, a presença do vírus e o risco de contaminar alguém é só pela região anal?

    Outra coisa, tenho ocorrências de candidíase no pênis, que às vezes causam coceira. Como diferenciar da herpes na glande? Eu ainda me sinto muito confuso quanto aos sintomas, qualquer coisa que sinto na pele do pênis, ânus, lábio ou qualquer outra parte do corpo acho logo que é herpes. Não quero ficar neurótico!

    • Oi Felipe,

      Não exclui. Apesar de aparecer somente no ânus, o vírus pode reativar usando a ramificação nevosa da área genital, portanto pode aparecer no seu pênis ou no saco também.
      Portanto, mesmo que esteja com uma crise somente no ânus, não dá para transar achando que o pinto está “livre”. É muito arriscado. Tem que esperar passar a crise independente de onde ela está..
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  41. Oi Edu! Descobri que tenho herpes genital há pouco mais de um mês, quando apareceram as lesões no ânus. No início pensei que fosse mais uma ocorrência de fissura anal, que tenho de vez em quando,associada a uma prisão de ventre. Mas aí apareceram duas ou três manchinhas vermelhas inchadas na área ao redor do ânus, como espinhas embutidas. Não apareceram bolhas, mas dois machucados muito dolorosos no ânus (exatamente onde ocorrem as fissuras verticais). As manchinhas não chegaram a virar feridas graves, mas adquiriram uma aparência de “espinha estourada” quando acontece algum atrito. Mas nada de bolhas. Durante essa crise, eu não sabia ainda que poderia ser herpes, então usei pomadas para hemorróida e fissura, e também xilocaína para aliviar a dor, mas ao colocar a área ficou bem vermelha e ardeu bastante (ainda não tinha as manchinhas), o que me levou a imaginar que as manchinhas inchadas e vermelhas eram na verdade uma irritação às pomadas e à xilocaína. Também não sentia coceira. O que me fez suspeitar do herpes foi a dor na perna, dor na região pélvica, e a sensação de moleza, corpo mole. Também não tive febre.Como sou muito antenado, apesar de desconhecer a doença, suspeitei rapidamente após pesquisas na Internet. Então fui ao dermatologista, que me receitou exames de sangue (HIV,hepatites, sifilis, mas não passou o exame de herpes) e o aciclovir 200 durante cinco dias. Todos os exames deram negativo para HIV, hepatites e sifilis.Com cinco dias usando o aciclovir as lesões sararam, mas as dores nas pernas continuaram até uns 10 dias depois, qdo tive outra prisao de ventre e apareceu outro machucado na regiao da fissura. Tomei novamente o aciclovir 200 pro cinco dias e a lesao sarou em 3 dias,assim como as dores na perna tb passaram. Isso tudo durou um mês. O médico disse que eu já poderia ter apresentado manifestação da doença antes e não saber (seriam meus problemas periódicos com fissuras a própria herpes se manifestando brandamente?), mas eu acredito que foi a primeira crise mesmo. Senti as mesmas sensações negativas que vocês, da mesma forma (nojo, solidão, culpa, abandono), porém depois que elas sararam, meu ânimo mudou mais… porque com as feridas a sensação é que você vai viver eternamente com feridas. O que mais me angustia é saber como meu corpo vai reagir a aprtir de agora, a frequência disso e a intensidade das lesões. Aí é que vêm minhas dúvidas:

    1) Depois de saradas as lesões, quando posso voltar a ter relações? Existe um período de espera pós-crise? Tipo semanas?dias?
    2) Li muito que existe transmissão assintomática, mas a transmissão não ocorre quando o vírus está ativo. O problema é que, sem sintomas, não sabemos quando ele está ativo. Vi que você postou os dados de uma pesquisa que em 3% dos dias do ano ocorreria essa descarga viral, porém nos primeiros meses após a primeira crise o risco é maior. Minha dúvida é: existe diferenças de riscos quando a herpes se manifesta no pênis ou no ânus?Ou a probabilidade de transmissão é a mesma?
    3) Eu não sei se tenho herpes labial, mas fiquei tão angustiado com a genital que comecei a achar que tinha labial também, mesmo sem ter lesões… comecei a enxergar possíveis lesões na boca, que não apareceram…isso me deixou muito pior, porque a genital ninguém vê, mas a labial não tem como esconder. Depois encanei com os olhos, achando que tinha nos olhos também porque sou muito alérgico e eles coçam de vez em quando (mas eu não coço com as mãos). Enfim, a angústia tomou conta de mim até os sintomas da herpes genital desaparecerem em um mês. Minha dúvida é: no caso da herpes labial, ela se manifesta junto com a genital? No meu caso, se eu tivesse labial também, teria se manifestado nessa primeira crise?

    Desculpe a mensagem gigantesca, mas acho que ajudará não somente a mim como aos outros.

    Abraços!

    • Olá Felipe,

      1) Não existe o período de espera. Se estiver realmente sarado, a chance é mínima de transmissão.
      2) Correto o que vc falou sobre a transmissão assintomática. Existe um pouco de incerteza ainda sobre a transmissão assintomática, na minha opinião isso pode até ocorrer, mas é raro. Acho que quando transmite é porque a pessoa ou não sabia que tem herpes pelos sintomas serem fracos, ou por não verificar que estava com algum prodrome ou pequena crise ativa. A probabilidade de transmissão é a mesma tanto no pênis como no ânus. O vírus pode se reativar em qualquer área da genital, apesar de que normalmente ele costuma aparecer próximo ao mesmo lugar de sempre.
      3) Isso chama-se “Neura”. kkkkkk
      Eu também fiquei assim… falo no meu livro. Inclusive recomendo ele… vai te tirar muitas dúvidas…
      Tirando a fase da primeira crise, onde ainda agente não tem anticorpos, a autoinoculação (passar o vírus para outra parte do próprio corpo) não vai ocorrer. Talvez somente em uma situação extrema. Portanto fique transquilo. E não necessariamente a herpes labial se reativa junto com a genital para quem tem os dois tipos.
      Abraços,
      Edu

  42. Edu, eu li na internet que quando há o excesso de corrimento vaginal é um sinal de que há vesículas no útero, isso eé verdade?
    Se sim, isso pode gerar complicações?

  43. Edu.. Tenho herpes há quase dois anos e apresentei apenas a primeira crise
    E hoje durante o banho percebi que estou entrando na minha segunda crise.
    O que devi fazer, estou passando a pomada penvir…
    Agradeço desde ja

    • Oi Brenda,

      Se for uma crise fraca, acredito que se você quiser, nem precisa tomar aciclovir. Basta esperar sarar.
      Porém se estiver te incomodando, você pode tomar o antiviral aciclovir em comprimido. Vai ajudar.
      O ideal mesmo é começar a tomar quando sentir as primeira prodromes (sintomas antes da crise).
      – Aciclovir 400mg 3 vezes ao dia até as bolhas começarem a cicatrizar.
      Obs: não fazer sexo no período da crise, nem com preservativo para evitar o alto risco de transmissão.
      Att,
      Eduardo Rosadarco

  44. Edu sei que seu caso e outro, mais me tira essa duvida, tenho herpes zoster e ja sarou ta tudo bem,to me alimentando direitinho,mais do nada aparece umas manchas vermelhas, parece o início dessa doença de novo, umas bolhas que doi e coçam, mesmo ja sarada das feridas quando aparecem essas bolhas sinto muita dor no peito e no local das cicatrizes. Alguma sugestao de ajuda?

    • Se não achar nas farmácias, compre pela internet. Mas acredito que nas grandes redes de farmácias deve ter. Nas farmácoas de manipulação voce consegue equinácia. Confira. O enax é produzido usando equinácia. O enax estimula nosso sistema imunológico, porém não deve ser consumido por mais de oito semanas. Portanto, nesse caso deve haver uma pausa. Abs

    • Oi Amanda,

      Realmente para o herpes zoster eu recomendo que você faça uma nova consulta médica.
      Pelo o que você falou , ele parece estar voltando e você também ficou com dor no local. O nome que se dá a essa dor é nevralgia pós-herpética.
      O tratamento é feito com os mesmos antivirais da herpes genital, porém você precisa que seu médico olhe seu caso específico para analisar se não existe algum motivo para o enfraquecimento do seu sistema imunológico.
      Para mais informações entre aqui: http://www.mdsaude.com/2011/04/herpes-zoster.html
      Espero que você fique bem…
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  45. Oi pessoal,alguem sabe me dizer onde e que vende enax ou equinacea aqui em fortaleza? Por que ja fui a várias farmácias e o povo num sabe nem o que e isso!

  46. Eu descobri que tinha herpes 2 e fiquei surtado, isso há 1 ano. A primeira coisa foi avisar minha namorada e dias ficficantes para fazerem exames. Elas não contrairam.
    Aprendi a tomar lisina, ter sempre à mão o aciclovir e o oxyfend (melhor pomada) além de evitar alimentos com arginina.
    Hoje tenho vida sexual ativa e avisei minha nova namorada.
    Entendo que a indústria farmaceutica não tem interesse em buscar a cur, pois lucra com o tratamento.
    Somente quando há governos ou universidades envolvidas é que há cura para esses tipos de doenças.
    Veja se alguém quis fazer vacina pra dengu, o governo de sp fez. E por aí vai.

    • E a onde compro

      Em 3 de junho de 2015 18:57, Everton FELIPE escreveu:

      > como fasso para fazer o tratamento com esses medicamento lisina e o > oxyfend > > Em 2 de junho de 2015 20:12, Herpes Genital – Do Susto ao Sucesso <

  47. Oi edu descobri q tenho herpes genital e não sei oq fazer quero morrer minha vida acabou so quero morrer nao consigo lidar com isso a dor é insuportável nao sei como dizer isso a minha familia

    • Oi Ana,

      Quando agente recebe essa notícia é normal ficar muito abalado mesmo. Comigo foi assim também.
      Mas posso te dizer com segurança que a herpes genital não é o fim do mundo como parece.
      Com alguns ajustes e adaptações da nossa parte é possível levar uma vida normal sim.
      Eu sei que dá medo de rejeição, medo de transmitir, medo de ficar sozinho, vergonha, etc…mas isso normal, o que você não pode deixar acontecer é esses pensamentos tomarem conta da sua vida.
      Temos que aceitar essa realidade mas não se deixe abalar, pois como falei, e na medida que você for conhecendo mais sobre isso, você verá que essa perspectiva ruim vai mudar.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

      • Faz tempo que penso em deixar um comentário aqui, mas com a correria do dia a dia acabo sempre esquecendo, pois bem… Sou homossexual (não que isso importa) e a 1 ano e meio eu descobri que tinha herpes e hpv. Foi doido ler aquele exame, mas não fiquei tão mal, pois desde o inicio sempre pensei que poderia ter sido algo pior, e ainda agradeço a deus todos os dias por não ter pego algo grave, como hiv etc. Tive uma crise extensa de 2 meses com as lesões, fiz biopsia para a retirar as verrugas, e tudo parecia bem, e continua bem até hoje. Acho que sou uma daquelas pessoas que tem uma crise só e nunca mais volta, pq já fiquei semanas doente com a imunidade baixa, na minha alimentação, eu como de tudo (não muito exagerado) e faz mais de um ano e meio que não tenho mais crises. já hpv, com o tempo o próprio organismo expulsa o vírus do corpo, sendo assim já me considero curado. Sou uma pessoa muito calma, raramente fico estressado e acho que isso ajuda muito. Tbm pratico exercícios sempre que posso. O meu recado para todos é que não se desesperem. Pensem que esse viruszinho não pode e não deve acabar com a nossa auto-estima, por que ele ataca de acordo com isso. E pensar sempre que poderia ser algo muito pior, tentando extrair pelo menos 10 % do ruim, Já ajuda muito!!! Uma coisa que descobri lendo, perguntando médicos é que praticamente quase toda população mundial tem herpes, uns tem manifestação, outros não, então considere essa doença como a coisa mais normal do mundo, como uma gripe por exemplo. E sobre novas relações sexuais a parti de agora, sempre usar camisinha até pra sexo oral. Pois nossa saúde vale mais que qualquer coisa!!! Abraços ao Edu e a todos!! 🙂

      • Eu também tenho Herpes e HPV e fiz o tratamento para ambos, porém sou muito estressada e apesar de sempre estar pensando que poderia ter algo pior, eu fico extremamente triste quando penso nessa doença. Antes eu não me importava tanto, pois não tinha pressa em acabar com as feridas, eu as deixava curar normalmente (aliás, eu tive a primeira crise de herpes genital há 1 ano e alguns meses e a recorrência veio só agora e verrugas apareceram uma vez, fiz o tratamento necessário e sumiram, há uns dias apareceu uma, apliquei o remédio que o médico havia me receitado e já secou). Estou passando por uma recorrência de herpes genital agora e o pior: eu estou namorando e amo meu parceiro. Não senti absolutamente nada. Dor, formigamento, coceira, nada! Eu só percebi porque estou sempre com um espelho de mão observando minha região íntima. E tenho medo de ter passado para ele sem perceber, pois como disse, não senti as feridas. Agora o meu mundo desabou outra vez, pois o meu medo é de passar para ele. O problema é que a primeira vez que fui ao médico ele disse que era herpes, mas os remédios receitados não mudaram em NADA, tanto que parei de tomar e sumiu naturalmente, então fui novamente ao médico e ele disse que não era herpes, que era HPV, mas agora me apareceram essas feridas outra vez (sem bolhas, apenas feridas) e não sei o que fazer. Perdi meu chão. Se eu contaminar meu namorado, não vou me perdoar. Eu já contei pra ele que tenho HPV, mas não sabia que tinha herpes e nem sei se tenho mesmo, estou indo ao médico em breve para ver do que se trata. Estou ingerindo e fazendo uso tópico do extrato de própolis, comprei um creme a base de aloe vera e passo algumas vezes e estou tomando lisina 1000mg ao dia mais aciclovir 400mg, 2x ao dia, além de um suplemento vitamínico-mineral, mas me parece que está piorando. Eu havia mudado minha alimentação e estava fazendo exercícios diários, mas depois que apareceu e nada fazia sumir, entrei em uma tristeza profunda, um medo incontrolável de perder meu namorado e simplesmente parei. Estou tentando voltar, mas minha vida não faz mais sentido pra mim. Ainda não consigo aceitar, pois por mais que o médico primeiramente tivesse dito que era herpes, o diagnóstico de HPV veio logo em seguida e então esqueci a primeira doença. Eu já pensava que não tinha herpes, por isso foi um choque intenso. Que Deus me ajude, pois não acho mais graça em nada. Só quero que tudo dê certo e que meu namorado não me deixe (é a primeira vez desde quando contraí essa maldita doença, que me apaixono de verdade e enxergo um futuro ao lado de alguém. Só quero que dê certo entre nós).

      • Oi Elle,

        Eu posso te dizer que uma pessoa como vc, que se preocupa com o parceiro e é responsável com isso, então a chance de transmissão é drasticamente reduzida.
        Veja o meu caso… estou casado ha muitos anos e minha esposa nunca apresentou sintomas. portanto, é possível sim levar uma vida sexual normal com alguns cuidados principalmente é claro por parte do parceiro que tem herpes genital.
        Realmente existe uma diferença grande entre herpes e HPV.
        HPV costuma criar verrugas e herpes cria lesões com ou sem bolhas (normalmente com bolhas antes, mas dependendo, se o lugar for muito úmido, elas podem nem formar).
        Por isso vc está no caminho certo de fazer um novo diagnóstico para ter certeza.
        Caso seja realmente herpes genital, mantenha a calma, não é o fim do mundo…. agente se adapta e com o tempo vc vai ver que não é tão ruim como parece. Com alguns ajustes é possível levar normalmente a vida sim.
        Vai dar tudo certo entre vc e seu parceiro.
        Abraços
        Edu

  48. Boa tarde,

    Eu gostaria de saber como eu faço para evitar de ter isso freguentimento não aguento mais, tô afim de começar um relacionamento mais não consigo por causa disso eu tenho medo de ferir minha companheira me ajude pf

    • Oi Gilmar,

      Aqui é o Eduardo Rosadarco….eu criei este blog para justamente ajudar a todos que tem herpes genital, assim como eu. Você irá encontrar muitas informações nas respostas que já dei nos comentários por aqui.
      Mas se você quiser realmente aprender tudo sobre este nosso problema, recomendo muito o meu livro. Está tudo em detalhes lá pois o assunto é um pouco extenso, inclusive como diminuir a frequência das crises.
      Dê uma olhada no site do livro sem compromisso…
      http://www.dosustoaosucesso.com
      Abraços

  49. Olá, fui a ginecologista porque estava com umas bolhas que me encomodava muito e ela disse que estava parecendo herpes, me passou uns exames pra fazer depois que as bolhas sumissem e também me passou aciclovir comprimido e creme que me ajudaram bastante. Eu e meu namorado estamos juntos a mais de 3 anos perdi a virgindade com ele e só tive relações com ele assim que sai do médico contei a ele a suspeita da doutora e ele disse pra tirar isso da cabeça porque não era nada confirmado mesmo assim mandei ele fazer o exame pra saber se ele tem ele fez o exame e o dele deu negativo. Ainda estou esperando as últimas bolhas sumirem pra fazer os exames só que estou com muito medo que dê positivo
    Tem outra maneira de contrair o vírus sem ser tendo relação sexual?

    • Oi Regilane,

      Herpes genital só vai transmitir por relação sexual com atrito pele-pele ou pele-mucosa ou compartilhamento de “brinquedos sexuais”.
      Nunca foi constatado a transmissão por banheiros, roupas, etc.
      Att,
      Eduardo Rosadarco

      • Oi Regilane,
        Tudo bem?
        Quando vc contou pra ele, qual foi a reação dele? Foi compreensível?
        Boa sorte e melhoras!!! Abraços.

  50. Boa tarde. Eu sei o que vcs passam e muito dificil esquecer sobre a herpes. Por mas que a gentr passe dias maravilhosos, tem dia que a gente para e acaba por lembrar que vc tem a herpes e que ela pode surgir do nada so depende do cansaço ou do estresse.
    Uma das coisas que eu faço para evitar a crise da herpes foi voltar a fazer minhas corridas diarias, e no fim de semana sempre que posso vo jogar futebol com os amigos. Eu tambem tenho feito hemoterapia toda segunda feira. E quando saio do serviço extressado ao chegar em casa tomo um cálice de vinho antes de dormir isso me ajuda a tirar o estresse. E quanto a hemoterapia pra mim ela vem me dando uma energia a mais durante a semana, mas nao estou indicando pra vcs fazerem pois cada pessoa reage de maneira diferente a remedios chá, enfim cada pessoa tem sistemas de defesas naturais no seu organismo. Mas resalvo que a pratica de exercícios regulares, mas sem exageros ajudam no controle do estresse. Um abraço a todos, e beijos pra as mulheres…

    • Emerson… Sobre aquele seu comentário sobre como contar para o parceiro
      Gostaria de comentar outra experiência minha com vc… Eu terminei meu outro relacionamento e passei a ficar com outra pessoa, sexta feira passada contei tudo pra ele.. Abri o jogo de boa
      E ele aceitou super bem, so que fez muitas perguntas sobre tudo (o que já era esperado).. O bom é estar pronto para as perguntas que virão a seguir…
      Abraços

      • Obrigado pela dica Brenda. Eu estou em um novo relacionamento, tem um pouco mais de 50 dias e eu pedi ela em namoro e ela aceito mas exigiu um anel de compromisso, coisa que nunca usei antes, porem ja providencei o anel,(acho que estou voltando a minha adolescência), so sei que estou gostando muito dela.
        mas ate agora nao consegui abrir falar sobre a herpes, acho que e medo da reação dela E de ficar sem ela. Talvez eu precise de mais tempo pra me abrir nao sei pois nao so muito de falar de me abrir, de revelar sentimentos, ou mesmo contar sobre problemas mesmo os relacionados ao serviço. Sempre fui assim e quanto a herpes tirando vc aqui do blog e o medico que me atendeiatendeu e que so me falo que tinha herpes tirando vc nao comtei a mais ninguém. Abraços e beijos e obrigado Brenda bjs

      • Boa noite pessoal poderiamos cria e-mail fictícios onde a gente poderia se falar , trocat ideias. O que me diz brenda neto??? E o s demais um abraço.

      • Boa noite. Neto a hemoterapia consiste em vc retirar uma quantia pequena cerca de 3 a 10ml, de sangue de um dos seus braços, depois e aplicado no musculo do outro braço ou se preferir nas nadegas. Essa tecnica foi desenvolvida na china se nao me enengano. Segundo os que aprovam o uso da hemoterapia ao retirar o sangue e depois reaplicalo imediatamente no seu musculo faz com que vc aumente os macrofagos, ou seja faz com que seu corpo aumente a produção deanticorpos, aumentando assim a defesas do seu organismo. Quem me ajuda com a hemoterapia e um farmacêutico que retira o sangue do meu braco e aplica no musculo do meu outro braço, isto e realizado uma vez por semana, custo de 10 reais por semana. Porem a maioria dos medicos a anviisa o CFM nao aprovam a hemoterapia pois nao há estudo que comprovam a eficacia da hemoterapia. Obs: eu faço a hemoterapia mas nao recomendo que vcs realizem, pois nao e algo que existe estudo, comprovação da sua eficacia.
        Mas em todo caso olhem e pesquisem sobre a hemoterapia e claro convwrconvwconversem com seu medico, ou se for fazer a hemo que seje feita pelo farmaceutico.

      • Boa noite Rodrigo eu nao so o mais indicado pra falar sobrr tratamento supressivo pois nao realizo este tipo de tratamento. O Edu poderia lje falr sobre o tratamento supressivo, vc tambem pode ver falar com seu medico. Mas eu por exemplo quando tive duas crises seguidas tomei por conta o aciclovir 400mg de 6 em 6 hrs, e tambem diminui o consumo de alimentos que ten aminoacido, como castanha amendoim, coco chocolate(este no meu caso nao me faz falta), aveia cevada, tambem li que a argemina nao e bom. Ja os alimentos que contem lisina como ovo leite queijo este alimento estimula a hibernação do virus. Espero ter ajudado, e nao ter escrito bobeira. Um abraço.

      • Amigo, eu custumo usar a moça (sua fumaça) deixa em nundar a região. Terapia chinesa. Aculputura chinesa. Encontra-se em casas deste ramo ou produtos japoneses ou chinesas.

      • Amigo, eu custumo usar a moxa (sua fumaça) deixa em nundar a região. Terapia chinesa. Aculputura chinesa. Encontra-se em casas deste ramo ou produtos japoneses ou chinesas. Quis dizer moxá.

    • Bom dia Rodrigo infelizmente isso pode ocorrer. Eu mesmo mesmo tive duas crises seguidas em novembro do ano passado. Isso ocorre porque a nossa imunidade esta baixa, e o nosso psicológico afetado.

    • Rodrigo eu (Emerson) nao faço nenhum tratamento supressivo, so tomo o aciclovir 400mg quando estou na crise, ou tomo o aciclovir 200mg quando sinto a coceira ( ou melhor quando acho que estao coçando), so pra previnir e tentar evitar que ela apareca.
      Um abraço

      • Brenda e Edu me digam quando como onde e o melhor momento de contar para a parceira que tenho herpes. Pois estou a mais ou menos 40 dias saindo com uma moça que por sinal e linda, e eu to encantado ou mrlhor estou gostando dela, mas tenho medo de contar sobre a herpes e a gente nao se ver mais… Se puderem me deem uma dica obrigado. Um abraço.

      • Emerson
        Pra mim foi bem difícil contar ao parceiro, pois sempre tive medo da reação dele. Mas enfim criei coragem e falei toda a verdade, contei que tinha herpes e expliquei a ele tudo o que eu sabia sobre a doença, antes mesmo que ele perguntasse… A reação dele foi ótima, bem alem do que eu esperava.
        Atualmente nem falamos mais no assunto, brigamos por todos os motivos possíveis,mas nunca por isso.
        Um conselho meu, é ter paciência, analisar o relacionamento de vcs, se é algo sério e que vc queira levar adiante e que ela é uma pessoa confiável.
        não saia contando sua intimidade pra qualquer uma
        Boa sorte, abraços!

      • Rodrigo eu tive duas crises seguidas em novembro do ano passado, o medico qie me consulto na epoca embora ele nao tenho conversado e dado nenhum apoi me disse que era pra tomar o aciclovir de 200mg de 8 em 8 , porem apos ter extinguido o primeira crise vim a ter a segunda crise com um intervalo de 12 dias e esta veio mais forte, dai falei com o medico e ele me mando tomar o aciclovir 400mg de 8em 8. Ja a parte de tomar o aciclovir de 200mg eu tomo por conta quando percebo una coceiro tomo um antes de ir para o serviço e outro antes de dormir…

      • Oi Brenda obrigado pela dica, mas so por curiosidade, depois de quanto tempo de namoro vc conto pra ele sobre a herpes. Nossa fico bem aliviado por poder ter encontrado este blog, parabens, Edu.Porque tirando vcs e claro o medico que eu falei se bem que o medico que eu falei tava mais preocupado em receber o dinheiro da consulta, tanto que ele so me falo que eu tinha herpes e que nao ten cura e mando tomar aciclovir fora isso mais nada. Se nao fosse vcs aqui no blog eu nao teria mais ninguem pra conversar sobre este assunto. Desde ja agradeço a atenção de todos um abraço

      • Eu ia colocar essa informação e acabei esquecendo, Emerson
        Contei por volta de 10 meses de namoro
        Mas minha vontade era de ter contado beem antes, pq é muito ruim esconder algo de uma pessoa que você gosta tanto, eu sentia como se estivesse traindo ele. E um belo dia não aguentei mais guardar isso dentro de mim e contei
        Ele ficou surpreso e aceitou de boa, eu temia a reação dele, o que ele poderia pensar de mim… Medo dele por em duvida o meu caráter, porque ele é um pouco durão (meio machista).. Mas no final deu tudo certo…
        É bem difícil decidir a hora certa de contar, sofri bastante, passei noites sem dormir, mas deu certo…
        Espero que vc também consiga !!!!

      • Bom dia. Brenda obrigado pela resposta e pela dica. Pois e muito dificil comtar a alguem sobre a herpes, a gente se sente sujo, e ficamos com medo da reação das pessoas, ou melhor do preconceito. E muito ruim vc ter isso e ficar calado. E todo dia ter que examinar o seu orgao sexual antes de sair con a parceira. Mais enfim vamos seguir em frente, e obrigado pela dica. Bjs e abraços e fiquem con Deus

  51. Obrigado pela resposta Edu. Bom nao sei se e meu corpo que esta se adaptando e controlando a herpes, o fato e que desde de novembro de 2014 nao tive crises. E que desde Dezembro de 2014 venho fazendo hemoterapia e nao sinto os sintomas da herpes. E quando vo em alguma festa que durmo pouco ja tomo o aciclovir, no dia seguinte para previnir. A unica coisa ruim e que quando tomo aciclovir no dia seguinte minhas costas fica lotado de espinhas… Mas isso e o de mesno desde que nao venha a ter o virus em atividade. Um abraço e obrigado por responder as msm…

      • Edu, tenho herpes há quase dois anos e só apresentei a primeira crise… E depois dela não apresentei mais nenhum sintoma caracterisco da herpes. Você acha que, com isso, o risco de contagiar o meu namorado é menor?
        Ele ja sabe que tenho e transamos sem camisinha as vezes, e ele nunca apresentou nenhum sintoma.

      • Oi Brenda,

        Sim o risco é bem menor! Inclusive, se o vírus realmente está em estado latente (dormente) no gânglio, a chance é nula de transmissão. Existe a transmissão assintomática (presença do vírus na pele sem sintomas) mas a chance disso é bem pequena.
        Uma coisa porém…. no meu livro eu recomendo que sempre antes de transar tem que dar uma boa olhada na região genital para ver se realmente não existe nenhum sintoma. Isso serve para todos, tanto para as pessoas que têm crises frequentes como para as que quase nunca apresentam sintomas.
        Muitas pessoas transmitem herpes genital porque não observam que estavam com uma crise bem pequena no momento do sexo.
        Abraços,
        Eduardo Rosadarco

  52. Olá Edu, fiquei contente ao encontrar este blog, pois é muito difícil falar abertamente sobre o assunto. Há um mês e meio descobri que estou com o vírus, está sendo muito difícil aceitar, assim como é para todos. Nunca imaginei receber essa noticia, ainda mais depois de dois anos de relacionamento, achei que meu namorado havia me traído, foi então que comecei a pesquisar sobre o assunto. Ate entao ele nunca havia apresentado sintomas ou pelo menos não percebeu, a verdade é que realmente foi ele que me passou, pois eu era virgem. Logo depois que o virus se manifestou em mim, apareceu os sintomas nele também, porém não sabíamos o que era. Assim que recebi o diagnostico dei a notícia à ele. Nós dois ficamos muito abalados com o fato, mas estamos juntos um dando força para o outro. Contudo, estamos evitando o assunto, tentando fazer de conta que nada está acontecendo, não sei quanto tempo vou aguentar isso e tambem não sei como vai ser daqui para frente, agora parece que fico só esperando pelo pior, tenho medo que meu relacionamento não resista, pois ainda não sei como superar isso. Esse meu depoimento é mais um desabafo, pois não tenho com quem conversar.

    • Oi Bianca,

      Mesmo a dois, no começo ainda pode ser difícil não é. essa doença pega no nosso emocional mesmo.
      É possível sim que seu namorado não soubesse… seja como for… o lado bom é que vocês têm um ao outro para suporte… coisa que a maioria não tem.
      Como você dois já tem o vírus e não tem problema mais de transmissão, acho que a herpes genital nesse caso se torna bem secundária.
      É só não transar quando um dos dois estiver com sintomas (mais por bom senso), de resto…. vida normal garota!
      Não deixem isso abalar a relação de vocês… enfrentem e aprendam juntos!
      Abraços pro casal,
      Edu

    • Oi Rodrigo,

      Misturar o álcool com qualquer tipo de medicamento nunca é muito bom.
      Na bula do herpesil por exemplo não diz nada sobre o consumo de álcool, porém o bom senso diz que não é bom exagerar.
      Acredito que se vc beber moderadamente não vai ter problemas.
      Abraços.

      • Boa tarde a todos. Edu Gostaria de saber se a hemoterapia pode ajudar a controlar a herpes genital, ou melhor se pode diminuir o surgimento da herpes. Se alguem souber de algo me fale obrigado. Um abraço a todos.

  53. Não Edu ele não passou antibiotico..Estou tomando há quatro dias o cetoconazol de 200mg 2 comp por dia e usando a pomada candicord duas vezes ao dia..Ontem fiz os exames que ele pediu,mais ele naõ pediu o exame pra comfirmar se realmente tive herpes e nem pediu exame pra ver se estou com candida achei estranho,mais olhei o preço do exame pra comfirmação do virus da herpes,caro mais de 200 reais ai não posso pagar ,tenho que confiar no medico pelo exame clinico que me fez né mesmo?abs Edu

    • Katia Ribeiro em fevereiro 7, 2015 às 1:16 pm disse:

      Não Edu ele não passou antibiotico..Estou tomando há quatro dias o cetoconazol de 200mg 2 comp por dia e usando a pomada candicord duas vezes ao dia..Ontem fiz os exames que ele pediu,mais ele naõ pediu o exame pra comfirmar se realmente tive herpes e nem pediu exame pra ver se estou com candida achei estranho,mais olhei o preço do exame pra comfirmação do virus da herpes,caro mais de 200 reais ai não posso pagar ,tenho que confiar no medico pelo exame clinico que me fez né mesmo?abs Edu
      vc não viu minha resposta?

  54. Eduuuu socorro!! Acredita que estou com candida,liguei pro medico que me olhou na crise da herpes e sem ele me ver relatei os sintomas disse que é candida é normal ter isso depois da herpes disse ele que sim pq imunidade baixa,mais naõ fez nenhum exame como vc é experiente no assunto o que me diz disso?obg abs!

    • Eduuuu socorro!! Acredita que estou com candida,liguei pro medico que me olhou na crise da herpes e sem ele me ver relatei os sintomas disse que é candida é normal ter isso depois da herpes disse ele que sim pq imunidade baixa,mais naõ fez nenhum exame como vc é experiente no assunto o que me diz disso?obg abs!

    • Oi Silva,

      No momento que a cicatrização termina já não tem mais vírus na pele.
      Sabe… quando a casquinha cai e a pele já está nova por baixo e sem machucado nenhum.
      Eu dou um dia a mais por garantia.
      Abraços,
      Edu

  55. Olá Eduardo, tudo bem?
    Descobri que fui infectado há uns 4 meses e desde então a vida tem sido muito difícil, mas a gente segue né?
    Enfim, tenho pesquisado muito sobre a doença e a dúvida que tenho nenhum site torna realmente esclarecedora. A vida sexual depois da herpes pode voltar a ser normal, tomando os devidos cuidados? Estou um pouco preocupado com isso pois as primeiras crises só ocorriam na glande e este mês, mesmo eu fazendo o tratamento supressivo, tive uma crise na virilha. Não foi muito forte, surgiram algumas bolhas e em aproximadamente 10 dias melhorei. Como o preservativo não tem como proteger essa área da virilha, gostaria de ter uma ideia se apresento alto risco de contaminar alguém, ultilizando preservativo e fazendo o tratamento supressivo, suponto que eu elimine o virus assintomaticamente pela virilha e outras áreas?

    • Oi Silva,

      Boas perguntas as suas..
      – a vida sexual pode voltar ao normal sim. O que agente tem que fazer é criar o hábito de “fiscalizar” sempre os genitais e ficar atento a sintomas prodromicos pois se vcoê transar com uma crise ou sintoma presente o risco de transmissão é grande, por outro lado se tiver relação sexual sem nenhum sintoma, o risco de transmissão assintomática é bem baixo. Ou seja, se não estiver com uma crise = vida normal. O único porém é que o correto é a parceira saber pois infelizmente, apesar de bem baixo existe um apequena chance de contágio. Na minha opinião, não vale a pena pirar com o risco de transmissão assintomática… sinceramente acho que é bem difícil passar assim, ainda mais se você usar preservativos.
      – realmente o preservativo não cobre toda a área onde o vírus pode estar presente. Mas o atrito (pele-pele) principal da penetração por onde o vírus pode ter mais facilidade de entrar é no sexo com intercurso e para isso ele funciona muito bem.
      – Só para esclarecer… mesmo a sua crise sendo na virilha ou qualquer outro lugar, não dá para fazer sexo. É muito arriscado.
      Abraços,
      Edu

  56. Ah Edu tbm tenho duvidas sobre comtaminação tenho duas crianças será perigoso usar banheiro utensilos etc..o medico não me falou nada sobre isso como vc ja enfrenta isso ha naos poderia me orientar obg!

    • Oi Katia,

      Pode ficar tranquila, não vai passar por banheiro nem vaso sanitário… isso é lenda.
      Não passa pela roupa também.
      O único caso que tem que cuidar um poco é se vc estiver com uma crise e se secar com uma toalha, não deve compartilhar a toalha.
      Herpes genital só vai passar por relação sexual com atrito pele-pele ou pele-mucosa ou ainda compartilhando objetos sexuais.
      Tenho certeza de que o meu livro iria te ajudar muito. Tudo o que vc precisa saber está detalhado lá. Dê uma olhada depois… http://www.dosustoaosucesso.com
      Abraços,
      Edu

  57. Oi Edu..Estou desesperada,nao paro de pesquisar sobre a herpes depois q descobri que estou com esse virus,ai vi seu blog e preciso desabafar pq to sofrendo muito,sou casada e separada qse dois anos e tive relaçoes com uma pessoa nesse periodo,porem fiquei um ano sem relação sexual e agora um mes atras fiquei com um amigo meu e sem camisinha,será q foi dele que peguei?o medico disse que sim,to tomando aciclovir usei a pomada mais naõ para de doer e voltei no medico ele me passou prednisona parece que deu uma melhora,mais já vai pra 15 dias q estou assim é normal?parece que tem um bicho dentro da minha vagina que imcomoda,to tomando um monte de vitaminas pra ajudar na imunidade será q to fazendo certo,me ajude me tire esas duvidas sobre essa dor o bichinho que parece ter e a demora pra melhorar..um abraço aguardo respostas Deus nos abençoe!

    • Oi Katia,

      Se esta foi a sua primeira crise e está sendo forte, então isso pode indicar que você pegou herpes genital recentemente e é provável que tenha sido do seu último parceiro sexual. O seu organismo ainda está estabelecendo os anticorpos para combater o vírus, por isso pode demorar um pouco mais para sarar.
      As vitaminas fazem bem, mas não exagere na dose.
      Continue com o aciclovir e aguente firme, logo vai começar a melhorar.
      Abraços,
      Edu

  58. Olá, Edu.

    Me identifiquei bastante com várias situações citadas a cima, tenho o herpes a 8 anos.. nunca fiz o tratamento supressivo mas pretendo iniciar o mais rápido possível, mesmo as crises tornando-se mais brandas no decorrer do tempo, as minhas ainda são bem frequentes, as vezes até duas vezes por mês e em lugares diferentes. A minha maior dúvida é referente as cicatrizes que demoram a ficar mais discretas, como você lida com isso? Você já fez algum tratamento com o medicamento Enax? E a Hemoterapia? Li bastante relatos sobre esses tratamentos alternativos e gostaria de saber sua opinião! Grato

    • OI Tiago,

      -Eu nunca tive problemas com a cicatrização. Depois que cicatriza não fica manchas em mim por causa da herpes genital, elas somem rápido. Acho que depende de cada organismo e da pigmentação da pele talvez.
      – Na minha opinião a hemoterapia é coisa da idade média e não tem fundamento. Por outro lado, o Enax apesar de resultados variados (uns dizem que funcionam outros dizem que não) é feito de Echinacea se não me engano, e segundo alguns pode existir um efeito positivo. Pessoalmente eu nunca usei.
      Abraços,
      Edu

  59. Olá, descobri que tinha herpes em 2007 e naquele momento quis sumir. Mas nada como o tempo para acertar as coisas… meu namorado tnha o vírus e não sabia, por isso fui infectada na época. Casamos e meu drama no momento é que quero ser mãe e tenho muito medo de algo dar errado. Já li várias coisas, mas não conheço muitos casos de sucesso entre herpes e gravidez. Pela sua experiência no assunto herpes, pergunto, vc tem noticias boas sobre isso?

    • Oi Lila,

      Sim… notícias ótimas para você.
      É perfeitamente possível engravidar e ter filhos sudáveis sim.
      o Risco maior seria se você tivesse contraído herpes genital nos três últimos meses de gravidez. Aí sim pode se tornar uma situação grave.
      Como você já tem herpes genital, então você também já tem os anticorpos que inclusive protegem o bebê.
      Recomendo que você dê uma olhada no meu livro… tem um capítulo específico sobre herpes genital e gravidez.
      Uma coisa muito importante nesse caso é avisar o seu médico sobre a herpes genital.
      Abraços,
      Edu

  60. Boa tarde pessoal!! convivo com o herpes tipo1 desde criança!! e não sabia o que era. vivia bem, as recidivas não eram visíveis, pois apareciam dentro do meu nariz, e de vez em quando aparecia no meu lábio. mas não sabia até que um dia uma mulher disse que minha bolhinha na boca era herpes, e que isso sempre voltava. mas mesmo assim, minha infância foi fantástica! até que um dia, na minha formatura do ensino fundamental, eu tive uma reincidência, minha boca e nariz pipocaram!! acabou minha noite né?!?! kkk, mas mesmo assim, minha vida continuou de maneira alegre!! Ai, quando eu tinha uns 13 ou 14 anos, eu me masturbando, olha!(puberdade, kk) verifiquei umas pintinhas vermelhas na minha glande. fiquei desesperado!! sem falar que eu não podia falar para ninguém, tendo em vista que minha intimidade sempre foi bem delimitada pelos meus pais que não conversavam sobre o assunto. ai esperei o tempo passar para poder contar a alguém. aí ela tinha desaparecido!! foi tão boa a sensação!! kkk de lá até meus 23 anos, minhas recidivas no pênis, com as mesmas características, pintinhas vermelhas, sem dor!! só apareceu uma única vez!! acho! kk, mas no lábio quando eu ficava gripado, ela vinha e pipocava tudo, nariz e lábio, no entanto quase nunca ficava doente, nem resfriado, mas quando ficava era uma paulada!! tanto no meu corpo, como na minha autoestima, pq eu sou muito perfeccionista(minha PIOR qualidade!!!). ultimamente me tornei sexualmente ativo, e acho que peguei candidiase. ai voltou a manifestação na minha genitália, pessoal, fiquei um lixo, pois a manifestação durou tanto tempo!! pensem!! fui aos médios, usei remédio para cândida, depois pipocou o pênis, fiquei aliviado!! pq só era herpes!!! ai com 3 ou 5 dias ela curou!! mas ficou uma sensação de ardência na região das nádegas e coxas, muito chata! Principalmente quando sento em uma superfície com amofadas. E compartilho: a pior coisa q há é Vc não saber o q tem, como cura!! Como não voltar a ter!! Aí procurei saber tudo sobre o herpes! Gastava horas procurando entender como ele funciona, o q causa as recidivas, e os medicamentos q deveriam ser usados!! Aí me dei conta q sou hipocondríaco!! Kkk. Vi q tem um tratamento com base no próprio sangue!! O auto-hemoterapia cumulado com ascaridil! E gostaria de saber se alguem q fez ou faz esse tratamento como está as recidivas?!! Acho q esse tratamento poderia ser ótimo!!
    E pessoal, venho através desta página compartilhar com Vcs minha intimidade. Coisa q eu nunca disse a outra pessoa a não ser o medicamento!! E digo: por incrível q pareça, graças ao herpes eu sou quem eu sou!! Sou alegre! Vejo o mundo como se fosse a última coisa q faria na vida! Curto as coisas simples dá vida! Como um sorriso de uma criança ingênua!! Então vivam como se fosse o último! Sorriam com tudo! Seja educados, isso é muito importante para evitar o estesse!! E sejam felizes!!! Kkkk

    • E acerca do grupo no whatssap acho um pouco complicado também!! Kkk
      E q história é essa de vacina q cura?!? Rapazes e moças, vivemos em um mundo q o q mas vale a pena é o dinheiro!! Então, até q essa vacina saia vai ter q esperar o tempo p a indústria farmacêutica ganhe mais dinheiro!! Pq Vcs acham mesmo q eles não tem a cura?!? Eles querem é lucrar nas costas dos doentes pessoal!! Mas tem uma alternativa!! Algum famoso aparecer com a doença e fazer um movimento q dê muita visibilidade!! Aí poderia ser diferente né?!?

      • Caro edu, penso q a auto-hemoterapia poderia ser a alternativa imediata na manutenção de nossos níveis elevados de macrofagos! Os quais teriam um efeito mais eficaz e rápido em uma recidiva, pelo pouco q sei, estando o nível elevado a 22% de macrofagos no sangue, a resposta a uma crise aconteceria em um dia, com o esvasiamento das bolhas e posteriormente deixa de vermelhidao. Por ser um procedimento com rápido estímulo imunológico, a preocupação de ter q se monitorar de hora em hora p obstar a evolução das bolhas, é algo q deve ser levado em consideração! Creio q está terapia alternativa seja umas das nossas saídas. Pelo motivo de não ter contraindicacao, e ser imediato!!
        Em uma consulta a um médico geral q fiz ontem, ele me explicou os motivos q acredita q a auto-hemo não é prescita(ambição dá indústria farmacêutica), mas disse q seria de grade ajuda no tratamento das recidivas do herpes!! E escraresse também q a auto-hemo é muito usada no medicina veterinária no tratamento do vírus causador dá verruga bovina q é dá família do herpes(pelo q eu entendi, sobre a verruga bovina!) e que tem ótimo resulta! Oq demonstra sua eficácia, excluindo os rumores q seria uma reação psicológica ao tratamento! Ao final, ele me aconselhou procurar um hemoterapeuta, para me aconselhar o tratamento!! Penso q a auto-hemoterapia seja o meio p podermos ser mais felizes sem a neura de infectar alguem ou ser rejeitado com os olhos!!
        Att. Pedo!

  61. Edu muito obrigado pela força, estou tentando levar uma vida normal desde quando descobrir a doença, porém para mim estava muito difícil, meu psicológico parecia estar atormentado mas acredite, depois que conheci seu blog, minha vida está mudando, eu estava com medo de adquirir uma depressão por causa da herpes genital, acreditei que a minha vida estava sendo interrompida, meus planos de engravidar estariam acabados e mais, acreditei que nem iria mais sair na rua por causa dessa doença. Só tenho a agradecer pela sua disponibilidade incondicional de esclarecer essas dúvidas, me sinto renascendo de novo com suas palavras e acreditando a vida continua mesmo com essa doença, a vida não pode parar.
    Obrigado! Deus lhe abençoe.

  62. Oi Edu, descobrir que tenho herpes genital a 2 meses e, justamente esse ano decidi engravidar, porém estou super apreensiva e com muito medo de ter uma gestação de risco e aí o meu bebê nascer com problema. Na verdade preciso saber das experiência de mulheres que conseguiram ter uma gestação saudável e filhos nascidos com saúde sem problema algum.

    Minha primeira manifestação da doença foi leve, será que posso ter algum dia manifestações severas?

    A respeito do seu livro fiquei muito interessada e por isso realizei a compra, amanhã mesmo irei fazer o pagamento, muito obrigado.

    • Oi Elaine,

      – As recorrências do vírus não costumam ficar mais severas com o tempo. Elas normalmente são bem parecidas.
      Inclusive, com o tempo elas costumam diminuir de frequência.
      – Se você descobriu recentemente que tem herpes, o ideal é esperar pelo menos uns 4 meses para engravidar para que seu organismo fique com os anticorpos bem estabelecidos.
      Depois disso você terá uma proteção natural contra o vírus.
      – Somente se ocorrer uma crise genital em você no momento do parto é que pode haver risco, então o seu médico provavelmente faria uma cesariana para evitar esse risco.
      – é muito importante que seu médico saiba que você tem herpes genital para que ele possa acompanhar seu caso.
      Mas não se preocupe…vai dar tudo certo sim. Milhares de mulheres que possuem herpes genital em todo o mundo tem filhos normalmente.
      – No meu livro tem um capítulo específico sobre gravidez e vai te explicar em bem mais detalhes.
      Abraços,
      Edu

  63. Tb tenho herpes genital… meu namorado tb tem… não sei se peguei dele ou se foi ele q pegou de mim…nunca discutimos isso… nos vemos sempre e em 10 meses (período após um rompimento no relacionamento) o vi reclamando de estar com herpes apenas uma vez…. já no meu caso, acontece direto… a imunidade dele deve ser melhor… estou pensando em tomar o Centrum mulher… será que é bom p reforçar minha imunidade e impedir q o herpes apareça?

    Sempre vejo o pessoal falar em “crises” de herpes… o q vc considera uma crise?? uma infestação numa área mto grande?? queria saber se as pessoas tem herpes igual a mim…. geralmente aparece em uma pequena área… uma feridinha apenas e geralmente no mesmo lugar! dura uns dois/três dias tratando apenas com a pomada penvir.

    Por enquanto não me preocupo tanto pq meu namorado tb tem… mas se eu me relacionar com outra pessoa, vai ser difícil contar…. mto medo de ser rejeitada… nunca fiz exame q detectasse de fato o vírus…. apenas conversei com minha médica, ela foi tão amiga… disse p não eixar isso atrapalhar minha vida, que a maioria das pessoas tem e nem sabe q tem…. acho q por isso não me abalei tanto qdo descubri q tinha… mas realmente é mto chato conviver com essas feridinhas…

    • Oi Rebeca,

      Sim… quando agente fala sobre uma “crise” de herpes, normalmente quer dizer uma reativação do vírus que causa vermelhidão e depois bolhas na pele, geralmente em uma área pequena (a não ser na primeira crise). O local pode variar um pouco e costuma sarar entre 7 a 12 dias… depende a intensidade que apareceu.
      – a vitamina pode ajudar sim, mas não exagere na quantidade.
      Abraços,
      Edu

  64. Boa tarde bom meu nome e Emerson e tenho 33 anos e tenho herpes genita. Tenho duvida se eu posso fazer sexo oral na minha namlrada ou receber o sexo oral quando nao tiver os sintomas da herpes? E se alguen sabe me dizer e a hemoterapia pode ajudar no controle da herpes? Um abraço a todos…

    • Oi Emerson,

      – Resumindo…Sim, vc pode receber sexo oral, desde que seu vírus seja tipo 2 e quando não tiver sintomas presentes. Segundo a dra Ana Wald, é raríssimo o tipo 2 se estabelecer na área oral.
      – Se vc não tem herpes labial, então pode fazer o sexo oral nela sem problemas.
      Abraço,
      Edu

  65. Olá pessoal, voces poderiam me dizer quantos dias apos a infecçao as bolhas estouram? Acho que estou com herpes, faz 5 dias que tive uma relaçao e no dia seguinte apareceram essas bolhinhas.

    • Oi Roberto,

      Se apareceram bolhas nos seu genitais, realmente pode ser herpes, porém para ter um diagnóstico mais preciso, é necessário que vc faça uma consulta médica.
      Marque a consulta, faça os exames que seu médico receitar… um diagnóstico correto é o primeiro passo.
      Abraços,
      Edu

  66. Olá pessoal. Eu sou igor e quando completei 18 anos nesse ano de 2014. Não foi um baque tão grande. É você quem que está no comando. Meus amigos sabem que tenho herpes. Minha namorada sabe que eu tenho. O segredo é saber abordar sobre o assunto não e
    esqueça que quem manda é você. Meus pais estranharam a reação ? Sim. Eles estranharam.
    Aí é que está o nosso corpo é algo supérfluo. E nós somos mais que corpo. Somos alma, somos alegria e entre tantos outros sentimentos. Trabalhe com um novo modo de se alimentar. Modere ou evite alimentos com arginina, pois estará alimentando o vírus. Alimentos com lisina são os recomendados, estes fortalencem teu organismo e para tanto a sua imunidade. A questão é você . Se cuide e não tenha medo de viver. Interessados em melhorar de vida esta aqui meu whats.09982017186

  67. Olá Edu, tenho 33 anos sou casado e tenho um filho. Há uns 3 dias minha esposa se queixou de estar com alguns sintomas muito parecidos com os da herpes, e coincidentemente comigo está acontecendo o mesmo,porém os sintomas não estão aparecendo conforme os que são descritos em pessoas contaminadas.
    Não fizemos exames ainda, mas, já marcamos. Em minha esposa apareceu apenas algo semelhante a uma afta na parte externa da vagina e ela sentiu um pouco de enjoo e dores no corpo que passaram logo. Eu sinto apenas uma dorzinha quando vou urinar mas, não são todas as vezes. começamos a sentir essas coisas a mais ou menos uma semana e percebi que não houve mais nenhum progresso dos sintomas.
    O que eu gostaria de saber era, quanto tempo leva para as bolhas que são os piores sintomas, se formarem após sentir os primeiros sintomas? E se esses sintomas são encontrados em outra dst’s?
    como todos aqui eu e minha esposa estamos aflitos e ansiosos pelos exames e gostaria de conversar com alguém conhecedor do assunto como vc pra saber um pouco mais.
    abrçs.

    • Oi Carlos,

      Na minha primeira crise não apareceram bolhas. Somente uma forte dor ao urinar, vermelhidão, corrimento.
      Depois, quando surgiu a primeira recorrência, é que tive os sintomas “clássicos”.
      As bolhas de herpes costumam surgir normalmente depois de um ou dois dias dos primeiros sintomas (prodromes).
      Essa dor ao urinar que vc está sentindo também não quer dizer que seja herpes, porém o sintomas da sua esposa é mais parecido. Essa “afta” que apareceu nela pode ser uma bolha de herpes.
      Se o médico dela olhar, ele pode ter uma ideia melhor do que pode ser.
      Qualquer coisa estou por aqui,
      Abraços,
      Edu

    • eu tbm não tive bolhas no primeiro momento, apareceram duas erupções estranhas como se fossem caroços 1 de cada lado do corpo do pênis. Esses caroços estavam com a ponta em processo de cicatrização e levou mais de 1 mês pra normalizar, sem contar que fiquei com duas ínguas inchadas, uma em cada virilha, o que incomodava e doía bastante e me impedia de andar direito. Após sarar esses caroços o que levou mais de 1 mês…e eu não sabia do que se tratava por isso não tomei remédios… passaram 3 meses e aí sim vieram as clássicas bolhas, foi quando tive a certeza da Herpes Genital.

  68. Boa tarde pessoal!!!!
    Desobri que tenho esse virus em 2010. Antes eu tinha menos crises, acho que porque eu nao dava muita importância a isso. Quando descobri minhas crises aumentaram e se tornaram quinzenais. Hoje tomo diariamente 1g de vitamina c com zinco e 400 gramas de lisina, oque me faz espassar bem as crises, mas quando ela vem eu fico muito mau mesmo(psicogicamente). Tudo que eu mais quero na vida é namorar, casar , constituir uma familia, ter filhos etc, mas o medo de ser regeitado e passar isso pra parceira é grande. Se tiver alguém de curitiba que queira conversar a respeito, me add no face( agroboy) . Agradeço a vc Edu por confortar e ajudar muita gente que precisa de informações sobre herpes. Se Deus quiser essa vacina do prof Franzer vai ser um sucesso e logo vamos esquecer que temos esse inconveniente.
    Abraços a todos.

    • Fala, João!
      Quem tem herpes vive constantemente com essa questão do medo de ser rejeitado, não tem jeito. O que te recomendo é que você abra o jogo com a pessoa com quem você estiver se relacionando o quanto antes.
      Claro que vc não vai sair dizendo que tem herpes para alguém que vc acabou de conhecer e nem vai transar com ninguém durante uma crise, mas assim que der, abra o verbo. Explique para a pessoa que acontece de vez em quando e que não tem perigo de passar quando não está na crise.
      Os nossos medos são muito maiores que a realidade. Digo isso porque até hoje nunca rolou de uma garota pra quem eu dissesse que tinha herpes tenha me abandonado por causa disso. Muito pelo contrário, todas se mostraram compreensivas, acharam legal o fato de eu ter falado. Os dois episódios mais interessantes foram o de uma mulher que também admitiu que tinha, quando eu falei, e acabou sendo minha esposa por quase 4 anos, e o de uma outra que não tinha, mas que foi quem me passou a dica da vitamina C com zinco. Então, veja, se eu não tivesse falado com essa garota, jamais teria tido essa dica, que é o que me permite ter uma vida praticamente normal hoje em dia. As coisas acontecem por caminhos que a gente não espera.
      Não deixe tua cabeça jogar contra você.
      Boa sorte e um abraço
      P.S.: Se você começar a se relacionar com alguém que já tem a doença, evitem de transar quando qualquer um dos dois estiver com crise, pois poderão aparecer ferimentos em novos lugares.

    • Joao, eu te entendo perfeitamente!
      Entrei em contato com o vírus com apenas 18 anos.. No inicio fiquei enlouquecida, mas logo em seguida passei a aceitar e conviver com a doença. Voltei a ficar insegura a partir do momento que entrei em um relacionamento serio, pq acreditava que ele não fosse aceitar, por ele ser meio machista.. Mas ai resolvi abrir o jogo pra ele e contar tudo de vez, como pesquiso sempre sobre a herpes, estava preparada para as perguntas que ele poderia fazer, e respondi todas as suas dúvidas.. Ele aceitou de boa!
      Hoje discutimos sobre tudo, mas a herpes nunca é um motivo. Ele aceitou e somos felizes.. Acredito que quando cada um encontrar uma pessoa que goste realmente de vc, te aceitará de qualquer jeito!
      Abraços

  69. Pessoal,

    o que não está bom, pode ficar pior ainda..
    Eu contraí esse vírus há aproximadamente 8 anos.. Ele era tão silencioso que eu demorei para compreender que aquelas pequenas fissuras que apareciam no meu pênis era herpes. Há um ano resolvi fazer o tratamento que se divulgam nos EUA com base na oxigenização do organismo (MMS/Alimentação Alcalina/Orgânica) prometem cura, divulgam resultados de sangues e etc..

    Conclusão, hoje me sinto mais debilitado que antes, estou sentido dormência diariamente nas costas – o que me faz lembrar todos os dias desse vírus. Até então, eu nunca havia tomado aciclovir e outros medicamentos, mas me sinto necessitado delas para não ter crises frequentes..

    Edu, gostaria de saber se posso fazer algo para melhorar meu sistema imunológico, pois ele parece estar bastante debilitado?.. se eu conseguisse ao menos eliminar essa dormência nas minhas costas, seria de grande valia..

    • Oi Will,

      Realmente tem que tomar muito cuidado com esses tratamentos. O Marketing deles é muito bom, mas o resultado!
      Seguinte…
      O básico para melhorar o seu sistema imune é:
      – exercícios moderados.
      – alimentação: comer mais saladas (principalmente verdes), frutas e verduras. Diminuir o excesso de açúcar e gordura saturada. Especificamente contra a herpes, evitar alimentos com muita arginina.
      – dormir bem e suficiente.
      – dependendo da sua alimentação, tome um suplemento de vitaminas.
      – evite o cigarro e excesso de álcool.
      – controle o stress. Principalmente o stress emocional.
      Se vc se empenhar um pouco, você vai sentir os resultados logo…garanto.
      Abraços,
      Edu

      • Edu,

        Obrigado por comentar, eu estou fazendo tratamento supressivo (4 x dia, 200mg aciclovir) e 500mg de L-lisina, 500mg de Vitamina C todos os dias..
        Irei melhorar minha alimentação e fazer os treinos leves..

        um abraço e obrigado pela atenção…

  70. Edu,preciso de ajuda! não sei mais o que fazer… contrai em junho desse ano e tive minha primeira infecção que foi muito difícil, principalmente pra urinar e tentar vestir alguma roupa. sumiram então as feridas externas, porém tenho uma interna, na entrada da vagina que não cicatriza nunca, já fui em dois ginecologistas eles não tem resposta a não ser me mandar tomar acciclovir que no caso tomo 400mg por dia 2x ao dia DESDE junho, não aguento mais… só consigo ter relação com meu namorado apenas de 15 em 15 dias que é quando vejo que a ferida aparenta uma melhora, porem depois da relação ela “abre”de novo… e começa a ardencia e dor novamente mesmo tomando o acciclovir e passando pomada.. estou depressiva e até pensando em terminar meu namoro de quase 2 anos porque meu namorado não é obrigado a aturar isso, não vejo saída, ainda mais que nem os médicos sabem o porque essa ferida não cicatriza.. já tomo vitamina, lisina, zinco, faço exercício… sinceramente estou péssima.

    • Oi Tami,

      Calma. Não termine o seu namoro. Acho que se vc está passando por uma dificuldade ele deve entender e até te ajudar.
      Bom… na minha opinião, acho que essa ferida interna que não cicatriza não deve ser herpes genital. Mais provável ser outra coisa como um fungo ou bactéria, justamente pela persistência em não sarar.
      Tente uma terceira opinião de outro ginecologista ou até um dermatologista desta vez. Talvez ele olhando a ferida diretamente consiga fazer um diagnóstico. Acho que vai muito da experiência do médico.
      Sei que cansa ficar fazendo essas consultas, mas acho que tem que continuar tentando até conseguir curar isso.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  71. Olá Edu,

    Gostei muito do seu blog. Contraí esse mal em dezembro do ano passado. A primeira crise foi bem forte mas eu não usei nenhum medicamento na época. Na faixa de um mês sumiram os sintomas. Desde então tenho crises recorrentes todo mês, as vezes mais de uma vez no mês. Tomo aciclovir oral quando isso ocorre, e em pouco tempo cicatrizam as bolhas mas que logo reaparecem.
    Não entendo porque tantas crises consecutivas. Você poderia me explicar melhor e dar algumas dicas de como aumentar o espaço entre essas crises ?

    • Oi Patrícia,

      Nos primeiros meses depois da primeira infecção (estatisticamente falando) é normal o vírus se reativar com mais frequência. Mas com o tempo a tendência é que o número de crises diminua.
      Um fator que pode influenciar para as mulheres é a menstruação. Para algumas isso pode reativar o vírus. Se for o caso, tem que falar com o ginecologista para ver se é possível usar algum método para suspender a menstruação por um tempo.
      Algumas outras dicas que coloco no meu livro no capítulo sobre tratamentos para diminuir crises são:
      -fazer um tratamento supressivo com antivirais.
      -tomar lisina.
      -evitar alimentos com arginina
      -tomar um suplemento de vitaminas.
      -evitar álcool e cigarro.
      -evitar excesso de comidas com muito açúcar ou gorduras.
      -fazer exercícios físicos moderados.
      -dormir bem e suficiente.
      -controlar o stress emocional.
      Basicamente… tudo o que fortalece o seu sistema imunológico vai ajudar, por outro lado o que suprime o sistema imune debilita o nosso organismo e favorece o aparecimento de crises frequentes.
      O ideal é aliar o máximo destes fatores juntos para um melhor resultado.
      Um grande abraço,
      Eduardo Rosadarco.

    • Olá, Patrícia.
      Para diminuir consideravelmente o espaço entre as crises te recomendo o uso diário de vitamina C COM ZINCO. Tomo diariamente um comprimido efervescente. Passei mais de dois anos sem nenhuma crise. Isso indo à praia, bebendo, virando noite, fumando maconha, em suma, coisa que diminuem a imunidade. As crises não vieram mesmo assim.
      Depois de dois anos, tive uma crise logo após o término de meu casamento, que foi um período bastante estressante. Quer dizer, não estou livre, mas as coisas melhoraram e muito. Considero minha vida praticamente normal.
      Atualmente, estou tomando também o remédio ENAX.
      Não tome mais que um comprimido de Vitamina C por dia, pois pode ferrar teus rins. Falando nisso, beba bastante água. Se usar o ENAX, leia a bula. O uso tem que ser interrompido de tempos em tempos.
      Te desejo sorte. Um abraço

  72. onde encontro lisina? é manipulado ou vende em qualquer farmacia?
    para fazer uma tratamento supressivo devo tomar lisina ou outro remedio ou só o aciclovir 400mg 2x por dia resolve?

    • Oi Nega,

      O tratamento supressivo é feito com os antivirais (o aciclovir é o mais comum) e ajuda bastante contra o vírus da HSV.
      A lisina é um aminoácido que vc pode mandar manipular em uma farmácia e no meu entendimento ajuda a diminuir a frequência e intensidade crises.
      Abraços,
      Edu

  73. Edu,
    Namoro há 6 anos, nesse tempo nunca tive relação sexual com outra pessoa, estou tendo minha primeira crise, bem forte, pelo que sei meu namorado não apresenta sintoma, estou com muito medo de contar e ele achar que eu fui infiel, não sei como dizer sem assustá-lo por que eu estou muito assustada, li tudo que pude sobre o assunto,ainda assim só consigo ficar mais nervosa, triste, me sentindo horrível, sem saber como posso ter pego, se eu já tinha e passei pra ele, ou se ele pode ter me passado.
    Preciso conversar como ele o mais rápido possível e estou morrendo de medo.

    • Oi Isabel,

      Se esta é a sua primeira crise e além disso está bem forte, então provavelmente sua infecção foi recente. E levando em conta que vc falou que só teve relações com seu namorado atual, então a probabilidade é grande de que ELE tenha passado para você.
      Não sei como isso ocorreu, mas independente de quem foi que transmitiu, espero que vocês conversem e se entendam.
      qualquer coisa estou por aqui.
      Att,
      Edu

  74. Tenho herpes genital e passei três anos sem ter nenhuma crise tomando diariamente um comprimido efervescente de vitamina c COM ZINCO. E esses três anos foram intensos, fazendo muitas atividades que abaixam a imunidade, como noitadas, bebida, maconha quase diariamente, sol, praia, etc.
    Recentemente, separei-me de minha mulher e, durante um período de muito estresse, tive uma crise. Foi estranho porque claro que em três anos houve muitos períodos de estresse mas, por algum motivo, esse desencadeou uma crise. Talvez seja praga de ex 🙂
    Talvez meu virus tenha sofrido uma mutação e ficado imune. Talvez eu precise aumentar a dose (se for para aumentar, tem que ser apenas do zinco, pois tomar muita vitamina C pode ferrar os rins). Talvez eu precise fazer um período sem vitamina C e Zinco para voltar a ser eficaz.
    Enfim, estou estudando minhas alternativas e tenho certeza que conseguirei encontrar algo. Minha estratégia, no momento, é começar a tomar ENAX e suspender a vitamina C com zinco por algumas semanas. Vamos ver o que acontece.
    De qualquer forma, recomendo muito a vitamina C com zinco. Ela me fez ter uma vida totalmente normal por três anos e tenho certeza que, mesmo que não cure, melhora muito a situação.
    Um abraço a todos

  75. Oi edu.. To sem saber o que fazer !!!
    Tenho herpes genital há um ano, tive apenas uma crise, que foi uma semana após eu ter entrado em contato com o vírus.. Após essa crise nao senti mais sintomas.
    namoro há nove meses, meu namorado nao sabe que tenho.
    Pois bem, sempre transamos com camisinha, mas aconteceu de numa transa a camisinha ficar presa em mim e ele acabou entrando em contado direto com minha vagina.
    Será que ele foi infectado? Estou sem saber o que fazer.

    • Oi Brenda,

      Muito provavelmente ele não foi infectado.
      O risco maior seria se você estivesse com uma crise presente ou sintomas na hora do sexo.
      A transmissão assintomática tem um risco bem baixo de transmissão.
      Att,
      Edu

  76. Ola edu eu tenho herpes genital e gostaria de ser pai, mas nao quero passar essa doenca para minha parceira, sei q o tratamento supressivo é uma boa para este problema. Mas as vezes fico pensando em levar minha vida sem ter q tomar remédio todo dia… Eu tomo penvir 500 mg uma dose alta só pra diminuir o risco da minha parceira nao contrair esta doenca, eu fiz uma experiência e parei d tomar o remédio por dois meses e nao apareceu nada, eu sentia umas pontadas tipo agulhadas, sem coceira e sem dor. Se fosse pra dizer um numero umas 3 vezes ao dia e mais nada aparecia nem depois d alguns dias … Pesquisei e vi q é o virus querendo ficar ativo mas meu sistema nao deixa… Minha pergunta é, se eu tiver uma relacao com alguem e nao tiver tomando remedio e nao tiver nenhuma boalha, nem dor e nem coceira as chances d passa herpes para minha parceira sao altas ????

    • Oi Alexandre,

      Boa pergunta…
      A resposta é melhor ainda:
      As chances de passar para o parceiro de forma assintomática (sem sintomas) é bem pequena.
      Mas é claro que se tomar antivirais supressivamente, esse risco que já é baixo, diminui mais ainda segundo estudos.
      veja bem… esse é um risco que vc tem que discutir com sua parceira.
      Mas por exemplo, com minha esposa, nós não usamos preservativo, nem faço mais uso de tratamento supressivo (pois minhas crises diminuíram muito de frequência) e ela até hoje nunca pegou herpes genital pelo que consta. Porém eu conheço bem os meus sintomas prodrômicos e cuido bastante.
      Aí depende do entendimento entre o casal. É um risco que tem que ser administrado por vocês, assim como tantos outros que existem nas nossas vidas.
      Minha opinião pessoal… para uma casal que se gosta e quer ter um futuro juntos… estando (o parceiro afetado) sem sintomas e fora de uma crise de herpes = VIDA NORMAL.
      Um grande abraço,
      Eduardo Rosadarco.

  77. Olá Edu! fico feliz em poder ver teu site e ver que não sou só eu que tenho isso.realmente é muito doloroso isso, muito mais psicologicamente do que fisicamente.Estou fazendo o tratamento supressivo tomo aciclovir 400mg duas vezes ao dia e mais 1500 mg de lisina. comecei essa semana espero que não apareça mais, não me incomodaria em tomar remedio todo dia se nunca mais aparecer e não ter risco de passar pra quem eu estiver!Tu acha que isso é possivel?
    Não consigo me imaginar namorando ngm com isso é muito triste me sinto um monstro.
    Meu medico me disse que a DST que menos traz risco a saude que é mais leve que uma gripe porem volta as vezes e isso é o pior acredito que para todos.
    Muito obrigado se puder me ajudar agradeço

    • oi Carlos,

      Eu sei bem como a gente se sente mal no princípio.
      É que a descoberta causa um choque mesmo, e nos “chuta” para uma nova realidade, mas com o tempo vc vai se adaptar e ver que isso não é um “bicho de 7 cabeças”!
      Claro que não é bom, mas também não é o fim do mundo, e se vc se cuidar e for responsável, pela minha experiência, posso te dizer que é possível sim diminuir bastante a frequência das crises e reduzir a chance de transmissão. Ou seja, com alguns ajustes da nossa parte é perfeitamente possível levar uma vida normal.
      Um Abraço
      Eduardo Rosadarco.
      Se vc se cuidar

    • Oi Pedro,

      Como conto no livro, logo quando iniciei o meu primeiro tratamento supressivo, eu tive uma crise. Isso me desanimou muito naquela hora. Porém eu resolvi insistir e com o tempo deu bons resultados para diminuir a frequência das crises.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  78. Boa Tarde Edu.
    Descobri que tenho herpes genital a mais ou menos 1 mes. Estou sofrendo bastante com essa doença, e me dói mais saber que irei carrega-la para toda vida.
    Meu marido ja tinha a doença sem saber, e entao eu tambem adquiri. Ainda esta sendo muito dificil pra mim aceitar. No inicio da doença surgiram muitas feridas abertas que me doiam muito, ja tenho mais de dois meses com herpes ativa e esta cicatrizando, porem estou sentindo uma coceira absurda que esta me impossibilitando ate mesmo de trabalhar. Nao estou aguentando mais, vc teria alguma dica pra fazer melhorar a coceira e algo que nao ative a herpes??
    Desde ja obrigada!

    • Oi Alessandra,

      Normalmente a coceira não dura muito tempo.
      Acontece mais no início da crise.
      Mas como vc se infectou recentemente pode ser que vc esteja passando por um período em que o vírus esteja se reativando com frequência.
      Por outro lado, também pode acontecer de uma bactéria ou fungo se “aproveitar” da crise para se instalar.
      Por isso recomendo que vc vá ao ginecologista para dar uma olhada.
      Para a coceira especificamente se ela estiver ligada a herpes, então os antivirais irão ajudar.
      Vc está tomando o aciclovir?
      Att
      Eduardo Rosadrco

      • Boa noite Edu.
        Eu só estou fazendo uso da pomada Zovirax e tomando o remedio Heclivir (no inicio da doença a ginecologista me passou Penvir 125mg, só que nao dava tanto resultado, entao mudei para esse!)
        As feridas ja cicatrizaram, só que ha semanas ainda sinto essas coceiras por cima da cicatriz das feridas. Será que o virus ainda esta ativo mesmo cicatrizado sobre a pele? Nao estou aguentando tanta coceira na regiao genital, isso esta me impedindo de sair de casa (por causa do constrangimento).
        Estou muito nervosa e em panico com isso tudo!

      • Oi Ale,

        Acho que se essa coceira estiver aparecendo apenas no local onde as lesões cicatrizaram, então é provável que seja um efeito da própria cicatrização e acredito que passará em breve.
        Porém se for uma coceira generalizada na região genital, então é melhor vc fazer uma consulta médica para ver se não pode ser outra coisa mesmo.
        Att,
        Edu

  79. Oi Edu,tenho algumas duvidas,qdo estou fazendo o tratamento supressivo eu apresento lesões de herpes?
    qtos meses ou anos dura esse tratamento supressivo na maioria das vezes?
    enquanto eu estiver fazendo esse trtamento posso ingerir bebida alcólica?

    • Oi Ana,

      -Mesmo estando em tratamento supressivo pode acontecer de ter crise de herpes sim. O tratamento supressivo costuma ajudar a diminuir a frequência das crises, mas em muitos casos não elimina completamente elas.
      -Na minha opinião, vc pode tentar por um ano ou dois, depois é interessante parar para ver como fica a frequência de crises.
      – Eu acho melhor evitar, porém se vc consumir moderadamente acho que não vai ter problema.
      Ana… tem muitos detalhes no meu livro sobre tratamentos…recomendo.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco.

  80. Oi.. descobri que tenho o virus semana passada, e estou morrendo de medo de ter passado para meu namorado! possui algum exame de sangue que ele possa fazer pra ver se ele foi infectado?? ou só depois que as bolhas aparecerem?

    • Oi Laura,

      O teste que vc deve pedir ao médico é o IgG e de preferência para “tipo específico de vírus HSV”.
      Porém quando o teste é feito muito no início da primeira infecção ele pode dar um resultado “falso negativo” porque o corpo ainda está estabelecendo anticorpos contra o vírus. Por isso é melhor fazer pelo menos depois de 3 meses.
      Att,
      Eduardo Rosadarco.

    • Oi Ana,

      Sim. Por causa disso muitas pessoas não sabem que tem o vírus.
      E por algum motivo, quando o sistema imune delas tem uma queda, então uma crise pode aparecer, levando a descoberta do vírus.
      Outros podem ter crises bem fracas e confundem com outra coisa e por isso também não sabem que possuem herpes genital.
      Att,
      Edu

      • Se uma pessoa possui a harpes labial, é comum ela passar para a genital do parceiro através do sexo oral? e mais uma coisa.. voce é casado né? e sua esposa possui o virus tambem? Muito obrigada!!

      • OI Ana,

        Não que seja o mais comum (que é o HSV2), mas com certeza pode acontecer.
        Existem muitos casos de herpes genital causada pelo vírus HSV tipo 1.
        Sim sou casado…como conto no meu livro… até o último teste dela ele não apresentou o vírus. Porém já faz um tempo que fez… mesmo assim, de lá para cá ela nunca teve nenhum sintoma.
        Atenciosamente,
        Eduardo Rosadarco.

    • Oi Nega,

      Se for para tratar uma recorrência de herpes genital de forma episódica, o recomendado é vc usar o seguinte:
      aciclovir 400mg 3x ao dia durante 5 dias.

      Se for para tratamento supressivo:
      aciclovir 200mg, 3x ao dia
      ou aciclovir 400mg, 2x ao dia.
      Att,
      Edu

  81. Pessoal,

    Eu estava lendo comentários aqui de pessoas completamente desesperadas pq tem o vírus.
    Gostaria de tentar acalmar um pouco todos, isso nem de longeeee é o fim do mundo. tem doenças piores, imagina conviver com HIV? Herpes não é nada comparada com essa doença mencionada anteriormente.
    Quando eu descobri que tenho Herpes também fiquei desesperada, auto estima baixa e sem vontade de fazer NADA. O pior de tudo, eu não sabia o que era isso, e acabei transmitindo para o meu namorado, que na época era um ficante. A doença apareceu em um período completamente conturbado, em que eu estava dormindo pouco e com stress físico e mental, como a lesão era pequena, no máximo uma bolha que parece uma espinha, e nem imaginei que estaria com uma doença dessas.
    Gente, com o tempo as crises ficam menores, e você vai aprendendo a conviver com isso.
    Sempre morri de medo de qualquer DSTs, e percebi que as crises eram recorrentes em mim pq eu estava dando muita importância para ela, quando você fica nervosa o seu sistema imunológico não trabalha como deveria, e stress é tudo oq a herpes precisa para se manifestar.
    No meu namorado quase não aparece, pq é beeeem menos stressado do que eu.
    Estou tentando tranquilizar vocês, tenho pouco tempo com o vírus, ainda estou tentando descobrir maneiras de tentar adormecer ele. Fiquem tranquilos, cuidem da saúde física e mental,
    e não se permitam sentir inferiores por causa disso. Ter esse vírus não significa que você fez sexo loucamente com qualquer um, ignorância de quem achar isso; eu, por exemplo, quase não tive relações com outras pessoas.
    O que mais me incomoda é de ter transmitido esse vírus para alguém que eu amo, nunca vou me perdoar. Mas ele me ama muito, sabe que não tive nenhuma intenção. E graças a Deus as crises nele são menos frequentes que a minha, eu peço todo dia para Deus por isso.

    Beijos !!!! Fiquem em Paz.

    • Perfeito Liz!
      Fiz uma última consulta médica e perguntei sobre os tratamentos supressivos que a maioria dos colegas busca. Ele me informou, com a maior naturalidade do mundo, que não tem motivo, simplesmente, pediu que eu levasse uma vida saudável, exercícios aeróbicos, e tudo que possa trazer prazer ao corpo e mente. Falou o básico dos tratamentos, como você citou com sabedoria a cima, tenho crises uma vez por mês as vezes a cada 2 meses. Espero tentar controlar esses princípios básicos.
      Tenho herpes a 6 meses, crises fracas, estou com 27 anos. Deixo bem claro que esse é o meu caso, obviamente outros colegas podem necessitar de um tratamento supressivo, mas também podem estar se enganando e não dando tempo de resposta natural. abraço a todos e muita fé.

  82. Oi Edu, meu caso é o seguinte..
    Contrai essa doença (pelo menos até hoje acho que é herpes) da minha ex namorada, passamos um mes separados e quando rolou de novo, ela estava reclamando que a vagina dela estava sensível e ardendo, mas eu nem desconfiei que pudesse ser alguma dst(me arrependo muito principalmente porque eu poderia evitar isso se eu não fosse tão leigo na época) e transamos sem camisinha, bom, depois de uns 3 dias… ardencia, formigamento na cabeça do penis, aparecendo aquele sebo branco… e ai apareceram 5 bolhas, mas não estavam uma juntas da outra como é o normal do hpv, estavam todas separadas. pronto, dai depois de cerca de uma semana começou a melhorar, dai sumiram. depois desse episódio, não voltei a ter bolhas até hoje, e como sabemos o normal é sumirem todos os sintomas.. só que meu penis nunca mais foi o mesmo, até hoje, por isso que eu comecei a desconfiar que podia ser outra coisa depois que soube que ter sintomas sempre sem intervalos não é normal(a esperança é a ultima que morre..rs), meu penis é constantemente sensível, ja faz cerca de mais de um ano, quando eu me masturbo com uma certa intensidade(mas nada demais) meu penis fica mais dolorido e aparece uma ou duas feridinhas minúsculas após o ato, que arde se tocadas, mas normalmente depois de algumas horas somem, mas meu penis continua sensível, com uma ardencia pra ser mais preciso na cabeça ao redor do freio do penis, perto de onde sai a urina. Se eu aperto ele, da aquele “queimor” de leve em toda a cabeça, e está constantemente avermelhado, com os nervinhos aparentes, sempre fui higienico nesse sentido, e comecei a ser mais ainda depois dessa doença, lavo apenas com sabonete intimo feminino que acho que agride menos, e outra, sempre lavo bem antes de dormir, seco no ventilador, etc, mas todas as manhãs ele está com um pouco de sebo…
    eu sei que os sintomas são do hpv, mas fico muito confuso porque ele nunca está 100%, ardendo, avermelhado e aparecem umas feridinhas de uma hora para a outra e somem rapido (porem, não bolhas)…
    eu sei que você pode não conhecer os sintomas de outras dsts (ou sim) mas eu não tenho com quem tirar essa duvida que tanto me deixa agoniado, entao resolvi te perguntar… para saber apenas sua opinião, mesmo você não tendo certeza ou achado estranho, se você acha que pode ser alguma outra coisa ou nao…aguardo ansioso!!!
    (comecei a tomar supressivamente 400mg de aciclovir de manha e de noite, e 1500mg de lisina 1 vez ao dia, nao tenho certeza se melhorou…acho que sim, mas o resultado não foi nada demais, talvez seja psicologico)
    obrigado!!!

    • Oi Samuel,

      Vc pegou da ex namorada… eu também! Só que no meu caso foi herpes genital! Eu também era bem leigo e ingênuo até… sei bem como vc se sente…Conto no livro.
      Samuel… vc falou que tem HPV. Se for isso mesmo, o aciclovir e a lisina não irão funcionar no seu caso pois o vírus do HPV é bem diferente do HSV que causa a herpes genital.
      Não sei se vc já foi ao médico, mas se não foi, esse seria o primeiro passo… fazer um diagnóstico correto.
      Essa sensibilidade no pênis que vc descreveu, não me parece ser um sintoma de herpes genital mesmo.
      Att,
      Edu

    • Oi Matheus,

      A resposta rápida é sim vc pode. Se vc tem herpes genital pelo tipo 2 (a grande maioria) então a chance de o tipo 2 passar para a área oral de outra pessoa é quase nula segundo a Dra Anna Wald, ainda mais se vc estiver sem nenhum sintoma.
      Por outro lado, algumas pessoas (em menor quantidade) tem herpes genital pelo tipo 1, e como área de preferência do tipo 1 é a oral, então o risco aumenta para a transmissão para a boca. Mas este não é o caso da grande maioria.
      Por isso é sempre bom saber com que tipo de vírus da herpes fomos infectados.
      Abraços,
      Edu

  83. edu eu sigo aqui ja faz algum tempo, mas tambem faço parte de um grupo que usa o face, la tem um depoimento de uma mulher, que fala que sua medica,mando ela nao toma aciclovir, porque ele tambem serve para tratamento de cancer, eu pelo menos nunca ouvi falar, a medica dela falo tambem que o aciclovir da reaçoes como cair cabelo, eu ja faço o supressivo a 1 ano , quero saber sua opniao, ate agora eu to cabeludo rsrs

  84. Edu..l quando o penis estiver sem sintomas, e aparentemente bem, logo após de me masturbar apareceu uma feridinha, ao redor da cabeça, como se tivesse ferido, so q é minusculo..e arde, mas estava tudo ok antes..me preocupo de acontecer uma feridinha dessa durante o sexo.. n sei oque fazer

    • Oi Matheus,

      Bom, a primeira coisa é usar preservativo durante o sexo.
      Mas tem que ver se essa ferida é herpes genital ou é outra coisa. As vezes o atrito pode machucar, o problema é saber distinguir isso de uma crise pequena de herpes.
      Geralmente as bolhas ou feridas de herpes não aparecem assim tão rápido.
      Normalmente antes já tem sinal de alguma vermelhidão na pele, prodrome ou coceira.. que indique onde vai sair a lesão.
      Por isso sempre é muito importante verificar os genitais toda manhã e especialmente antes de começar o sexo.
      Abraços,
      Edu

      • Edu, eu malho e tomo suplementos, e eles contem muita arginina… eu devo parar de toma-los??
        Se eu toma 1000mg de lisina por dia é o suficiente para eu nao parar o uso dos suplementos?

      • Oi Matheus,

        É melhor parar de tomar sim. Ou procure outros suplementos que não contenham arginina.
        É o seguinte… na minha opinião… se suas crises não forem frequentes, pode ser que em você a arginina não seja um fator de “gatilho” para reativar o vírus, por outro lado, se suas crises são frequentes, é melhor parar com a arginina sim.
        Pelo que sei a lisina não vai ajudar se vc estiver tomando muita arginina.
        Abraços,
        Eduardo Rosadarco.

  85. Oi, sempre tive problemas com aftas na boca, bom achava que eram aftas. Varias ao mesmo tempo, raras externas. Apareceu uma lesão igual a uma afta na região genital a mais ou menos 4 anos, fui ao meu ginecologista, ele disse que poderia ser herpes, pediu exames, mas não eram especifícos de herpes. Na época fazia 1 ano que tive o segundo filho.
    Agora recentemente tive uma outra lesão, mas antes tive como se fosse uma gripe, dores no corpo, mal estar físico. E fui a outro ginecologista e os exames confirmaram que tive contato com o virus 2 e o 1 deu como indeterminado.
    A do tipo 1 aparece dentro da boca também?
    Que tive o diagnostico faz 3 dias, estou muito confusa ainda. Sou casada a 17 anos, dois filhos pequenos. Não trai meu marido. Mas ele não sei.
    Li que o tipo 1 pode transmitir para a genitália? será
    É bom saber que não estou sozinha. Será que consigo comprar o ENax sem receita?

    • Oi Susana,

      Sim, a herpes oral (pelo hsv tipo 1) pode surgir dentro da boca, até na garganta ou na parte interna das bochechas.
      Sim , o tipo 1 pode infectar as genitais. Mas quando ele está fora de seu local de preferência ele costuma ser mais fraco, ou seja, criar menos recorrências.
      Em vez do enax , é melhor vc tentar com o aciclovir.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

    • Susana, também sou casada há 7 anos e tive minha primeira crise em outubro de 2012. Também não trai meu marido. Contei pra ele e em nenhum momento ele duvidou da minha fidelidade. Eu não tenho absoluta certeza se ele me traiu também, mas prefiro confiar nele. Se vc ama seu marido e confia nele, continue com o seu casamento. Como a médica me falou: vc casou virgem? Não né? Então o virus pode demorar anos para se manifestar. E as vezes mesmo com camisinha pode ser transmitido.

  86. Tira essa coisa da cabeça de vocês de que nenhum homem vai querer vcs por causa da herpes … Nada a ver , herpes incomoda e muito, mas depois que voce descobre um tratamento eficaz pra você , a vida flui normalmente … E sabe de uma coisa ? A pessoa que nao te aceita por ter essa doença , que afeta a maior parte da populaçao, descarte, descarte ela da sua vida porque ela n te merece .. Lendo uma pesquisa, cerca de 40 % das mulheres dos estados unidos tem herpes. Famosos, como David Beckham a ex mulher dele tb tem , brad pitty, angelina joli, britney, e varios outros que nao me recordo, tem herpes também.. Pra voces ver ne ? Ate aqueles la que mt gnt nem imagina q poderia ter , e tem. E vivem normalmente. Herpes nao é o fim do mundo, e quem ta com voce sabendo que voce tem. Pode ter certeza de uma coisa , ele ou ela vai te amar ate quando vc estiver la, velho, debilitado… Entao se ame em primeiro lugar, herpes nao é o fim do mundo nao. Tem coisa muio pior, agradeça a Deus pela sua saúde, pela sua vida, pela sua familia.. Herpes ? Herpes se torna insignificante pra quem procura viver feliz , e consegue levar como uma coisa normal na vida. Pesquise por dados de pesquisas feitas e vejam. Oq vcs pensam q so vcs tem, maior parte da populacao tem, tem gente que tem a vantagem de nao manifestar , mas mesmo assim tem. Fiquem com DEUS?

    • Comprei seu livro mas no momento to sem computador para poder lê-lo..
      Quando vc falou q pode ser outra coisa, ate deu uma esperança de ultima hora, mas tenho quase ctz q nao eh.. minha primeira crise tiveram todos os sintomas, e ali sim apareceram aquelas bolhas, foram 7. E sei q é tambem pq contrai com a minha ex namorada..
      Vou tentar ir ao medico entao, pq se meu penis fica bom, e eu faço mt esforço nele, sempre arde, e aparecem umas feridinhas, como se tivesse magoado, tipo umas queimadurazinhas minusculas.. e tambem quase sempre ficam uns nervos aparentemente irritados em volta da cabeça..
      Como se toma o aciclovir em comprimido, quantos vem em uma caixa? Li tb que limao pode ajudar, é mito?
      obg pela atençao q vc da a mim e a tds… com ctz vc ajuda muita gente,so quem passa por isso sabe como essa atencao eh importante. Parabens

  87. Edu, me ajuda…
    Tenho o virus a cerca de 11 meses e n sei mt oq fazer ainda. Minha situaçao eh a seguinte.. nao tenho feridas aparentes frequentemente, mas meu penis é sensivel e se eu me masturbo por exemplo, sempre arde no final e ficam umas manchas avermelhadas e da ardencia como se eu tivesse com crise.. me sinto um lixo, tenho medo de fazer sexo e arder ou ficar com o penis cheio de manchas… é possivel eu ter uma vida sexual ativa sem esses sintomas? me responde quais remedios eu devo tomar, para aumentar a imunidade..n sei.. para os sintomas nao aparecerem frequentemente e eu poder ter uma relacao sem me preocupar. Mt obg!!

    • Oi João,

      A herpes genital, normalmente tem um ciclo bem definido. Só a primeira crise é que costuma ser bem mais forte e com sintomas mais severos. Portanto, se você está com sintomas que persistem fora de uma crise, por exemplo como você falou na masturbação, então pode ser que vc tenha outra coisa. infecção por Bactéria, fungo, não sei? Vc já foi no médico? Ele vai poder te ajudar melhor pois poderá “ver” o que está ocorrendo e terá mais dados seus para fazer um bom diagnóstico.
      Como eu falei antes, depois que uma crise de herpes sara, tem que voltar tudo ao normal fisicamente, se não for assim, tem que investigar.
      Sobre a imunidade… essa é uma boa pergunta e venho estudando isso já faz um tempo.
      Basicamente… é um conjunto de hábitos que juntos vão melhorar a sua imunidade. Os principais são, boa alimentação, exercícios, controle emocional, dormir suficiente e bem, evitar cigarro, álcool, etc. Esse assunto é extenso, mas bem interessante.
      Uma coisa que pode te ajudar se suas crises são frequentes é fazer um tratamento supressivo com antivirais por um tempo aliado a um suplemento de vitaminas e os bons hábitos acima.
      Pelo seu e-mail vi que vc já comprou o meu livro… está tudo lá na parte de tratamentos… vc já leu? Vai te ajudar com certeza.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  88. oi oi descubri que tenho herpes a um mes, tive a minha primeira crise, foi horrivel ,só que eu nao peguei do meu namorado acho que o virus estava escondido ha algum tempo, ainda
    n falei pro meu namorado tbm tenho medo de ser rejeita e o problema maior é q ele quer ser pai, toda vez q eje fala nesse assunto eu fico triste pois a doença tem grande chance de se contaminar… eniste algo q eu posso fazer para n contaminar a criança? me ajude isso me tortura muito…

    • Oi Maria,

      Vc poderá ter filhos sim, sem problemas. É importante contar sobre a herpes genital para o seu ginecologista.
      Sobre a transmissão, basicamente o mais importante é nunca transar se estiver com algum sintoma ou crise no momento. Outras coisas que diminuem o risco de transmissão são: usar preservativos e estar tomando antivirais.
      Maria , meu livro aborda essas suas dúvidas em grande detalhe. Tem capítulos sobre gravidez, transmissão, como contar ao parceiro e muito mais.
      Não tem como responder em detalhes pois o assunto é muito extenso. Procuro fazer o possível para ajudar aqui no blog, mas garanto que o livro vale a pena para quem tem esse nosso “problema”.
      Abraços,
      Edu

  89. Olá Eduardo! Sou homossexual, e acabo de saber que tenho herpes genital, estou em paz. Agradeço a deus por ter pego herpes, do que aids, hepatite ou outra dst mais grave. Más, o que mais me preocupa agora é como irei arrumar um namorado nessas condições, pq sou muito carente, sexualmente e etc, mas enfim, o que tiver de ser, será. E outra coisa, gostaria de saber se há alguma chance de o exame ter dado errado, e a doença ser confundida com outra doença? Por exemplo, os sintomas que eu tive mais parece candidíase do que herpes, pois em nenhum momento eu tive bolhas. Abraços!!

    • Oi Stonem,
      Sim… vc tem razão em estar em paz, realmente herpes genital não é bom, mas tem coisas muito piores.
      Seguinte… se você fez o IgG para o vírus da herpes e deu reagente, então é certo que vc tem anticorpos e que entrou em contato com o vírus HSV. Por outro lado, se seu diagnóstico foi feito somente visualmente, então existe chance de ocorrer uma confusão pois alguns sintomas podem ser parecidos com outras doenças. Um dos principais sintomas da herpes genital são as crises recorrentes, então se aparecer algo novamente depois de um tempo é um forte indício de herpes genital.
      Abraços,
      Edu

  90. Ola Edu! Parabéns por sua dedicação e por nos informar sobre esse problema, que como vc disse outrora é pouco falado! Eu tenho a doença a 4 anos no inicio foi um susto como aconteceu com todos, era muito inocente na época, logo quando perdi minha virgindade e por não se previnir e sem orientação, nao sabia do risco que corria ao fazer sexo sem camisinha, no inicio foi muito dificil nao fui ao medico, nao contei pra ninguem, apenas pesquisei na internet e descobri que tava com a doença, tinha apenas 17 anos e sofrir calada. No começo sempre aparecia as lesoes, e com os anos foi diminuindo,sempre tive medo de ter um relacionamento mais serio, como namoro, casamento, por receio de transmitir ou ter que contar sobre a doença, por isso passei um bom tempo solteira. Agora melhorou bastante estou acostumada com a doença e ela dificilmente aparece.Estou namorando a 1 ano e durante esse tempo a doença nao se manisfestou, faço sexo sem camisinha com meu namorado, mais sempre observo para ver se ta tudo ok comigo, o que mais temo é de passar a doença pra ele. Recentemente fui a ginecologista foi a primeira pessoa que contei o problema ela solicitou varios exames, eu fiz e como esperado deu positivo o IgG, agora nao sei o que fazer meu namorado vai querer ver o resultado dos exames e nao sei como explicar para ele, preciso da sua ajuda! Tenho um detalhe muito importante.. tenho quase certeza que ele tem herpes labial pois antes de termos relaçoes sexuais ele ja vinha apresentando lesoes nos labios, indenticos a herpes genital, so que ele sempre me dava desculpas dizendo que nao sabia o que era aquilo, os labios dele era ressecados e feria.. ele nao fez exames , mais tenho certeza que é herpes labial. e outra certeza que tenho é que ja tinha antes de mim…so que tou com medo de quando eu contar ele assimilar e querer me culpar por um problema que ele ja tinha! Qual sua opiniao sobre essa questao. Desde ja agradeço pela a atenção! Boa Tarde! e Deus te abençoe!!!!

    • Oi Michelly,

      Se este é o caso, acho bem provável que ele tenha o HSV tipo 1 (que causa herpes labial em praticamente todos os casos) e você tem o HSV tipo 2. Se ele te acusar de alguma coisa, peça para ele fazer o teste IgG. Mas acho que ele não vai fazer isso.
      É bem provável que ele entenda a situação justamente por também ter a labial.
      Sabe que o HSV tipo 2 é muito, mas muito raro de infectar a região labial e quando ocorre não costuma criar recorrências.
      Espero que dê tudo certo para vocês,
      Abraços,
      Edu

  91. ola pessoal, estou passando pela mesma situaçao de muitos que comentaram: o dilema de contar ou nao ao parceiro! Eu tenho 18 anos e estou namorando a quatro meses, quero muito contar que tenho o virus, mas nao consigo, há o medo drejeiçao imediata, pois ele é um pouco machista, e temo sua reaçao. e por outro lado tenho medo de demorar a contar todo o caso eele terminar por nao ter contado antes, o que fazer?
    agradeço a todos pelos comentarios anteriores, ajudaram muito!

    • Oi Brenda,

      Contar ao parceiro é importante e é um momento crucial… por isso escrevi um capítulo inteiro no meu livro sobre como fazer isso da melhor maneira possível. Além disso tem muitas outras informações que você irá achar bem interessante. Mostrar que está bem informada sobre esta nossa doença é um dos pontos principais e o livro resolve bem isso. Garanto que vale o investimento para todos que tem que conviver e se adaptar ao herpes genital.
      Abraços,
      Edu

  92. Eu sou uma portadora minha doenca se manifestou em novembro no ano de 2012 minha primeira crise . . Passei uns dois ou tres meses dentro de um qarto sem ver nem o sol sem sair pros lugares pq eu nao conseguia andar era bastante dificil tomei mtos remedios fui ao medico ele me examinou e disse q eu fosse a uma ginecologista pq era suspeita de uma dst fui la ela disse q era a herpes genital e passou a pomada aciclovir muito boa .. e alguns comprimidos azuis e outros antiflamatorios e um banho antibacteriano . Eu chorei bastante ainda tenho recaida as vezes como hj pq nao da pra ser forte o tempo todo . So de lembrar oq passei da primeira crise da vontade de chorar eternamente .. eu tinha q fazer xixi dentro de uma bacia com gelo pq ardia mto e tava cheio de carocinhos e secrecoes .. o odor era horrivel. Meu namorado comprou um livro ebook sobre a doenca so pra me ajudar a nao fikar tao triste e fika me falando q isso nao vai impedir nossa felicidade . Eu fiko mto feliz por isso pq nos fazemos amor normal mas sempre prevenidos e qando a doenca nao esta ativa mas mesmo assim tenho muito medo de q ele pegue … mas enfim … que deus nos de forca eu vs e todos q tem isso por mais que nos falhamos .. mas aprendemos mto com isso e sabemos como eh o preconceito de muitas pessoas desumanas .. mas o q importa e que temos milhoes de pessoas do nosso lado nos ajudando e procurando cada vez mais serem fortes e dizer pra essa doenca chata q ela nao vai acabar nossa vida .. bjuss gente sz

  93. Ola, descobri a doenca a dois anos, tem quase 1 ano que tenho crises todos os meses. Sempre tomo aciclovir e uso o creme tb. Faco academia, tomo l-lysine, tomo polivitaminico, vitamina c. Falei com o medico, porem ele nao falou nada sobre o tratamento supressivo e disse que estou fazendo tudo certinho, nao sei mais o que fazer. So uma duvida, durante uma crise posso fazer atividade fisica normalmente ou melhor esperar uns dias. Quando tenho uma crise, evito pelo menos no primeiro dia. Pesquisei na internet, mas nao achei nada a respeito.

    • liliane faz o tratamento supressivo sim, vc vai ver que vai melhora muinto, essa semana apareceu em mim mas sabe quanto tempo demoro para aprece, a ultima vez foi em agosto, olha que eu vou ti fala uma coisa, o meu primeiro ano em 12 meses apareceu 25 vezes bem disser 2 por mês quase entrei em depre rsrsr. mas com o tratamento supressivo melhoro 100%. eu tomo aciclovir de 400mg um de manha e outro a noite, mando manipular,120 comprimido e 60 reais fale a pena lili

      • Ricardo, falei com o médico, ele simplesmente falou que não existe isso de tomar antes de aparecer…fiquei pasma! Estou pensando em tomar por conta própria! Quando estou com crise, tomo aciclovir (200 mg) de 8/8 horas (07 da manhã, 15 h e 23 h). Aqui onde moro tem a farmácia do trabalhador que é mais barato o aciclovir. Sempre compro lá. Já tinha tomado do fim de dezembro até janeiro. Há três dias apareceu novamente outra crise. Estou tomando novamente aciclovir. Já está cicatrizando, mas é chato, frustrante, dá uma vontadezinha de chorar…e olha que faço de tudo para manter a imunidade, tomo: polivitaminico, l-lysine, enax, vitamina c.

  94. Olá,
    Minha primeira crise de herpes genital foi quando eu tinha apenas 13 anos. Não sei como peguei. Eu era e ainda sou virgem. Tenho certeza de que é herpes pois já procurei ajuda médica. Sei que alguns médicos falam que isto não é possível, na minha opinião estes deveriam estudar mais sobre o assunto. Nas minhas cinco crises eu já briguei com Deus, já fiquei deprimida e me senti extremamente solitária. Atualmente eu não sei o que devo sentir.
    Ficaria muito felíz se alguém comentasse.

    • Oi Gisele, sei como vc deve estar se sentindo, pois aqui todos passam pela mesma coisa, e é um sofrimento, principalmente psicológico, já briguei um montão também, mas, penso que vc deve buscar ajuda psicológica, para mim está sendo bom, está me ajudando bastante, estes espaços de desabafo tbem servem de apoio, por que tem-se a impressão que somos diferentes agora, e na verdade, só temos um problema de pele, e que com o tempo vai minimizando e a dor tbem, entre para o grupo do fita amarela, vamos nos unir em nossa dor que ficamos mais fortes.Lilian, passei vicvaporub nas bolhinhas e elas secaram mais rápido, Mande um email para a Camila no endereço : milalopesf@gmail.com. e venham se juntar a nós no grupo. bjos

  95. Edu… gostaria de saber se posso manter relações sem camisinha com minha parceira ao final de uma crise… quando a cicatriz não apresenta nenhuma casca. Abraço

    • Olá Guilherme, vou te dar um relato próprio, que talvez te ajude, não entre nessa de sem feridinhas, por que não cola, fiz sexo oral com meu namorado sem feridinhas e crise, e peguei herpes labial, a forma mais segura é com camisinha, você pode estar tomando também antiviral por um prazo e desativar o virus em ocasiões especiais… mas, não sei se é totalmente seguro, mas vou te falar, não passe isso para ela, nunca vai ter perdão… e terá que conviver com esse peso na consciência o resto de sua vida…

    • Oi Guilherme,

      Infelizmente sempre irá existir um risco de transmissão assintomática (sem sintomas). O caso é que se o vírus estiver realmente em estado latente ele não transmite, mas o problema é que não dá para saber exatamente quando isso ocorre.
      Ou seja, mesmo que você não esteja com nenhum sintoma ou crise aparente, ainda assim, apesar de bem pequena, existe uma chance de o vírus estar presente na pele, o que poderia levar a uma transmissão assintomática.
      Outra coisa… tem que tomar cuidado com crises muito pequenas (micro lesões) que podem passar despercebidas.
      Claro que o mais seguro é usar sempre o preservativo, mas o risco tem que ser avaliado pelo casal.
      Abraços,
      Edu

  96. Olá, apareceu umas erupções no meu pênis (poucas) há 3 dias e estou muito preocupado. Tenho vergonha de falar com minha mãe e de ir ao médico. Desde que elas apareceram, já li muito sobre herpes e tenho quase certeza que seja. Estou passando bepantol de hora em hora e limpando sempre a região. Estou muito chateado por ter, pq sempre me cuidei muito! Mas como apareceram poucas, 3 exatamente, quero cuidar antes que possa piorar. Eu queria saber se o remédio aciclovir é vendido sem receita médica e se funciona mesmo, se tem outros remédios melhores, se sal e detergente (acho muita loucura) servem mesmo e essas erupções nunca vão sumir? Obrigado.

    • Oi Lucas,

      Seguinte… vc precisa ir ao médico. Eu sei que dá vergonha mas isso é muito importante.
      Os médicos vêem estas situações todos os dias, para eles é até comum.
      Então vença a vergonha e vá fazer um diagnóstico correto… isso seria a primeira coisa.
      – Não conheço bepantol, mas acho bom não passar nada e manter a região limpa e seca.
      – O aciclovir é vendido sem receita sim e é eficiente contra a herpes.
      – sal e detergente! Fique fora disso!
      – Se for herpes, as erupções irão sarar sozinhas em aproximadamente uma semana.
      Mas se esta for uma primeira infecção então os sintomas são mais fortes e pode demorar um pouco mais.
      Abraços,
      Edu

  97. Olá a todos, foi muito bom encontrar um lugar pra desabafar, tenho sentido tantas coisas ruins em meu coração que nem sei explicar, um misto de vergonha, angustia vontade de morrer entre outras coisas. Não sei como, mas, comecei um relacionamento com uma pessoa, e dois meses depois ele me disse que tinha contraído herpes de mim, levei um susto enorme, por que nunca me ocorreu de ter alguma doença sexual, sempre fui muito cuidadosa, com uso de camisinha, mas, com ele não usei. Foi um jogo de acusações que me deixou muito deprimida, e ele nunca me deu chance pra falar sobre o assunto, se recusa terminantemente a falar sobre isso. Fui ao médico e os resultados deram negativos para qualquer DST, e ele continua achando que fui eu quem passei pra ele, e por longas noites choro acreditando que fui eu mesmo. Foi um período difícil, por que me encontrava com o menisco do joelho quebrado com ruptura do ligamento cruzado e uma dor insuportável, tendo que operar, não me dando conta que estava com uma irritação nas nádegas, que não cicatrizava, sumia e voltava, até que ha duas semanas apareceram umas bolinhas amarelas, que acreditei ser inflamação por ser muito alérgica, fui ao dermatologista e quase tive uma crise nervosa quando ele me disse que era herpes, por que voltou toda aquela historia que pra mim já havia acabado, fiz novamente os exames, mas o resultado é demorado e ainda não saiu.Há alguns dias atrás, liguei pro meu parceiro pra contar o que havia ocorrido, nos encontramos de novo, e começamos a nos acariciar, mas não deixei ele tocar em mim, acredito que por ter medo dele se contaminar, e acabei fazendo sexo oral com ele, pois não havia nem um vestígio de herpes na genital dele, e acabei contraindo herpes labial.Ele não consegue superar a crise da doença e muito menos aceitá-la, não sei mais como falar com ele,, e não conseguimos entender como podemos nos ter contaminado, ele não consegue me perdoar, por uma coisa que nem sei se fui eu que transmite a ele, visivelmente ele está deprimido e depressivo, com comportamentos exagerados como evitar compartilhar colheres e copos com a família, diz que nunca mais vai ter relação… uma situação que está acabando com meus nervos. nô sei mais como lidar com essa situação, pois, penso não ter coragem pra manter outros relacionamentos, pois o virus da herpes não tem cura e vou ter que conviver com ele pro resto da minha vida, e tenho muito medo de transmitir a outras pessoas, e o medo da rejeição e muito forte, pois até mesmo meu parceiro me rejeita.

    • Oi Panda,

      A grande maioria de nós, que pegamos herpes genital, sofremos muito emocionalmente principalmente no início.
      Eu sei bem o quanto pode parecer desesperadora a situação, mas posso te dizer que com um pouco mais de tempo garanto que as coisas irão melhorar para você.
      Espero que o blog te ajude a ver que muitos estão na mesma situação, e também, que isso pode ser superado com alguns ajustes da nossa parte.
      Se te interessar, o meu livro pode ser de grande ajuda para você e seu parceiro.
      Qualquer coisa escreva aí…
      Abraços,
      Edu

  98. Bom dia,
    Acho que peguei esse vírus,depressão total.Meus exame de igg deu reagente mas como nunca tive as vesículas ou bolhas nenhum médico me atestou como Herpes Genital,porém já estou a seis meses com os sintomas de ardência,vermelhidão,queimação e não passa já tomei todos esses medicamentos exposto aqui no blog e nada adiantou efetivamente.Acredito ainda que os médicos não falam afim de tentar manter nosso emocional controlado mas é muito foddd.
    Se puder participar de algum grupo para tirar algumas dúvidas meu email é serratrick@bol.com.br,preciso de ajuda emocional….
    Obrigado

    • Oi Rick,
      Não é muito comum esses sintomas persistirem por tanto tempo.
      Já tentou tomar aciclovir de forma supressiva?
      – Colocar o emocional em ordem depois de descobrir que adquiriu herpes genital não é brincadeira mesmo… sei bem como é isso.
      Mas tente se acalmar, isso tem solução sim. Acho que o meu livro te ajudaria em muitas coisas, se quiser dê uma olhada.
      Aguente firme aí!
      Abraços,
      Edu

  99. Boa tarde, Edu preciso de alguém experiente e que ja tenha passado por uma boa parte do que vou passar, do que estou sentindo… descobrir que sou portadora do vírus Hp genital a 1 dia… os sintomas começaram sábado (coceiras, vermelhidão e logo apos as bolhas) fui correndo pro ginecologista ele fez um auto exame e logo apos deu o resultado ” vc estar com herpes genital, infelizmente não tem cura so tratamento” ele foi super gentil cmg… me explico e ate me aconselho a procurar sobre na net por ser um “mundo” onde vc encontra tudo.
    Na hora não caiu a ficha, pensei é uma doença que vo tratar e vai desaparecer… mas depois lendo os depoimentos, artigos vi que não era bem assim, que ela volta com certa constância… não falei nda pra minha família (mãe e irmã) estou com medo do que vão falar e de como vão reagir! Eu sei que vai ser um choque ate pq não é uma doença tao conhecida… não tenho namorado foi um casinho que pensei que iria virar algo serio mais foi uma ilusão, ficamos intimamente apenas uma vez com 8 dias depois vinham os sintomas… não sei o que faço acho que ele nem sabe que tem e tenho medo que ele saia espalhando (moro em interior)
    Outro medo que tenho é da rejeição de um companheiro que posso ter, de quando for contar a ele, ele venha rejeitar por medo da contaminação e vou entender completamente isso… quem vai querer ser portador de uma doença que não há cura… Estou fazendo o tratamento com penvir comprimido e creme… estou no segundo dia vejo que os comprimido alivia muito a coceira e as dores… mas o creme ja é um pouco demorado pra cicatrizar o bolha… o tratamento é de 7 dias (14 capsula) e valeu lembrar que so tenho 21 anos… meu mundo estar meio que desmoronado sem saber o que fazer sem saber a quem posso correr pra contar! Sei que posso contar com minha irma mais o medo é grande : (
    Pelo o que le vejo que vai ser constante as crises logo no começo… pelo que venho lendo, mas li tambem pessoas que so tiveram a primeira crise depois a doença desapareceu, nao voltou a se manisfestar!
    Estou mais aliviada em pode desabafar com alguém, obrigada!

    • OI Renatinha,
      Eu vejo que vc está com muitas dúvidas e principalmente no começo essa doença meche muito com nosso estado emocional. Por isso recomendo você adquirir o meu livro pois tenho certeza de que irá te ajudar bastante.
      Espero sinceramente que vc fique bem… pode acreditar que tem jeito de viver com isso numa boa. Mas tem que se ajustar a algumas coisas não é.
      Um grande abraço,
      Edu

  100. Gente Enax mudou minha vida eu tinha crise em 3 em 3 , comecei a toma-lo e ja tenho 8 meses sem ter crise , GRADEÇO SEMPRE A DEUS , SINTO Q MINHA VIDA VOLTOU AO NORMAL

  101. ta igual qando agente rala o braco o a perna q começa a sicatriza o machucado ai quando agente molha a casca fica branca neh ta desse geito tem isso la em baixo perto do freio do p…. e do lado do lado so tem um poco la em baixo q tem um maiorzinho to com vergonha de fala pra minha mae q to com isso to com vergonha de i no medico =/ n tem como vc da m exemplo de como fico sua herpes? qando começo ? e se eu tive tem como e sabe se ela é aquelas simples o n ?

    • OI Renato,
      Se não quiser contar a ninguém sobre isso tudo bem, mas não tenha vergonha do médico não. É importante que vc vá fazer uma consulta.
      – a herpes genital , normalmente cria primeiro uma vermelhidão na pele, depois saem bolhas no local. Estas bolhas estouram, ficam em “carne viva” e depois cria uma casquinha e cicatrizam.
      Att,
      Edu

  102. Algem ai pode me dize se tenho herpes o nao to preocupado aqi tenho 20 anos e fui transa com minha namorada nao estava mito lubrificada ai tava doendo um poco so q nem persebi nada agora quero sabe se peguei herpes o se é machucado da transa tem em 3 lugar do me parcero aqi sao tipos mas afitas q nacero logo abaixo da cabeça e ta ardendo muito ja faiz 2 semanas q tem isso tava passando cetocort e nada adianto entam comprei a aciclovir onte e começei a passa hj queria sabe se estou com herpes ou nao algem pode me dize por favor n sei oq faze to com medo preocupado sinceramente n sei oq faze 😦

    • Oi Renato,

      Não tem como alguém por aqui dizer exatamente o que você tem.
      A primeira coisa que você deve fazer é ir ao médico.
      Só em um exame clínico ele vai poder te ajudar.
      Provavelmente ele também vai pedir alguns exames de sangue… não se assuste, isso é normal.
      Se for confirmado que você tem herpes genital, posso te dizer que isso não é o fim do mundo, e vc vai encontrar muita ajuda por aqui.
      Abraços,
      Edu

      • pow vlw edu e achu meio estranho porq nao teve nenhum tipo de bolha q viro ulcera ta tipo uma afita q da na boca ela tem m machucado e dentro tem tipo ma pelinha branca meio amarelada e quando passo a pomada aciclovir arde se vc ja uso essa pomada ela arde mesmo ?

  103. Ola, estou mt preocupada acho que contrai o vírus da herpes, já estou ficando paranóica, fiz várias pesquisas dos sintomas mas nada me esclareceu tudo é mt subjetivo, entaum gostaria de saber como vc percebeu que tinha adquirido o vírus??

    • Oi Mari,

      Na minha primeira crise de herpes genital eu não sabia de nada e não fui no médico, por isso tomei o remédio errado e a crise que foi forte demorou ainda mais para sarar.
      Só fui saber que era herpes genital quando tive uma recorrência algumas semanas depois!
      Por isso, a primeira coisa que aconselho você fazer é uma consulta médica.
      Abraços,
      Edu

  104. Olá, fui ao médico eu estava com uma bolha na vagina, ele simplesmente olhou e disse…Vc sabe o que é herpes? eu disse ja ouvi falar…ele disse é isso q tens..passe essa pomada ..penvir ..nas crises.. apenas isso…e qto mais eu leio mais me desespero..me relacionei a primeira vez com um rapaz e agora não sei se peguei dele ..ou pode ter pego de mim…continuamos nos falando e não sei o que faço com ele e nem comigo…a vida já não andava boa …agora tenho vontade de morrer…é tão difícil encontrar alguém e agora com isso…sem nenhum prazer em viver…só consigo chorar e a vida parou ao meu redor…se tirar a vida não fosse pecado ..já teria feito..preciso se um fio de esperança… não tenho coragem de contar a ngm…nem eu mesmo qro acreditar…

  105. ola.
    tenho uma historia bem complicada para contar e preciso muito da sua ajuda edu
    primeiro parabéns pelo seu blog, tenho certeza que você está ajudando muitas pessoas com ele.
    .Enfim, eu namorava ha pouco mais de 3 anos com meu ex namorado, mas logo perto do termino, mais ou menos ha uns 2 meses antes, eu vinha tendo relações com ele e havia tendo sangramentos, eu não entendia o porque de sangramentos, ate entao que um dia eu estava gripada e ele também e fizemos sexo, e ocorreu o sangramento( foi sem camisinha) depois de umas duas semanas ele ficou bastante doente com febre, e me falou que apareceu umas bolhinhas nele, logo em seguida fui para a ginecologista e ela me disse que eu tava com uma ferida no colo do utero e que essas bolinhas que tinha no penis dele podia ser herpes e entao passou o exame pra mim herpes tipo 1 e 2 gg e gm, e aconselhou a ele a ir ao urologista e fazer tais exames tambem. Entao, nesse periodo eu disse para ele que eu nunca havia sentido nada e que se fosse eu que tivesse passado que eu estava ao lado dele para tudo, mas acho que por desgaste e tambpem por causa dessa doença acabamos acabando o relacionamento, enfim eu acabei pela falta de companheirismo dele comigo.Porem só acabei depois de receber os exames e recebi o meu e deu negativo tanto o gg como o gm e o dele tambem, apesar de o urologista dele ver as bolinhas e dizer que é herpes, entao voltou na minha medica e disse que tinha dado negativo e ela me falou que podia ser que os anticorpos não estivessem ainda no meu corpo , entao refiz de novo depois de um mes (isso os acabamos e mantinha contato com ele por ligações e ele vinha tendo crises , mas eu nao sentia nada) quando refiz de novo deu negativo de novo tanto o gg como o gm , entao voltei lá e disse como podia da negativo se ele tinha me dito ~que nunca teve outras relações (ele era virgem) fora de mim, e entao na minha cabeça era eu quem tinha passado para ele e eu tinha pego do meu ex namorado, e entao me sentia muito culpado porque eu queria muito estar ao lado dele lhe dando assistencia mas via que ele nao queria mais e entao acabei, tendo que acabar pois vi que ele nao estava sendo meu companheiro.Logo de´pois de 2 meses como a medica havia pedido( ou seja apos mais de tres meses da ultima relação que tivemos) refiz os exames e novaente deu negativo no gm e indeterminado no gg (mas foi muito pouco acima do limite de inferior) entao voltei na medica e disse do resultado, tinha ficado assustada pq tinha dado indeterminado e entao ela me passou novamente outro exame e mandou eu refazer depois de um mes e fiz e deu negativo no gg e no gm. Enfim, nao sei mais o que fazer já se passaram muito tempo e nao sei estou ou nao com essa doença, nunca senti nada a unica coisa que sentia era o sangramento nas relações. Lembrando que a medica passou para eu fazer todos os exames de DST e deram negativose tambem eu refiz os exames de herpes em laboratorios diferentes. enfim agora estou em um novo relacioamento e tenho que ficar dando desculpas para meu companheiro que tenho que usar camisinha mesmo ele dizendo que ele vai ao urologista de seis em seis meses e ja ate me chamou pra ir com ele nesse mes. Nao sei mais o que fazer, como sei se estou ou nao com essa doença? ela realmente sai no exame de sangue? ela causa sangramentos? tem como esse exame de sangue da errado? o meu ex pode ter tido a doenca e eu não ter pego? o virus da herpes pode ser passafo atraves desses sangramentos que tenho durante a relação?A medica me falou que se eu tivesse era no colo do utero, esse tipo de herpes nao da pra ver as feridas e eu nao consigo sentir nada como eu vou identificar que tenho? Fiz o tratamento para a ferida do colo do utero, cauterizando e ela depois mandou a feridinha pra fazer a biopsia e nao deu herpes no tecido, mas a medica me falou que a herpes pode nao ser identificada com vigor pela biopsia. Enfim, preciso muito da sua ajuda edu. não aguento mais essa duvida! Isso já faz vários meses,irá fazer um ano e eu não consgo saber,preciso de ajuda por favor.
    Obrigada!

    • Mamays há muito tempo eu tive sangramento após relação sexual. Por causa do atrito e isso formou uma ferida que foi cauterizada e tudo ficou bem… Só é preciso ficar atenta se não é hpv que é facilmente descoberto no papa Nicolau. Quando a sua duvida sobre o herpes… Depois de tantos exames e depois de tanto tempo sem a confirmação eu estaria otimista e agradecendo a Deus por não ter pego. Mas quem sou pra dar um diagnostico… Os exames do seu ex deram positivos?

    • oi Mamay,

      Bom pela quantidade de exames que você fez e todos deram negativo então acho que é bem possível que você não tenha herpes genital.
      Mas acho melhor você confirmar com a sua médica de novo, porque só ela com os seus exames na mão e conhecendo as datas que você fez, pode te dar um diagnóstico melhor para seu caso específico.
      Esses exames podem sim dar um falso negativo quando a infecção é recente porque o corpo ainda não desenvolveu os anticorpos. Porém você disse que refez o teste bem depois e ambos deram negativo… isso é um bom sinal. Você também não teve crises… outro bom sinal.
      Suas perguntas:
      – para saber se está ou não com a doença, acho que você tem que fazer novamente o exame IgG.
      – O que sai no exame de sangue é a presença de anticorpos contra a herpes genital. Se tiver anticorpos é porque você já entrou em contato com o vírus. Mas o vírus em si não fica no sangue ele se locomove pelas terminações nervosas do gânglio até a pele.
      – Herpes genital não causa sangramentos, mas causa pequenas bolhas que depois estouram e formam lesões na pele.
      – Sim, o seu ex pode ter pego e você não, porém é melhor você investigar isso… não tem como eu dar uma resposta.
      – herpes no colo do útero não é o mais comum. Mesmo assim teria que aparecer anticorpos no exame de sangue. tente mudar de laboratório para fazer o exame se for o caso.

      Espero que eu tenha ajudado um pouco Mamay, mas acho que você deve conversar novamente com sua médica.
      Abraços,
      Edu

      • Muito obrigada Edu e Luana!!
        só tenho mais uma pergunta, sera se é possivel uma pessoa ter entrado em contato com o virus mas nao ter pegue a doenca por ter imunidade alta e mesmo assim só por ter tido contato com o virus passarpra uma pessoa com imunidadebaixa e sim nesta pessoa se manifestar a doenca?
        vou refazer o exame e vou na medica novamente, vou contar tudo novamente pra ela e espero que dê tudo certo. Volto pra dizer como foi. muito obrigada mesmo!! fiquem com Deus..

      • esqueci outras perguntas.. quem tem herpes genital colo do utero sente os mesmo sintomas? e se aferida é no colo do utero passa por sexo oral mesmo sem ter como ter contato pois o colo do utero é bem mais interno?e quem tem herpesno colo do utero como vou saber que estou com a ferida se não da pra ver,tem como saber, alguma dor especifica ou algo…?
        se tiver alguem que tenho no colo do utero e puder se comunicar aqui comigo ficarei grata.
        descupas por tantas peguntas, mas é que estou um pouco aguniada.
        obg de novo, abraço..

  106. Hoje estou triste… 3a semana depois dos primeiros sintomas do vírus… As bolhas sumiram, mas eu fico sentido comichões, sensibilidade nas coxas e entre outras coisas… Olho e não tem nada. Então por que esses sintomas não somem? Eles não vão sumir nunca? O problema é que desse jeito não consigo parar de pensar nessa maldita doença… Me sinto indisposta e hoje estou sem vontade de fazer nada… A incerteza é o pior. Será que mal sai da primeira crise e já terei outra? Será que é piscológico e tudo que estou sentindo é fruto da quantidade de coisa que li sobre isso? Que inferno…

    • Luana querida … não se deixe abater por este vírus. Tenho ele a 30 anos e superei tudo, até esqueço que tenho porque as ocorrências é de 2 a 3 anos para acontecer, continue tomando comprimidos supressivos de,aciclovir ou similar, com força de vontade vai superar … considero hoje este vírus insignificante, sou casado contei tudo para minha esposa e ela nunca contraiu Tenha fé em Deus e não desanime, conselho de quem já superou tudo. Abraços…

    • Obrigada Cayres pela força… É sempre bom contar com as palavras de alguém que sabe do que estamos passando. Não vou deixar essas doença tomar o controle da minha vida.

    • Oi Luana,

      Acho que já falei diversas vezes aqui no blog que para mim também esses sintomas (prodromes) sempre me incomodaram mais até que quando saem as bolhas.
      Isso é mesmo muito estressante.
      Talvez seja interessante você continuar um pouco mais com o aciclovir.
      Converse com seu médico.
      Att,
      Edu

  107. Pessoal, esse blog foi minha salvação! Sempre fiz sexo com camisinha, sempre fui neurótica com dst, mas descobri esse ano que peguei herpes de alguém! Realmente ao sei como isso foi acontecer! Na verdade, a ginecocolista fez um diagnóstico clinico, nao pediu nenhum exame, oq achei estranho! A ginecologista ainda disse que nao era possível eu ter pego herpes pelo sexo oral, mas sim q a camisinha nao deve ter coberto alguma parte! Mas nao consigo entender, as duas unicas pessoas que tive relacao swxual nao tinham sintomas aparentes e nunca me contaram nada sobre herpes! Fiquei mto depressiva, nao me relacionei mais com ninguem! Agora estou com uma pessoa ha três meses e morrendo de medo de contar! Sei que preciso contar, mas tenho medo e vergonha! Nao tivemos relação sexual ainda e eu tenho evitado! Nao sei como vai ser, nao consigo mais dormir, nao consigo mais pensar em nada! As vezes tenho vontade até de terminar com ele para nao ter que passar pela rejeição após contar! To mto triste, nao sei oq fazer! Essa semana vou no meu ginecologista de confiança e vou pedir os exames de novo! Sei que com os resultados em mãos, vou precisar falar! Mas como fazee isso? Meninas, vcs ja passaram por essa situação de contar? Como foi? Preciso de uma luz!

    • Oi Re,

      Contar ao parceiro é uma situação tão crítica para todos que tem herpes genital que fiz um capítulo inteiro do livro sobre isso.
      Sobre como vc pegou… realmente a camisinha não cobre toda a superfície por onde o vírus pode estar na pele e a herpes genital pode ser transmitida mesmo sem sintomas aparentes.
      Porém tenho que discordar da sua ginecologista sobre não ser possível pegar com sexo oral. Pode sim. Acontece em menor frequência mas já está bem comprovado isso faz tempo.
      Muitas pessoas tem herpes genital causado pelo hsv tipo 1 (que é o causador da herpes labial), porém o HSV tipo 2 é o que causa herpes genital na grande maioria dos casos.
      Abs,
      Edu

      • Oi Edu, obrigada pelo comentário e pelo apoio! Devo comprar seu livro pq essa situação sobre como contar ao parceiro esta me matando! Eu to tao angustiada que ja emagreci horrores! Nao acho justo nao contar, mas por outro lado tenho esse medo terrível de sofrer a rejeição!
        Acho que meu ginecologista pode pedir os exames de sangue e verificar realmente os resultados! Através do exame da pra saber se peguei tipo 1 ou 2?
        Abs e obrigada novamente!

  108. vc falo que foi só no sus, eu se foce vc arrumava um dinheiro com seus pais ou irmão e ia no particular, la olha a gente melhor e tem os 15 dias de prazo pra volta sem paga, agora eu na minha opniao pelo que descreveu ai acho que não e herpes não, ta com cara de ser uma bactéria ou um fungo bem forte, eu falo que alguns anos atrás quando era bem mais novo tive uns sintomas que nem o seu e era um fungo que demorei pra mata ela foi uns 2 meses tomando uns antibióticos próprio para a situação que o medico mando , mas demoro cura, porque tem uns fungo que são mais fortes. mas vai no medico particula se for bactéria ou fungo ela vai ajuda mas se for herpes vai ajuda também ate.

  109. O meu caso é muito difícil e já estou desesperado e n sei o que fazer

    Tinha só 3 no começo, uma na glande e duas no prepúcio (interno), agora está aparecendo várias pequenas em vários lugares da glande e prepúcio essas feridas ficam bem vermelhas no final do dia e tem aparência de quando se queima a pele e fica bem vermelho. E horas depois do banho fica mais claro, o lugar das feridas sempre saindo bem de leve uma humidade mas sem escorrer. E também, as vezes, fica dando umas “pinicadas” nas duas feridas.

    Já passei 2 pomadas vaginais, canasten, aciclovir em pomada, trok-n … tudo prescrito pelos urologistas e uma médica nos 2 primeiros anos e tudo isso era para cândida e não ajudou em nada.
    Ai a primeira urologista que me atendeu disse para eu não passar mais nada e passou um exame de urina e de herpes (há 1 ano e meio atrás).
    Depois de passar por um outro urologista que passou canasten e disse que o exame não servia para nada e por uma médica que me passou uma pomada vaginal e ciprofloxacino para infecção. Em junho deste ano que consegui passar pela primeira Urologista que ela viu o resultado do exame para herpes que deu positivo e o urina deu infecção urinária. Nisso ela só me disse que herpes não tem cura e até hoje está tentando curar a infecção urinária primeiro.

    Na ultima consulta com essa urologista que me acompanha (esse Setembro) ela me falou umas coisas que eu fiquei meio com um pé atrás sobre ela.
    Eu disse que suspeitava de uma farmacêutica que me aplicou uma injeção e ela me disse QUE HERPES NÃO SE PEGA ASSIM, eu cheguei a ficar de boca aberta olhando pra ela. Como ela disse uma coisa dessa! E ainda disse que se pega pela pele como uma gripe.
    Fora que ela desde o inicio desse ano (que ela viu o exame) até hoje ainda n me disse sobre a herpes, só disse que não tem cura (eu sei que não peguei por sexo pq sou virgem mesmo tendo 25 anos). Ela não passou tratamento, não me instruiu sobre prevenir nem nada só quer que eu espere com as feridas crescendo até resolver a infecção urinária.
    Eu não sei se a ferida é por causa da herpes mas quando apareceram foi uns meses depois da injeção que tomei quando tinha comprado um jogo e ficava dias seguidos sem dormir ou comer ou tomar banho ou tudo junto por uns 2 ou 3 meses

    Só que no inicio do ano quando estava passando uma pomada vaginal prescrita pela médica APARECEU EM DOIS LUGARES NA PELE QUE COBRE O PÊNIS ONDE AS FERIDAS ATACAM MAIS, UMAS COISAS BRANCAS PEQUENAS JUNTAS (de 1cm juntas) PARECENDO veias tipo aquelas de debaixo da língua mas aderidas a pele e parece que está espalhando aos poucos. Será que é câncer? A urologista disse nessa ultima consulta que é fibrina. Mas parece que está unida a pele e não é casca de ferida.

    Eu não sei o eu fazer mesmo.
    ATÉ AQUI FOI TUDO NO SUS.

    Pesquisando na internet já aprendi muito mesmo sobre a herpes estou pensando em comprar aciclovir 400mg comprimido para fazer tratamento supressivo pq sou magro e meu trabalho é muito pesado e também sair desse meu trabalho pesado para outro melhor e tomar alguma coisa pra fortalecer o organismo e fazer consulta particular ou contratar um plano de Saúde ou tudo junto, mesmo sem ter condições para isso. O remédio custa R$110,00 com 30 comprimidos e o dinheiro que tenho dá pra comprar por uns 5 meses, n sei o que fazer, estou com medo dessa médica não saber o que está fazendo ou estar me enrolando ou sei lá o que.

    Alguém já passou por isso ou algo similar?
    Devo fazer o tratamento supressivo, fazer consulta particular ou continuar com essa urologista? Já tem 3 anos e nem sei se as coisas brancas já é princípio de câncer.

    Pelo amor de Deus se alguém puder me dar uma dica do que fazer eu agradeço muito mesmo. Penso todos os dias nisso e acordo pensando nisso e as pessoas no meu trabalho percebem que estou triste e preocupado e isso é muito chato.

    Abraços (não tenham medo que herpes não se passa assim xD)

  110. Descobri recentemente que tenho herpes. Meu IGG deu 12,7 e meu IGM, inconclusivo. Fiz sexo oral, isso significa que tenho o tipo de herpes 2 na boca, então??? E que através do beijo estarei transmitindo o herpes genital e não labial? Minha ginecologista me explicou que trata-se de uma infecção recentemente. Nunca percebi nenhum sintoma em meu parceiro. A minha duvida é que tenho uma filha de quatro anos e estou com medo de passar para ela. Tenho evitado beijar seu rosto e ficar próximo demais a ela, pois tenho medo de contagiá-la, mesmo quando não apresentar os sintomas, que pelo que andei lendo é possível transmitir mesmo quando n estamos com a ferida. E se ela entrar em contato com a doença já será do tipo genital???? Estou com muito medo de prejudicar minha filha. n tenho conseguido ficar perto dela pois temo passar o vírus.

    • Oi Gabriela,

      Vc tem herpes labial ou genital? ou seja, onde aparecem as suas lesões de herpes?
      O vírus hsv tipo 2 na área oral é muito, mas muito raro mesmo.
      Já na área genital ele é muito comum.
      Na área oral, o vírus hsv1 é o que prevalece sempre. Porém ele também pode ser transmitido genitalmente.
      A transmissão assintomática pode acontecer mas a chance de transmissão desta maneira é bem menor.
      Att,
      Edu

      • Obrigada por responder. Não sei qual o meu tipo, pois nunca apresentei sintomas. Nunca vi qualquer tipo de ferida em nenhum lugar, Descobri através de exame de sangue quando fiz um check-up. Minha maior preocupação é de transmitir para minha filha, pois pelo que ando lendo, se eu tiver a lábia, o simples ato de beijar sua bochecha ou a mão já estarei transmitindo a ela. E a ideia de faze-la conviver com isso está me matando. Imagino logo ela um pouco mais velha e com sua boquinha com feridas. Não sei mais o que fazer para passar por esse momento.

  111. Olá Edu, descobri a uma semana que estou com herpes genital e passando pela minha primeira crise… Estou triste, principalmente por não saber como a doença vai se comportar no meu organismo. Se na primeira crise já estou assim, nem quero imaginar em ter a próxima. Nunca pensei que pudesse pegar isso, mas agora que tenho tudo que eu quero é cuidar de mim. Ler todos os comentários aqui do seu blog fez eu me sentir melhor. Sei agora que não sou a única que passo por isso e é bom poder dividir isso com outras pessoas. Parabéns pela sua iniciativa. Pelo o que eu pesquisei esses dias pude perceber que não há nada de novo a respeito dessa doença, não há interesse, enquanto isso quem tem continua sofrendo em silêncio. Mas enquanto eu viver vou ter esperança de um dia ouvir que a cura foi encontrada. Quero participar dos fóruns e voltar pra contar como tem sido pra mim e quem sabe ajudar outras pessoas com as minhas próprias experiências. Não vamos esquecer desse blog e do espaço que você abriu pra gente desabafar.

  112. Olá Edu! peço por favor que remova este comentário com o endereço com meu email, pois já adicionei a todos e não gostaria que de repente pessoas mal intencionada saiba meu email. faz esse favor pra mim pois eu uso esse email para tudo, inclusive no trabalho.
    Bjs obrigada.

  113. Isis Bom dia, acalma-te. Tenho o vírus a 30 anos. Não é um bicho de 7 cabeças. Recomendo que adquira e leia o e-BOOK (Livro) do Edu, dono do site. O tratamento supressivo com comprimidos antivirais como aciclovir ajuda a diminuir as ocorrências. Hoje até esqueço que tenho o problema, ocorrências de 2 em 2 anos ou até 3. As vezes penso até que estou curado. Faça o tratamento e não se dê por vencida, este vírus para mim é insignificante. Abraços.

  114. ola,bem é mto dificil falar sobre isso,mas vamos la,sou casada e sempre fui uma pessoa responsavel,nunca transei sem camisinha,na verdade tive poucos parceiros,mas ai conheci meu atual marido que tem a doença,no começo do nosso relacionamento a gente transava com camisinha sempre,ate mandei ele fazer exames p eu saber se ele tinha alguma doença ,mas tudo ok,entao logo apos ele fazer os exames ele me contou q tinha herpes,p mim foi assustador pois morria de medo de pegar essa doença,ai fomos ao medico e ele nos falou q eu so pegaria a doença de ele estivesse com a doença aparente,ate entao tudo bem,ate q um dia a uns dois meses atras descobri q estava com a doença,nossa foi um choque,não conseguia fazer nada,e incrivel como a gente fica sem chão,fiquei 15 dias em crise,ate q melhorei,e hoje novamente estou em crise,o pior e q não consigo me controlar,surto,choro muito e n consigo me conformar,meu marido tenta me ajudar conversando comigo,mas e dificil pq nunca passei por nada parecido,Ainda bem q achei este site,q esclarece duvidas e ajuda pessoas como eu q tem essa doença a tentar superar,e mto,mto dificil,mas com fe em DEUS tudo se ajeita,Gostaria de saber se a doença com o tempo diminui os sintomas e crises.Obrigada por criar este site,assim como eu muitas pessoas estão se sentindo melhor agora sabendo q n estao sozinha.bjs

  115. Tenho herpes a dois anos, e ela aparece toda semana, ou as vezes de 15 em 15 dias, estou ficando lok, pq n sei o que faço, estou com um rapaz e vou ter que parar com ele, por causa disso, como vou falar p ele que n posso fazer sexo!! se isso me aparece com frequência….não sei o que fazer…o pior que estou gostando dele….as vezes me penso em suicidar ou ate msm nem acreditar em Deus……to sem chão;;;;me ajuda, preciso eliminar isso pelo menos de dois em dois meses..

    • Oi Camila,

      Teve épocas em que eu também tive crises constantes.
      Isso me estressava muito.
      Seguinte… acho que vc precisa tentar um tratamento supressivo com aciclovir por um tempo. Fale com seu médico.
      Para algumas mulheres, a menstruação pode desencadear uma crise de herpes genital. Veja também com ele sobre isso. Talvez exista como suprimir a menstruação por um tempo, se for o caso.
      Um dos “gatilhos” muito significante para fazer surgir crises é justamente o fator emocional.
      Fortes emoções negativas fazem muito mal ao nosso sistema imunológico e já foi comprovado que podem fazer surgir uma recorrência.
      Por isso, sugiro a você que tente o máximo se acalmar e buscar seu equilíbrio. Sei que é difícil, mas é muito importante.
      Herpes genital não é o fim do mundo e tem tratamento. Você está passando por uma fase ruim, mas vai melhorar sim.
      Para informações com bastante detalhes, sugiro que vc leia o meu livro. Vai te ajudar com certeza.
      Desejo que vc fique bem…
      Att,Edu

      • mto obrigada….na verdade meu ginecologista parece n entender mto sobre isso…qula o medico que posso procurar??infectologista ??

    • Olá Camila, minha xará, tudo bem? Não se desespere, a vida continua e não podemos deixar que essa doença seja maior que a gente! Estamos formando um grupo de apoio da doença, em que podemos trocar palavras de conforto e informações. Se estiver interessada, me mande um email: milalopesf@gmail.com.

      Um beijo e Deus te abençoe!

  116. Olá, eu tenho herpes já faz mais de um ano e sofro com crises recorrentes. Eu gostaria de participar do grupo de vcs. Como faço pra entrar em contato?

  117. Olá pessoal fiquei sabendo a poucos dias que tenho esta doença , contrair creio eu de um único relacionamento a alguns meses atrás com pessoa desconhecida quando olhei pro corpo da menina vir uma bolha no canto da virilha onde vir e fiquei encucado na hora, mas ñ perguntei nada pois achava eu por ser leigo no assunto ñ ser nada de mais, mas depois bateu a preocupação, a partir deste dia esperei um mês comecei a fazer exames frequentes ,fiz um em março para todas DST e HIV todos negativos , outro em abril tbm todos negativos, outro em maio tbm todos negativos,só que em junho dia 17 veio outro o resultado positivo para HERPES ,OBSERVAÇÃO : O meu urologista na época não estava solicitando na requisição dos exames o anti corpo IGM para herpres e sim somente IGG fazendo com que meus exames iniciais desem negativo ,ou seja no período de fase aguda da doença eu realizava exames e dava negativo para IGG é claro pelo pouco tempo de infecção meu organismo ainda ñ tinha desenvolvido uma quantidade suficiente de anti corpos para serem detectados, este mês fui em outro Urologista onde relatei o que sentia ele me deu outra guia de exame onde , fiz novamente pela 4 vez todos , onde já deu reagente para herpes , quer dizer que já possuo anti corpos contra o vírus e já passei da fase aguda a 4 meses atrás e ñ sabia do que se tratava , tenho problema de calculo renal do principio achei que as dores testiculares tinha uma relação com algum calculo pois pode apresentar alguns sintomas parecidos , mas depois saiu em meu pênis um bolhinha tipo um a espinha a partir daí lembrei da bolha na perna da menina no passado aí caiu a ficha, hj estou com outra pessoa e agora a duvida é ,como NÃO transmitir esta doença ? Será que minha nova parceira já esta contaminada ? Quando contar e como contar ?Ta sendo barra, admito ta sendo difícil , minha vida depois disto , mudou ,peço a Deus agora que sei que ela ñ tenha se contaminado , ela esta semana teve febre estou super preocupado dela ter contraído a infecção o sentimento de culpa já começa eclodir forte em mim , vou contar logo para ela sobre o resultado , quero cuidar dela , para protege-la de pegar esta infecção por esse vírus ,abraço a todos , fiquem com Deus.

      • OK ….EDU JÁ COMPREI O SEU LIVRO, JÁ NO MESMO DIA QUE POSTEI , ESTAR ME AJUDANDO BASTANTE A ESCLARECER MINHAS DÚVIDAS , PARABÉNS PELO SITE , BOM VOU TER CONHECIMENTO SOBRE ESTE VÍRUS PARA Ñ TRANSMITI-LO PARA MINHA PARCEIRA E OLHAR PRA FRENTE E TOCAR MINHA VIDA POIS TEM Q SER ASSIM , VAI SERVIR DE APRENDIZADO PARA MIM A Ñ SER TÃO INGENUO EM CONFIAR NAS PESSOAS .CONTEI PARA MINHA PARCEIRA ATUAL E ELA REAGIU POSITIVAMENTE , O QUE EXISTE ENTRE EU E ELA É MUITO FORTE , SEI QUE O AMOR ENTRE NÓS VAI SUPERAR TUDO , SÓ QUERIA LHE FAZER UMA PERGUNTA MEUS EXAMES DERAM IGG POSITIVO PARA HERPES SIMPLES 1 E 2 , E EU SINTO MAIS DESCONFORTO EM MINHA REGIÃO GENITAL COMO ESTAS PONTADAS CITADAS POR VC NO LIVRO E UMAS BOLINHAS TIPOS ESPINHAS QUE SAEM UMA OU DUAS EM MEDIA E A REGIÃO FICA GERALMENTE SENSÍVEL , CORÇA UM POUCO E A PELE FICA AVERMELHADA NA REGIÃO , COM UMA SENSAÇÃO DE QUEIMAÇÃO, BOM GOSTARIA DE SABER , ATÉ AGORA Ñ TIVE FERIDAS NA BOCA E NENHUM SINTOMAS ,ENTÃO PORQUE ACUSA HERPES LABIAL? POSSO AINDA TER ESSES SINTOMAS NA BOCA, OU ESTOU COM ELA EM FASE ASSINTOMÁTICA ? COMO FOI DIAGNOSTICADO SEU EXAME + PARA OS 2 TIPOS TBM IGUAL AO MEU, PODE ME RESPONDER ENVIADO PARA MEU EMAIL ? FICAREI MUITO GRATO POR ESTAS INFORMAÇÕES , PARABÉNS PELO BLOG , PELO LIVRO , DEUS LHE ABENÇOE , ABRAÇO!.

      • Oi Humberto,

        Primeiramente, fiquei contente em saber que vc contou e ela reagiu de forma positiva.
        Sobre a sua pergunta…
        Sim, vc pode ter os dois tipos de HSV. O tipo 1 na região labial e o tipo 2 na genital.
        Pode ser que tenha pego o tipo 1 a muito mais tempo (muitas pessoas pegam quando criança) e ele não seja recorrente em você.
        Já o tipo 2, por ser mais recente esteja reativando mais.
        Eu tenho o tipo 2 na região genital, mas não o tipo 1 na área labial.
        Abraço,
        Edu

  118. Pessoal, primeiramente agradeço a Edu pela iniciativa do blog e determinação em trazer informações. Já vasculhei pela internet e é difícil encontrar informações atualizadas e relatos de pessoas com o mesmo drama. Penso que o mais importante para quem possui o vírus é relato de pessoas que compartilham /compartilharam da mesma angustia.

    Eu imaginava não ter contraído isto. Isto vem ocorrendo há aproximadamente 7 anos e somente agora eu tenho notado ou tais aparições tem ocorrido somente agora. O que de fato tenho percebido durante 7 anos é que a textura no colo do meu pênis está mais fina e sensível o que tem ocasionado feridas por conta de fricções, pois só percebia dias após o ato sexual. No último dia 10/06/2013 percebi 6 bolhas bem pequenas e hoje, 28/06/2013, novamente em outra parte do prepúcio externo elas tentam se formar próximas a uma terminação nervosa [veia]. Eu nunca desenvolvi os sintomas que é comum nos relatos, além da estética elas não me incomodam, porém tenho sofrido pelo fator psicológico. Pode parecer descuido, mas o fato de não ter desenvolvido os sintomas, não fui remetido a isto. Um urologista certa fez me disse que eu tinha contraído bactérias e me receitou corticoide, contudo, hoje, eu tenho uma cronologia do supostamente que foi a 1º infecção, pois um dia após ter feito sexo oral fui parar na emergência do hospital com sintomas de uma suposta virose que desenvolver uma amidalite aguda, frebe, dores no corpo e etc..
    Já fui em dois urologista que foram categórico e disseram que é herpes, fui receitado por uma homeopata que me passou um tratamento com gotas durante 1 ano e disse que é possível não ter mais recidivas estou com um infectologista marcado para o dia 11/07, pois quero ter comprovação que possuo o vírus, para depois tentar algum tratamento.

    Quero trocar informações, conhecimentos, sugestões..
    willneto13@gmail.com

    • Oi Will,

      Opinião pessoal minha e espero que não ofenda ninguém, mas não acredito nem um pouco em Homeopatia.
      Tente as outras coisa sugeridas no blog que tenho certeza que você terá melhores resultados.
      Abraços,
      Edu

  119. E ai galera? Não vamos formar um grupo de auto-ajuda e troca de experiências não? Somente a Clara se manifestou nos e-mail´s que trocamos! Vamos lá pessoal! Vamos formar esse grupo! É em nosso benefício e juntos somos mais fortes!!! Reiterando meu e-mail: yago.texx@hotmail.com

  120. Uma pergunta a todos vocês:

    desde que pegaram herpes sentiram que a imunidade de vocês baixou? Isso é normal? Pergunto porque ando ficando mais doente ultimamente – gripes, infecções, etc.

    • Falando por mim… (Estou com herpes a 2 anos)… Não tenho certeza sobre isso, porém, acredito que não! Não existe estudos neste sentido…. E ai EDU? Vc sabe algo sobre isso?

  121. Pessoal, perdão pela demora! Meu e-mail para contato é yago.texx@hotmail.com Podem adicionar sem medo! Meu objetivo é ajudar, compartilhar experiências, ajudar e ser ajudado! Vamos manter contato e ver que nao estamos sozinhos nessa! Podemos encontrar força um no outro! JUNTOS SOMOS FORTES! Abraços! Espero vcs la!

    • Olá a todos! Comprei o livro e realmente é de muita ajuda. Ano passado estava com crises sucessivas (praticamente uma por semana… ou seja… mal terminava uma começava outra… uma tortura). Li o livro e resolvi tentar o tratamento supressivo. Deu certo; as crises diminuíram. consideravelmente. Iniciei em setembro/12 e só fui ter uma crise em janeiro/13 e depois só agora em junho, mas bem branda. Isso ja ajudou muito a auto estima. Porém ainda não consegui ter coragem para tentar uma nova relação depois que descobri ter herpes (já são quase dois anos). Como contar??? A impressão que se tem é que a primeira coisa que a pessoa irá pensar é em promiscuidade … não sei se algum dia vou ter vontade de ter um relacionamento íntimo com alguém. Parece meio drástico, mas é o que sinto… pelo menos é assim que ainda me sinto. Esse blog e o livro foram um alento… gostei da sugestão do Yago, trocar ideias e experiencias é sempre bom. Quem quiser fazer contado: clara-sou@hotmail.com

  122. Pessoal, Boa tarde. Que tal trocarmos msn com o objetivo de ter um ciclo de amigos com quem podemos dividir nossa situação (angustia, dicas, experiências, etc…)? Assim podemos sempre dar força e ajudar um ao outro. Quem topa? Obs. Nao precisamos expor nossa identidade, apenas conversarmos no msn de uma forma mais direta!

  123. Olá, Edu.
    Bom, também estou no grupo dos que têm essa doençazinha chata.
    Adquiri esse vírus há dois anos, aproximadamente. Desde então minha vida é recheada de dúvidas sempre que me envolvo sentimentalmente com alguém. No primeiro ano tive algumas crises, mas depois ficaram cada vez menos frequentes. Umas 2 por ano, talvez. No meu caso, sempre que se iniciam os primeiros sintomas, passo a pomadinha aciclovir e ela encerra aquele início de crise. Ela é minha aliada nessa jornada. É muito difícil para nós, portadores do vírus, lidarmos com o medo de contar a alguém o que há conosco. Creio que isso é o que mais ‘castiga’. Mas como em tudo na vida, se adquirimos isso, há um propósito para nosso crescimento. A escolha é sua, ou você se deixa vencer e decreta sua total falência diante da doença, tornando-a, assim, um gigante invencível, ou você se sobrepõe a esse fato e o encara como mais um desafio a ser vencido (mesmo que não haja cura). Dá pra conviver com herpes genital sem maiores problemas, até porque nosso caso seria bem mais difícil e drasticamente pior caso se em lugar da herpes tivéssemos adquirido HIV!
    Depois de compartilhado isso, Edu, só gostaria de desabafar algo e tirar umas dúvidas.
    Conheci uma pessoa super bacana… Acabamos tendo relações sexuais sem preservativo (eu sei, muitíssima arriscada minha atitude) e ele não sabe do meu quadro, não estava com crise no dia em que aconteceu, mas no dia seguinte me vieram bolhas! Em dois ginecologistas que eu fui, me foi afirmado categoricamente que o vírus não pode ser transmitido quando não há crises… A questão é que agora estou me mordendo e perdendo noites de sono de tanta culpa e medo de ter transmitido isso!!! Já fazem 14 dias da relação desprotegida (houve outra depois dessa, mas com preservativo), não estou mais ficando com essa pessoa e ele não me comunicou nada de anormal, e continuamos conversando normalmente. A minha grande e perturbadora dúvida é: posso ter transmitido sem que ele tenha apresentado sintomas? (Geralmente são 14 dias após a exposição ao vírus).
    Desculpe-me pelo grande texto. Estou simplesmente morta em vida, não estou conseguindo estudar e nem ficar em paz por conta do medo de ter feito isso com alguém tão especial! Estou muito angustiada e não quero contar a ele o que há comigo… no meu coração há aquela esperança de eu não ter transmitido nada e ele não precisar saber disso! Como é ruim essa situação, a culpa é gigantesca!
    Grande abraço, Edu.

    • Gostaria de comentar Priscila, porque tenho o vírus a mais ou menos 30 anos. Porém minhas crises com o tempo ficaram insignificantes, 1, 2 e até 3 anos para aparecer uma. Primeiramente o livro do Edu explica muito bem se vc deve contar ou não. Eu particularmente com o tempo aprendi a não ter medo do vírus, e conto para qualquer garota que se aproxima de mim, com segundas intenções, me sinto mais leve, me sinto mais forte. E atualmente moro com uma garota que está comigo a quase 1 ano, e ela ficou comigo, admirada da minha sinceridade, Ela “falou: vamos fazer amor, mesmo que seja necessário colocar até duas camisinhas.” Não tenha medo de contar… E segundo os comprimidos tem mais efeito, “crise demora mais de ocorrer” do que pomadinha , veja no livro do Edu. Boa sorte , e vamos vencer sem medo, este viruzinho de meia tigela. cayres.,

      • Gostei muito das suas palavras: ” viruzinho de meia tigela”…engraçado, mas me fez sentir mais forte!
        Abraços

    • Oi Patrícia,

      Na minha opinião, e também por que você não está mais com esse seu parceiro, acho que agora resta esperar e torcer para que não tenha transmitido.
      A transmissão assintomática (sem sintomas) pode ocorrer, mas a chance disso é bem pequena.
      Realmente muitos médicos parecem não saber dessa possibilidade de transmissão, mas ela já foi bem estudada e comprovada.
      Alguns talvez preferem “poupar” o paciente desta informação por causa do baixo risco, para até diminuir o abalo psicológico.
      Também, existem muitos relatos de pessoas que notam que tiveram uma crise logo em seguida de terem feito sexo, especialmente quando foi “bastante prolongado e com bastante fricção”, e surgiu uma hipótese de que o ato sexual pode ser um “gatilho” para ativar uma nova crise para alguns em certas circunstâncias. Talvez essa sua crise tenha se formado só depois.

      Gostei do que você escreveu: “Mas como em tudo na vida, se adquirimos isso, há um propósito para nosso crescimento.”
      Inclusive eu falo sobre algo parecido no meu livro.

      Abraços,
      Edu

  124. Edu meu amigo, Boa noite.

    Rapaz… Estou passando por momentos de stress em minha vida e, embora eu esteja fazendo o tratamento supressivo, estou tendo crises recorrentes! (2 em menos de 1 mês)

    E agora? Quando meu “momento de stress passar será que o espaçamento fica melhor”?

    Obs. Depois que contrai o Herpes aprendi a dar mais valor aos meus dias!! (Quando não estou em crise) Devemos viver o hoje de uma forma responsável e intensa! Aprender a ser forte é o segredo!!! Sejamos fortes!!! A vida continua!! Muitas pessoas têm problemas piores que os nossos e nem por isso se deixam derrotar!! FORÇA PESSOAL! TEMOS O DIREITO DE FICAR TRISTE UM OU DOIS DIAS DURANTE A CRISE, PORÉM, DEIXAR DE VIVER A VIDA E SER FELIZ JAMAIS.

    Quem desejar conversar por e-mail e trocar experiências é so avisar!

    • Realmente Yago,

      Esses dias eu fui tomar sopa em um restaurante com a minha esposa e meu filho. No final, quando eu estava pagando a conta no caixa, o funcionário do restaurante observou o meu filhinho correndo e fazendo “arte”. Eu fiquei meio sem jeito e já estava indo falar para ele parar de fazer bagunça, quando o funcionário disse:
      ” Pode deixar correr, brincar, aproveitar… eu também tenho um filho um pouco maior que o seu, tem 10 anos, e ele está com câncer no ouvido… ele está fazendo tratamento mas não contamos para ele…”
      Eu conversei um pouco mais com o homem e desejei tudo de melhor para o seu filho.
      Saí de lá pensando que são exemplos como esse que nos mostram como nossos problemas podem ser insignificantes quando comparados com outros.
      Depois dei um abraço tão forte no meu filho!

      Troço para que suas crises diminuam. O stress (principalmente emocional) como você sabe, é um fator muito influente para ativar novas crises. Espero que vc consiga sair dessa e estabilizar as recorrências.

      Abraço e bom FDS
      Edu

  125. Olá Edu!

    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo trabalho! É realmente muito importante saber que posso me sentir amparada com relação a essa doença, e que posso falar sem medo de qualquer julgamento.

    Bem, eu peguei herpes há aproximadamente 2 meses. A pessoa tinha herpes labial e não me contou; porém desconfio que ele também é portador de herpes genital, porque já estávamos há um tempo juntos e a doença só começou a se manisfestar em mim exatamente 7 dias depois de uma relação sexual sem preservativo. Na época eu estava com a imunidade baixa – tinha tomado antibióticos por conta de uma infecção de garganta – e tive uma contaminação completamente ASSINTOMÁTICA. Só depois fui saber que a herpes nele era recorrente.

    Realmente eu assumo minha parte de responsabilidade com relação ao contágio, mas sei que grande parte também é dele, porque eu só aceitei tirar a camisinha aquela vez porque ele tinha me dito que não tinha nada. No início foi um choque muito grande, a primeira manifestação foi muito dolorosa e veio com dias de febre alta. Porém acho que a maior dor vem do fato de eu não ser de forma alguma uma pessoa promíscua, e agora ser portadora de uma doença que carrega tanto estigma por parte da sociedade. Ah sim, também vem do fato dele ter me revelado só depois do contágio, e ainda ter me dito que a doença era uma bobagem… Ver hoje o depoimento de tantas pessoas que possuem a herpes e se sentem mal com ela me dá um sensação muito grande de apoio, e me faz ver que não estou sozinha.

    Ainda não tive relações sexuais com outras pessoas desde então. Mas sei da carga de responsabilidade que tenho agora, e com certeza avisarei ao meu próximo ou próximos parceiros sexuais. E se puder dar um conselho aos que também possuem a doença, seria: por favor, CONTEM. E o mais rápido que puderem. Os parceiros de vocês possuem o direito de escolher se querem arcar com o risco da contaminação. Eu não tive essa escolha. Muitas mulheres podem ter a doença sem saber; e em alguns casos, passar a seus filhos durante o parto, o que acarreta uma herpes neonatal de consequências graves. Há, mesmo que em pequena escala, a possibilidade de uma CONTAMINAÇÃO ASSINTOMÁTICA como a que eu tive. Por isso peço esse tipo de compromisso por parte de todos.

    Ah! Comprarei o seu livro, e depois que lê-lo volto aqui para dar meu feedback 🙂
    Beijos!

    • Oi Camila,

      Realmente. Ao contrário do que muitos sem informação pensam, ter essa nossa doença não quer dizer que a pessoa seja promíscua, de maneira nenhuma. Eu mesmo peguei isso da minha primeira namorada a muitos anos atrás. Claro que uma pessoa que é promíscua tem mais chances de pegar, porém isso não significa que todos são!
      Foi uma tremenda falta de sorte você ter pego justamente na primeira vez que tinha resolvido tirar o preservativo. E também não foi nada correto o seu parceiro não ter te contado antes. O risco de transmissão assintomática é baixo, mas realmente acontece. Pode ser também que ele estivesse bem no início de uma crise.
      Mas não gostei nada de ele ter te dito que essa doença era uma bobagem! Tudo bem, não é o fim do mundo, mas o cara tentar se justificar desta maneira é ridículo. Ele deveria ter sido mais homem e te falado a verdade antes.
      Desculpe, mas tem algumas coisa que me deixam bem irritado.
      Contar ao parceiro causa um grande transtorno emocional e algumas pessoas tem muito medo da reação do parceiro, e não contam. Justamente por isso, um dos capítulos do meu livro é sobre como contar.

      Obrigado pelo seu comentário e espero que o meu livro te ajude de alguma forma.
      Abraços,
      Edu

  126. Edu nenhuma novidade da vacina ou dos novos remédios de fora não, a gente tem que se esperançar só nas nossas pesquisas na net mesmo, porque se a gente for esperar que os políticos corram atrás pra gente , a gente ta frito, esses ba só olha o lado que da mais dinheiro pra eles

    • Pois é Ricardo, agente tem que se virar com o que tem disponível por enquanto.
      Infelizmente a burocracia e os interesses financeiros podem estar falando mais alto no
      que se refere ao surgimento de uma cura definitiva.
      Veja o caso do Profetal… não apareceu mais nada sobre ele.

      Abraços,
      Edu

  127. Bom dia Edu,
    Estou tendo crises direto. (duas em menos de um mês) Não sei o que fazer! Já fui em 4 ginecologistas aqui na minha cidade, mas elas parecem não ter conhecimento no assunto, não propõem alternativas, apenas tomar remédio em início de crise. O que posso fazer?

    • Oi Ana,

      Acabei de responder um e-mail com uma pergunta muito parecida com a sua e a resposta segue abaixo:

      “Se você está tendo crises frequentes, o tratamento convencional que você deve tentar, é com antivirais (aciclovir por exemplo) tomados supressivamente (todos os dias).
      Talvez você esteja passando por uma fase de baixa imunidade do seu organismo.?
      O que eu posso te dizer para você tentar fazer já, e que afeta bastante na reativação do vírus e vai ajudar o tratamento acima, é o seguinte:

      – controle o seu estado emocional. ( eu sei que pode ser meio difícil mas se tem uma coisa que realmente afeta na ativação do vírus são as emoções negativas fortes)
      – nos próximos dias tente comer uma alimentação bem saudável.
      – Vitamina C . 3x na semana (ou um suplemento vitamínico).
      – Evite álcool e cigarro.
      – procure dormir bem e suficiente.

      Sobre os médicos… tente mudar de especialista… consulte um dermatologista ou um infectologista,
      espero que possam te atender melhor.
      Isso é importante pois o médico poderá analisar seu caso específico.

      Aproveito para te indicar o meu livro, pois tenho certeza que iria te ajudar bastante.

      Abraços,
      Edu

  128. Olá Edu, tenho herpes a 2 anos e 7 meses, porem até hoje sofro muito com isso. Nunca tive relação com outra pessoa a não ser meu ex namorado, o qual me transmitiu a doença. Sofro muito com isso, todo mundo me diz que sou bonita, que sou “menina de família” e não entendem porque não consigo arranjar outro namorado. Poxa, dói muito saber que não adianta ter qualidades diante de uma “praga” como essa, sabe? Venho pesquisando durante esses anos e sempre vejo as pessoas dizendo que tem varias crises e que sentem muita dor, só que eu não tenho crise alguma!! Tive a primeira, que foi muito forte e mais algumas bem fraquinhas quando tinha relação com esse meu ex, mas fora isso, nunca tive as tais crises fortes e recorrentes. Enfim, contei um pouco da minha história para chegar até o x da questão: entre essas pesquisas achei algo sobre “tratamento supressivo”. Era um depoimento de uma garota de 20 anos, contaminada pelo vírus, que dizia ter encontrado a solução para essa tristeza! Ela contava no depoimento que iniciou o tratamento supressivo e depois de um tempo teve relações sem camisinha com outra pessoa e NÃO TRANSMITIU a doença para ele. Isso é possível???? Por favor, Edu, responde minha pergunta!!! Se ela for verdade, sei que ela vai aliviar o coração de muita gente!!! Obrigada e força galera!

    • Oi Mila,

      Lendo seu post, a primeira coisa que me veio no pensamento é que você não deve deixar de viver a sua vida por causa deste vírus. Eu mesmo já fiz isso e me isolei de outros relacionamentos por um tempo, na época que descobri que tinha pego herpes genital. No começo agente costuma dar muito poder a este vírus e deixar ele controlar a nossa vida, mas eu garanto a você que isso não é o fim do mundo e é perfeitamente possível levar uma vida normal. Mas é claro que tem que existir algumas adaptações por nossa parte e agir com responsabilidade sempre,
      Sobre a sua pergunta…. o tratamento supressivo geralmente é mais recomendado para quem tem crises frequentes. Porém já foi comprovado também que se você tomar antivirais supressivamente (todos os dias) o risco de transmissão pode ser reduzido em 50% .
      Quando o vírus está em estado latente ele não se transmite. Ponto.
      O problema é que nem sempre é possível dizer com certeza quando ele está assim, pois existe uma baixa possibilidade de ele estar presente na pele mesmo sem apresentar sintomas, e é justamente isso que pode levar a uma transmissão assintomática (sem sintomas).
      Acho que vou fazer um post explicando melhor sobre isso, pois muitos me perguntam algo parecido sempre.
      Acho que o meu livro iria te ajudar bastante a tirar as dúvidas e inclusive também sobre a parte psicológica e emocional de lidar com este vírus.
      Abraços,
      Edu

    • Bom Se Vooc Leu Tudo Sobre Enax Ele Fortelece os seus combatente para herpes nao volta bom meu amigo como eu disse acima enax me ajudor e como eu sou espiritimos me ajudor tambem bom quero comtinuar assim bom comigo deu certo se nao deu com vc ai nao sei se nao fuciona eu quero pensa que fuciona sim e que os santos me ajuda acima dos santos deus tambem ate agora minha herpes nao atacor com tinua assim

  129. ESTOU AQUI MAUS UMA VEZ EDU TO AQUI VOLTANDO SEU SITE TOMEI CAIXA ENAX NO COMEÇO EU PENSEI QUEM NAO ADIANTOR MAIS TEMPO FOI PASSANDO COM AJUDA OUTRAS PESSOUAS FORÇAS MAIORES QUANDO EU FAZIA SEXO MINHA ESPOSA APARECIA MUITAS BOLINHA MEU PENES NO OUTRO DIA MAUS AGORA NAO APARECE MAIS ESSE FOI METUDO QUE EU USSEI TOMEI ENAX MINHA FAMILHA TODA SOMOS ESPIRITO MINHA MAE TRABALHAR COM SANTOS UM DELES QUE EU NAO VO CITAR NOME ME CHAMO BAINHEIRO E JOGO UM DAS BEBINAS QUE ELE BEBE E DISSE UMAS PALAVRAS UMAS LINGUAGEM ESTRANHAS BOM E MEPREGUNTO SE EU TINHA FE BOM EU TENHO MUITO FE PASSA TEMPO PENSEI QUE NAO TINHA ACONTECIDO NADA MAIS AGORA TENHO RELAÇAO COM MIN HA ESPOSA NAO APARECE MAIS QUELAS BOLINHAS IGUAL AINDAMENTE ELAS NAO APARECEM MAIS O ENAX ME AJUDOR E O SANTO ME AJUDOR TAMBEM BOM ESSE FOI MEU METUDO EM BREVE VOLTO PARA RELATAR COMO VAI MEUS METUDOS OKS ABRAÇO TODOS

  130. Fala Edu, tudo bem meu amigo?

    Desde o final de fevereiro iniciei o meu tratamento supressivo com aciclovir e l-lisina. Eu vinha tendo crises de 7 em 7 dias e os eram constantes os sintomas assintomáticos (uretrite, sensibilidade nas coxas etc.).

    Acontece que desde o inicio do tratamento passei a nao sentir mais a uretrite, a sensibilidade…. Tive uma crise levíssima depois de 52 dias do início do tratamento. Porém, vc ja tinha me alertado sobre isso!

    Estou me sentindo muito bem cara, GRAÇAS A DEUS! Estou tendo uma vida normal novamente e passei a pensar no Herpes diariamente.

    Assim como vc acho que minha probabilidade de transmissao assintomática é baixa! Estou a mais de um ano namorando, tenho relações sem camisinha fora dos períodos de crises (pois existe aquela velha possibilidade que tanto falam ne da transmissao fora das crises) e minha namorada nao teve contato com o vírus. Fez exame semana passada e está tudo certo com ela graças a DEUS! Mais eu aprendi a conhecer meu corpo! Qualquer sinal de herpes eu nao transo com ela, nem mesmo com camisinha! No meu caso os sinais sao: uretrite, sensibilidade nas coxas e aquela irritação de leve.

    Estou melhorando e vc me ajudou bastante com suas dicas e depoimentos!!!

    Obrigado!!!

  131. Oi Eduardo,

    Estou louca para ler o seu livro. Descobri essa semana que estou com o vírus e fiquei muito triste. Gostaria de saber se os meios de contaminação são somente por contato sexual ou também com uso de objetos de uso pessoal e banheiros públicos. Por que, como estou na primeira crise e meu namorado nunca teve nenhum dos sintomas da herpes, ainda estou um pouco confusa de como contraí esse vírus.

    Seu trabalho é excelente!!

    • olá Maria,

      A transmissão é por contato sexual. Você não pega herpes genital em banheiros públicos.
      Com objetos… só se for com brinquedos sexuais compartilhados.
      Olhe.. seu namorado pode ter herpes genital sem saber, ou ele sabia mas não te contou (muitas pessoas ficam com um medo terrível de contar),
      ou você pode ter se contaminado em uma relação anterior e o vírus só se manifestou agora.
      Se você está tendo uma forte primeira infecção, então é mais provável que a contaminação tenha sido recente pois
      você ainda está com os anticorpos sendo estabelecidos.
      É possível também pegar herpes genital através do sexo oral, quando o parceiro que está fazendo tem herpes na boca.
      Seja como for, essa doença realmente causa muita confusão para algumas pessoas.
      Espero que goste do livro…
      E aguente firme aí… com o tempo você vai ver que isso não é o fim do mundo.
      Pelo contrário… agente tem que ajustar e se adaptar a algumas coisas mas dá para superar sim.
      Abraços
      Edu

  132. Boua Noite edu queria saber qual sao os melhores remedio para herpes pq minha herpes sempre ataca meu penes sera ela sempre vai atacar so mesmo lugar eu ja tomei enax nada estol mesmo caminha que helder quando faso amo minha esposa aparecer muitas bolinhas vermelhas no meu penes tambem fiko com raxaduras no penes oque eu fasso ajuda eu porfavor eu nao sei oque fazer

    • Se você está tendo crises muito frequentes, um dos caminhos é tomar antiviral (aciclovir) de forma supressiva, ou seja, todos os dias.
      Mas você deve fazer uma consulta com um médico para ele analisar o seu caso específico… esse é o primeiro passo.
      Att,
      Edu

    • Oi Helder,
      O tratamento convencional para herpes genital é feito com antivirais.
      Mas tem muitas outras coisas que dá para fazer tanto para diminuir as crises como para evitar a transmissão.
      Tente se acalmar… herpes não é o fim do mundo. Eu sei bem como é assustador no início, mas com o tempo você vai ver como dá para superar sim.
      A primeira coisa que recomendo é que você vá novamente ao médico e esclareça a situação.
      Você precisa ter certeza do diagnóstico e o seu médico poderá passar um tratamento com antivirais se achar necessário.
      Também acho que você deveria comprar o meu livro. Tem muita informação lá que vai te ajudar e que você precisa saber.
      Abraços,
      Edu

      • noss obg edu mais eu nao tenho cartao internacional nao usso cartao como fasso para compra seu livro em eu sou rio de janeiro

      • Oi Helder,

        Você pode comprar o meu livro pelo PagSeguro com boleto bancário, cartão de crédito ou TED (transferência eletrônica de fundos).
        Ou pode comprar pelo PayPal com cartão de crédito.

        Pelo Pagseguro eu envio o livro por e-mail assim que eles me comunicam sobre o pagamento.
        Pelo PayPal o download é imediato no final da transação.

        Abraços,
        Edu

      • Eu Tomei EnaX Uma Caixa Toda Vez Eu Fasso Relaçao Sexual Com Minha Namorada As Bolinha No Outro Dia Reaparecem Ai Fika Ficil Edu Me Responder Vooc Tem Herpes Genital No Me Diz Sua Herpes Quando Ela Vem Ela Ataca Na Seus Testiculos do penes?

  133. Oi edu preciso sua ajuda tenho herpe genital toda vez eu eu fasso sexo minha esposa aparecer umas bolinhas vermelhas no meu penes oque eu fasso nao sei oque fazer fui orologista ele nao me conto eu tinha herpes genital eu fui pesquisando sobre doença e os carateristicas batero igual nao sei oque fazer nao tenho nem mais vantade de vive fico inventado descupa minha namorada falando to passando mal ate bolinha sumirem eas raxaduras irem em bora nao sei oque fazer me ajuda montem fazebook para ajudar pessoal que tem mesmo poblema imeio ta ai oque eu fasso obg aguardo vc

  134. Olá amigos!

    Descobri que tenho herpes há cerca de 8 meses.
    Sou casada,32 anos, 2 filhas.
    Fui fazer minha prevenção e constou uma suspeita de HPV, meu mundo caiu, pensei q tivesse sido traída, caí em depressão.
    Fiz uma endolcospia onde é possível visualizar o colo do útero.
    Resultado: Eu NÃO tinha HPV, porém, em função do stress emocional tinha uma herpes.no colo do útero.
    Na hora que a genecologista me falou fiquei extremamente triste, chorei, chorei, chorei…
    Antes de casar namorei algumas vezes sem camisinha, mais não foram muitas vezes, penso q posso ter contraído nesta época e só apareceu depois de anos.
    Depois da descoberta fiquei com stress emocional muito forte, por meses e isso favoreceu q eu tivesse mais crises, até uma íngua na virilha surgiu., doenças oportunistas tbm surgiram nessa época.
    Durou 5 meses o meu stress.
    Resolvi me acalmar e hoje quando tenho recidivas são brandas. No máximo uma fissura na vagina que arde só no primeiro dia e depois nem doi mais.
    Mais sempre q tenho fico muito deprimida. Meu marido não tem nenhum sintoma.
    Edu é possível e ter pegado esse virus antes de ter casado e só agora se manifetar?
    O que eu percebo é q o stress emocional negativo está diretamente ligada ao herpes.

    Obrigada.
    Abraços

    • Oi Lorena,

      Você levantou dois assuntos muito importantes!

      O primeiro assunto… SIM, você pode ter pego antes o vírus e ele ter se manifestado somente agora.
      Inclusive isso é muito comum. Muitas pessoas têm herpes e não sabem. Talvez a primeira crise tenha sido
      muito fraca e confundida com outra coisa, talvez o vírus nem tenha se manifestado no primeiro momento e
      somente agora, por algum fator ele tenha saído do estado latente e reativado.
      A ciência ainda não tem conhecimento suficiente sobre o que leva exatamente à reativação do vírus.
      Somente alguns fatores foram identificados, entre eles: menstruação, luz do sol, outra doença presente, sexo prolongado, alguns alimentos…

      O que leva ao segundo assunto…Fortes Emoções Negativas (stress emocional prolongado) realmente também é um dos fatores que podem fazer o vírus se manifestar,na minha opinião é um dos principais. O nosso estado emocional afeta muito o nosso organismo, não só no caso da herpes genital, mas em muitas outras doenças também.
      Eu falo sobre isso no meu livro. Quando alguém descobre que tem herpes genital, a primeira coisa que acontece na maioria dos casos é um grande abalo emocional. Isso é normal até certo ponto, mas acaba até piorando a situação. E ás vezes pode até causar um ciclo vicioso do tipo :
      crise > sofrimento emocional > crise > sofrimento emocional …
      por isso uma das primeiras coisas é tentar colocar os pensamentos em ordem, consequentemente as emoções também.

      Espero que você esteja melhor,
      Obrigado pelo comentário,
      Att,
      Edu

  135. Edu, Bom dia.

    Iniciei um tratamento supressivo com aciclovir e L-lisina. Estou tomando 400mg de aciclovir e 500mg de L-lisina por dia! Até agora nada de crises nem prodomes.

    Lembro-me que vc disse que durante um momento de sua vida tomou o aciclovir supressivamente por mais de 7 anos correto? Sendo assim, pode esclarecer as seguintes dúvidas:

    1)Durante esse tempo vc dava uma pausa no uso do medicamento?
    2)De quanto em quanto tempo era a duração desses intervalos?
    3) Tomou o aciclovir durante 7 anos e não sentiu nem um efeito colateral?
    4)Quando parou de tomar simplesmente suas crises ficaram menos intensas e mais espaçadas?

    Abraço.

    • Oi Yago,

      Se não me engano, fiz somente duas pausas. Uma de 6 meses e outra para ver quanto tempo levaria para aparecer uma nova crise.
      Nunca tive nenhum problema com o aciclovir. Na minha opinião é bem seguro, a não ser que a pessoa tenha algum problema pré-existente ou reação ao medicamento. Por isso é preciso acompanhamento médico para cada caso específico.
      Realmente eu notei uma grande diminuição nas minhas crises nos últimos anos.
      Mas não dá para dizer que isso tem algo a ver com o tratamento supressivo prolongado ou o fim dele.
      Acredito que seja mais provável por eu ter o vírus a muito tempo… e espero sinceramente que continue assim! 🙂

      abraços,
      Edu

      • Tbm espero meu amigo! Notei uma melhora significativa com o tratamento supressivo! Espero que com o passar dos anos eu possa suspender e nao ter crises frequentes!

        Abraço meu amigo!!!

  136. gostaria de saber qual o medico indicado para me passar um tratamento mais eficaz, se um urologista ou um infectologista, pois tou tendo crises semanais mesmo tomando vitaminas como lavitan e por ultimo tomei o penvir as crises são leves mais toda semana vem…gostaria que vc Edu m desse ai alguma dica,ficarei agradecido. abraço.

  137. Tenho 21 anos e também fui infectada com o vírus da herpes. Já estou a 6 dias com os sintomas da primeira crise. Não consigo aceitar que minha vida se agora em diante vai ser diferente, parece que tudo já mudou pra mim. Estou desesperada, não sei como essa doença vai se manifestar no meu organismo. Não sei o que fazer, é desesperador saber que vc está contaminado com isso.
    Estou tomando antiviral para esta crise mais já marquei médico para procurar me tratar e não vir a ter crises novamente. É possível viver sem ter crises frequentes?
    Só penso em como será minha vida daqui pra frente.

    • Oi Bruna,

      Sinto muito por você também ter se infectado.
      Eu peguei herpes genital com a mesma idade que você. Hoje estou com 39 anos.
      No começo é muito difícil de aceitar mesmo. Eu também passei pelo que você está passando.
      Mas pode saber que dá para superar isso sim e levar uma vida normal.
      Claro que tem que se adaptar a algumas coisas, mas no mais você assim que agente começa a
      aprender mais sobre isso as coisas começam a melhorar.
      Não é por nada, mas tenho certeza que o meu livro iria te ajudar muito neste início.
      Qualquer coisa dê uma olhada no meu site:
      http://www.dosustoaosucesso.com

      É possível diminuir bastante as crises sim.
      Como você está na sua primeira crise, vai precisar esperar um tempo para ver como
      o vírus vai se manifestar no seu organismo.
      Em algumas pessoas o vírus só se manifesta na primeira crise.
      Quem sabe você pode estar no grupo dos que não tem crises frequentes?

      Espero que você fique bem.
      E se precisar conversar estou por aqui.
      Abraços,
      Edu

    • Calma Bruna! A vida continua! A dor é inevitável, porém, o sofrimento é opcional! Se precisar de ajuda, alguém pra conversar, deixe seu e-mail!

      Fique firme! Vc é maior que isso! E o Herpes não é um bixo de 7 cabeças não!! Tem como amenizar as consequencias!

      E-mail pra contato: cowboy_rider.82@hotmail.com

  138. Pessoal, acho que vale a pena olharem esse site. Fala de um produto para a herpes e relata também os testemunhos de quem as usou. Acho que com essa nossa situação desconfortável com esse vírus vale tentar de tudo. É um produto americano,e os testemunhos dizem quem quem usou eliminou o vírus. Dê uma conferida. Sorte a todos a tao sonhada cura.
    http://www.resolveherpes.com/

  139. Edu, Boa tarde. Como vai? Espero que esteja tudo bem!
    Deixe-me tirar uma dúvida com vc! Seu tratamento supressivo foi com o aciclovir correto? Quantos miligramas vc tomava diariamente?
    Vou começar um tratamento supressivo! Ta complicado…. Estou tendo crises de 7 em 7 dias! Assim é osso duro de roer, pois, embora as crises sejam brandas… mesmo assim desestrutura qualquer psicológico!! Meu médico prescreveu 400mg por dia!! Vou tomar durante um tempo e analisar!!
    Ajuda-me ai com suas experiências!

    • Oi Yago,
      Se não me engano eu comecei tomando 200mg 3x ao dia, depois eu reduzi como conto no livro.
      Tenho certeza de que você vai ter bons resultados.
      Mas não esqueça de aliar as coisas que ajudam e que falei n o livro.
      E também não desista se logo em seguida que você começar a tomar aparecer uma crise.
      Isso aconteceu comigo.
      Tem que insistir por um tempo.

      Abraços,
      Edu

      • Valeu meu amigo!!! Vou inciar o tratamento supressivo amanhã!!! Tomarei durante 6 meses e analisarei as melhoras!!!

        Abraço!!

  140. Oi Yago,

    É que eu ainda estou com duas caixas de Herpesil de reserva e como não estou mais no tratamento supressivo acho que vai longe para acabar.
    Mas assim que eu tiver um tempo eu vou parar numa farmácia de manipulação para ver o preço.
    Aqui em Curitiba o aciclovir mais barato que eu encontro normalmente é o Herpesil.
    Costuma ser mais barato até que o genérico.

    Verdade o que você falou. Olha que apesar de eu ter escrito um livro sobre herpes genital, mesmo assim eu não sabia era possível fazer o aciclovir em farmácias de manipulação.
    Acho que isso me escapou… valeu pela dica.
    Abraços,
    Edu

      • Oi Neto,
        Na verdade eu tenho o e-mail de todo mundo aqui, mas por motivo de privacidade não posso enviar.
        Porém acredito que se você for em uma farmácia de manipulação na sua região, é bem provável que façam.
        Mas na minha opinião, ainda acho que no caso do aciclovir o ideal é comprar o que não é manipulado.
        Abraços
        Eduardo Rosadarco

  141. Edu, Bom dia.

    E ai verificou por quanto sai o manipulado do ACICLOVIR ai? Aqui onde moro, Fortaleza/CE, consegui 60 comp. de 400 mg por R$ 72,00. Vale ressaltar que esse medicamento na farmácia custa R$ 95,00, caixa com 30 comp. de 400 mg. Diferença de preço de mais de 50% se compararmos preço e quantidade do medicamento! Pra mim foi uma boa, pois, estou pensando em entrar no tratamento supressivo (conversarei com meu médico amanhã sobre isso).

    O manipulado de L-Lisina 500 mg está por R$ 27,00, 60 comprimidos! E por ai quanto está?

    Sabe o que me deixa mais triste com isso? A mais de 10 anos que o ACICLOVIR caiu em domínio público, podendo ser explorada por qualquer pessoa, independentemente de licença e, VIA DE REGRA, nenhum médico informa aos pacientes que existe uma possibilidade de tratamento bem mais em conta! Por que será heim? Rs Rs Será que dinheiro é mais importante que a saúde pública?

    • Olá Yago, tbm moro em Fortaleza..vc pode me dzr em que farmácia vc conseguiu nesse preço? precisou de receita médica? contraí o vírus essa semana e estou naquela fase difícil de aceitação..;// quero iniciar o tratamento supressivo assim que der.. e todos os que tiverem! ;x

  142. Edu, Boa tarde.

    Beleza meu amigo? Pode me ajudar mais uma vez? Tenho duas perguntas:

    1) Quando vc fez uso do tratamento supressivo, durante quanto tempo tomou medicação? Teve grandes melhoras?

    2) Quando suspendeu o tratamento supressivo o que aconteceu? Suas crises diminuíram consideravelmente (se puder estipular um espaço temporal seria bom) ou sentiu que o vírus ficou mais forte?

    Fico no aguardo!!

    Abs

    • Oi Yago,

      1) Eu tomei por bastante tempo, mais de 7 anos com certeza.
      Sim , tive uma grande melhora na diminuição de crises, mas aliei todas aquela outras coisas que já comentamos junto também.
      De vez em quando eu fazia intervalos de alguns meses para ver como o vírus iria reagir. Mais para o final, eu fui reduzindo a dose com bons resultados, como explico no livro. Hoje em dia não estou mais no tratamento supressivo pois por alguma razão a reativação das minhas crises diminuíram muito. Tomo somente quando sinto alguma prodrome.
      2) No começo o vírus reativava voltava logo, mas costumava variar, por isso resolvi tomar sem interrupção por um tempo mais longo.
      Não, o vírus não vai ficar mais forte.

      O que eu posso dizer é que para mim, na época em que eu estava com crises bem frequentes, ele ajudou bastante.

  143. Edu, Bom dia.

    Pesquisando verifiquei uma informação que não é do conhecimento de todos.

    Aciclovir pode ser manipulado e o preço pode ser de até 50% menor que nas farmácias.

    “É o antiviral mais antigo e mais usado até hoje. O aciclovir é vendido sob o nome de Zovirax, mas também é vendido na forma genérica e pode, ainda, ser manipulado em farmácias de manipulação mediante receita médica. O aciclovir está disponível desde 1982 na forma de pomada e desde 1985 na forma de pílula. O aciclovir não mostrou perigo de saúde para as pessoas que tomaram diariamente por um período de até 10 anos. ”

    Para os que precisam de tratamento supressivo é uma grande ajuda!!

    Abraços.

  144. Edu, primeiramente eu queria agradecer a você pelo blog ! Meus parabéns !
    Meu nome é Victor,tenho 24 anos faz 6 meses que contraí esta doença. Sou solteiro, e pretendo ser até conseguir controlar essa maldita doença !
    Como de costume as primeiras crises foram mais graves, minha maior angustia são as recidivas que são muito frequentes, 15 em 15 dias ! Percebi uma grande melhora nas feridas elas veem cada vez menores. Eu consigo sentir a doença vindo e ja começo a medicação,por isso controla as feridas mais não contrla as reicidivas, ja tomei Valtrex,Penvir 125, penvir 500, Enax, L-lisina, equinacea manipulado, VitC e nada !

    Eu sou um cara saudável, de academia, alimentação a base de bastante proteinas, porém bebo bastante bebida alcoólica aos fins de semana !
    To querendo saber qual meu próximo passo.
    Pensei em fazer a supressão com o aciclovir, minha dúvida são as dosagens e por quanto tempo eu devo tomar.

    No tratamento de supressão pode consumir bebida alcoolica? Com minhas pesquisas vi que o aciclovir sobrecarrega os rins, com minha dieta a base de proteinas (que também sobrecarrega os rins) e mais as bebidas alcoolicas não seria um problema? Teria que cortar o alcool? ou apenas controla-lo?

    As recidivas diminuem com o passar do tempo? Quando começou a reduzir em você?

    Outra coisa bastante importante…
    ja ouviu falar no MMS (miracle mineral supplement) ??
    Vi vários comentários a favor desse medicamento, dizem que ele não cura a doença mais encuba ela, “desliga”.
    dê uma olha nesse blog (nos comentários) os últimos comentários são depoimentos positivos de pessoas que usaram o MMS.
    http://curadaherpes.blogspot.com.br/2010/09/enax-equinacea-purpurea.html

    esse site fala a respeito da medicação
    http://amigosdacura.ning.com/profiles/blogs/mms-desmistificado-nada-de

    Como ja usei tantas coisas, não vou morrer tomando isso, será que vale a pena tentar?
    Obrigado !
    Aguardo sua resposta

    Victor

    • Calma nessa hora grande Victor!! Com o tempo seu quadro melhora!! Seu organismo ainda está se adaptando! Evite bebida alcoólica, tenha um sono regrado, pratique atividades físicas, evite stress, alimentos ricos em arginina e pobres em L-Lisina, tenha uma suplementação de vitaminas e vitamina C (procure um médico antes) e, se com o passar do tempo às reincididas não diminuírem, seria bom procurar um médico e questionar sobre a possibilidade de um tratamento supressivo.

      Obs. Como vc tem pouco tempo com o vírus é normal o número de crises serem maiores.
      Obs. 2. A reativação do vírus está diretamente ligada a: bebida alcoólica em excesso, stress, sono não regrado (poucas horas por dia), alimentação não saudável (procure alimentar-se com muitas frutas, verduras…), alimentação rica em ARGININA e pobre em L-Lisina, cigarro, baixa imunidade, etc…. Sendo assim, procure sempre manter seu sistema imunológico em alta e tenha bons hábitos).
      Obs. 3. Essas dicas que estou lhe dando são por experiência própria e de pesquisas que realizei, inclusive aqui neste BLOG. Desta forma, procure orientação médica tbm.
      Obs. 4. Durante as crises evite sexo, inclusive com camisinha!
      Obs.5. Cuidado quando for realizar a limpeza do local, pois o vírus pode ser transmitido para outros locais (boca, olhos…). Sendo assim, sempre lave as mãos.
      Obs. 6. O ACICLOVIR pode ser manipulado, baratiando o custo! Veja com seu médico.
      Obs.7. EVITE fazer uso de medicamentos de forma indiscriminada! Muitos desses tratamentos milagrosos por ai são UNICAMENTE para ludibriar pessoas desesperadas!! PROCURE UM MÉDICO, SIGA AS ORIENTAÇÕES DO PROFISSIONAL, MUDE SEUS HÁBITOS, TENHA O MÁXIMO DE INFORMAÇÃO POSSÍVEL SOBRE O HERPES (O LIVRO DO EDU AJUDA BASTANTE), E AGUARDE SEU ORGANISMO DESENVOLVER DEFESAS COM O TEMPO.

      No mais muita calma! Com o tempo vc aprende a lidar com isso!!!

      O EDU tem um livro sobre isso!!! Veja com ele….

      Espero ter ajudado!!! Qualquer coisa segue e-mail: cowboy_rider.82@hotmail.com

      • Oi Victor,
        Desculpe não comentar antes… é que eu estava em viajem.
        Mas o Yago já disse quase tudo acima.
        Esse Miracle Mineral Suplement já está por aí faz muito tempo.
        Nos fóruns internacionais não falam muito bem dele não.
        Na minha opinião fique longe disso.
        abraços,
        Edu

    • Sobre a L-lisina:

      ‘L-Lisina: Essencial para boa absorção de cálcio e para desenvolver a proteína muscular!

      • ajuda na produção de enzimas, hormônios e anticorpos
      • um importante componente para formação do colágeno
      • pode ajudar a função imunológica saudável
      • Importante para absorção adequada de cálcio
      • aminoácido essencial para o crescimento e recuperação dos tecidos

      O que é L-Lisina?

      L-Lisina é um dos nove aminoácidos essenciais. Isto significa que o corpo humano não pode produzir L-Lisina e este importante aminoácido deve ser obtido pela absorção alimentar. O corpo precisa para crescimento adequado e reparo dos tecidos. Como é tão importante para o crescimento, crianças precisam 3-4 mais Lisina do que os adultos. É um elemento fundamental para as proteínas e é importante para a produção de algumas enzimas, hormônios, anticorpos e colágeno. A lisina está envolvida na absorção of cálcio e, portanto, é importante à saúde dos ossos e dentes. A lisina, junto com a metionina, fornece as matérias primas para a síntese da carnitina, que promove a síntese de ácidos graxos em um nível celular.

      A lisina pode ser encontrada em alimentos como iogurte, peixe, queijo, levedura, germe de trigo, carne de porco e outras carnes.”

      Comente com o seu INFECTOLOGISTA e veja a opinião dele!

      Bola pra frente, FORÇA e CALMA!!!!

      Abs.

    • Por que você deve tomar L-Lisina?

      • Herpes e zóster: Existe um conjunto substancial de evidências que suporta a reivindicação de que a lisina pode ser benéfica para pessoas com herpes virus (HSV). Pesquisadores descobrirarm que HSV precisa da arginina para replicar; a lisina compete coma arginina pela absorção. Quando a lisina está presente, inibe o crescimento de HSV destruindo a arginina. Em um estudo de seis meses com mais de 50 pessoas, ficou concluído que suplemento de lisina foi muito mais eficaz do que placebo na prevenção de aftas causadas por HSV. Tomar suplemento de lisina também pode acelerar o tempo entre ataques.

  145. O vírus não vai criar resistência ao antiviral. Existem algumas cepas do vírus que possuem uma certa resistência, mas é raro. apenas 0,3% de todas as cepas do vírus em pessoas saudáveis são resistentes aos medicamentos disponíveis. (Danve-Szatanek et al. 2004)
    O aciclovir está sendo usado desde 1982, e desde aquela época se mostrou bem seguro. Não existem evidências de problemas nos rins e fígado associados com esta classe de drogas, e estudos não acharam nenhum perigo em tomá-los por um longo período de tempo. (Tyring, Baker, e Snowden 2002).

    Yago, tem mais detalhes sobre tratamentos com antivirais no meu livro,
    Mas sempre preciso dizer que é importante o acompanhamento médico.
    Abraços,
    Edu

  146. Edu, Boa tarde.

    Me tire uma dúvida!

    O tratamento contínuo com aciclovir pode deixar o vírus mais resistente? Qual o prazo seguro para uso ininterrupto desta medicação? Quais são às consequências para o paciente com a interrupção do tratamento?

    Abraço.

  147. Edu, Boa tarde.

    Obrigado pela sua ajuda e compartilhar seus conhecimentos!!

    Vc disse uma coisa que eu penso EXATAMENTE igual: “As dores que você sente antes da crise parecem ser as prodromes. Para mim , as vezes elas me incomodam até mais que a própria crise.”

    Sinceramente a crise pra mim não é problema porque elas aparecem e somem no máximo em 1 semana! Porém, as prodromes…. incomoda demais!

    Estou na luta! Vou comprar seu livro! Ler e modificar minha vida!!! Não vou deixar esse vírus ser maior do que todas as coisas belas do mundo!!

    Abraços!!!

    Estamos juntos nessa luta!

  148. Oi Yago,

    Você pode comprar o livro pelo meu site:
    http://www.dosustoaosucesso.com
    Tenho certeza que você vai achar bem interessante e inclusive vai ver que acontecem muitas coisas similares para quem tem este vírus.
    As dores que você sente antes da crise parecem ser as prodromes. Para mim , as vezes elas me incomodam até mais que a própria crise. Pelo menos as prodromes servem para alertar quando uma crise está para aparece e assim dá para tomar mais cuidado na transmissão.
    Mesmo assim é bom você verificar com o médico se essas dores são isso mesmo.
    Realmente o tratamento com aciclovir é meio caro, mas eu dou uma dica no livro (que funcionou para mim): eu diminuí a dose para somente 200mg diariamente e tive bons resultados para suprimir as crises na época em que eu estava tomando diariamente.
    A lisina você pode começar com pelo menos 1000mg por dia, a equinacea não tenho certeza da dosagem diária então peço que você verifique. A vitamina C é 3 vezes na semana e não ao dia… só para confirmar.
    Que bom que você tem alguém que te dá suporte!
    Mas não deixe a depressão entrar… aguente firme aí.
    Meu e-mail é: edu@dosustoaosucesso.com
    Abraços,
    Edu

  149. Edu, muito obrigado meu “irmão de batalha”!

    Compro o seu livro pela internet? Vou comprá-lo, ler com calma e traçar uma “estratégia” de guerra contra esse vírus maldito!

    Apesar de tentar esquecer, tocar a vida e tentar viver sem pensar nisso… Cada nova crise é um martírio! Uma derrota! Estou a 1 ANO pensando nisso todos os dias!!! Antes das crises sinto dor nos testículos, ardor ao urinar, dor na virilha… isso é normal da Herpes Genital?

    Tratamento com aciclovir todos os dias sai muito caro! Vou focar na atividade física, alimentação rica em lisina, vitamina C 3X ao dia! O manipulado de l-lisina 500mg e equinacea 200mg pode me ajudar? Devo tomá-lo por quanto tempo e de que forma?

    Apesar de 1 ano carregando essa CRUZ ainda não sei identificar os sintomas que antecedem essas crises! HOJE TENHO MEDO DO FUTURO! Depressão batendo! E é porque tenho namorada que me entende e apoia…

    Tem algum e-mail ou msn pra contato? É confortante falar com alguém que sente a mesma dor!

    Abraços e obrigado!

    Atc.

    Yago

  150. Olá, EDU.

    Tenho HERPES GENITAL a exatamente 1 ano! Tive duas grandes crises sendo: a primeira e uma agora no final do ano… Dezembro de 2012, exatamente quando eu estava completando 1 ano com o herpes. Durante esse primeiro ano tive crise de 2 em 2 meses, crises que duravam no máximo 1 semana. Sou sedentário e estou muito acima do meu peso! Em 2013 iniciei um tratamento com ENAX e spondias mombin. Pretendo praticar atividades fisicas e perder peso! Será que com isso tenho um numero de crise menor e em um espaço de tempo maior? Vc ja ouviu falar do ENAX e da Spondias Mombin? O que devo fazer para ter um numero de crises menor?

    • Olá Yago,

      O Enax é um remédio fitoterápico feito com a planta Echinacea purpurea.
      Já tinha ouvido falar sobre o uso da Echinacea como tratamento para herpes, porém não existe um estudo correto e controlado sobre isso, então recomendo cautela. Fale com seu médico antes de tomar qualquer remédio.
      O que agente vê por aí são comentários de muitas pessoas que disseram que funcionou, mas até que ponto agente pode confiar nisso? Será que muitos não podem ser produzidos por quem tem o interesse de vender o produto?
      Também não quero te desestimular de tentar algo diferente, acredito sim que algumas plantas possuem efeitos benéficos contra as doenças, só tenha cuidado no uso.
      Sobre o Spondias Mombin (cajá) nunca ouvi falar disso no uso para herpes.

      O que eu posso te dizer para você tentar fazer já e que afeta bastante na reativação do vírus é o seguinte:

      – já tentou um tratamento supressivo com antivirais? fale com seu médico.
      – controle o seu estado emocional. ( eu sei que pode ser meio difícil mas se tem uma coisa que realmente afeta na ativação do vírus são as emoções negativas fortes)
      – nos próximos meses tente comer uma alimentação bem saudável.
      – Vitamina C . 3x por semana (ou um suplemento vitamínico). Mas fale com seu médico antes.
      – Evite álcool e cigarro.
      – procure dormir bem.
      – Evite alimento com muita arginina em excesso (ex: semente, nozes , castanha, chocolate)
      – exercícios moderados.
      – na minha opinião a lisina pode ajudar.

      Como eu comento no meu livro, na minha opinião, o melhor caminho para diminuir as reativações é a combinação de diversos fatores que quando feitos juntos tendem a ter um efeito benéfico acumulativo para a saúde em geral.
      Você também pode tentar identificar algum fator que seja um “gatilho” para a reativação do vírus no seu organismo.
      Abraços,
      Edu

      • Obrigado pelas orientações! O fato de ser sedentário e estar acima do peso 50kg pode influenciar nas reativções? Devo ficar no peso normal e ter atividade física diariamente?

      • Oi Yago,

        Sim, pelo que eu pesquisei, a obesidade é considerada um stress para o organismo e pode baixar a sua imunidade, assim como o sedentarismo também é prejudicial.
        Se você está muito acima do peso ideal, é melhor você começar devagar. Procure falar com um profissional de educação física ou um personal trainer para ele fazer um treino específico para você.
        Acredito que no início nem vai ser necessário você fazer exercício todos os dias. 3 ou 4 já vai estar muito bom.
        Claro que não dá para esquecer também da alimentação.
        Tem um livro que eu acho muito bom e talvez você goste:
        – Body For Life ( Bill Phillips)
        Não sei se tem traduzido, mas vale muito a pena seguir as suas orientações.

        Abraços,
        Edu

  151. Ola, tudo bem ? Parabéns pelo blog.
    Gostaria de saber sobre a ozonioterapia. Vc ja fez ? Eh eficiente ? Vale a pena investir ? Ja conheceu alguem que tenha tentado ?

    Desde já agradeço.

    • Oi Felipe,

      Nunca tentei a ozônio terapia, então não tenho experiência pessoal com este tratamento.
      Durante o tempo em que pesquisei para escrever sobre o livro eu dei uma olhada nisso.
      Algumas pessoas dizem que funciona outras dizem que não.
      O que posso te dizer é que eu fico bem desconfiado quando esses tratamentos dizem que curam a herpes genital e erradicam o vírus.
      Se este é o caso, onde estão as pessoas completamente curadas? Cadê as provas? Não seria do próprio interesse dessas empresas que vendem o tratamento colocar à prova da ciência e divulgar amplamente os resultados comprovando a cura? Não deveria estar estampado nas primeiras páginas dos jornais como “achada a cura!”?
      Por isso recomendo cautela. Mas nada impede que você faça, mas procure um médico especialista para saber a opinião dele sobre este tratamento.
      Caso você faça, coloque aqui os resultados para que outras pessoas fiquem sabendo o que vc achou.
      Abraços,

  152. Olá Edú
    Como te falei minha história daria um bom livro e hoje teve mais uma página. Tive o encontro … me surpreendeu … Ela falou-me que antes de fazermos amor eu teria que fazer exame de HIV porque ela queria transar sem camisinha comigo, Respondi: Não vai ser possível fazer sem camisinha, ela se assustou e perguntou-me porque? Não teve outro jeito respirei fundo e contei tudo. Ela falou que isso não importava ela ia ficar comigo, vamos fazer com camisinha, disse ela. Só o tempo agora para dizer se ela realmente me quer e tudo vai dar certo. Obrigado por permitir deixar aqui meu depoimento, é uma forma de desabafo, de alívio … e mostrar para os outros que somos normais e podemos buscar a felicidade. Bom final de semana.

  153. Olá edurosadarco …. Sensacional!!! quero parabeniza-lo pelo seu livro, acabei de ler. Tenho certeza que minha vida com o herpes poderia dar um livro também. Muitas passagens do seu livro tem muito haver com o que passei. Comigo já tem mais tempo fui infectado em meados de 1984 e hodiernamente tenho 47 anos, No início é sempre mais difícil, mas atualmente como você colocou na pag 31 e 32 as vezes chego a pensar que estou curado, fico 1 ano e até 2 anos sem ocorrência e de repente o “susto” ela aparece, Ja tive alguns relacionamentos e por duas vezes contei a parceira, na 1ª vez ela me trouxe um monte de camisinhas que pegou no posto de saúde, continuamos o relacionamento e terminamos por ciúmes. No segundo, ela era jóvem, mais de 10 anos mais nova e “muito ativa”, ela aceitou naturalmente. Atualmente estou solteiro, mas com as mesmas dúvidas e incertezas com um novo relacionamento e o momento de falar sobre o assunto. Comigo ocorreu fatos interessantes como alternativa de tratamento como tomar (receita de que vi no Globo Reporter) e aumenta a defesa do organisno, que é Babosa, com mel e conhaque batido no liquidificador, este composto , acredito eu que aumentou minha resistência e fiquei mais de ano sem ocorrência, mas, agora sei que a pomada não adianta muito, só tomei comprimidos uma vez, mas como falei minhas ocorrências são bem raras. Caro amigo, assim como você quero continuar até o fim da minha vida monstrando que sou mais forte que este insignificante vírus. A carta ao herpes, foi a mensajem mais bonita que vi até então sobre esta banal doença. … Sei que poderia escrever aqui inúmeros fatos que passei, assim como voçê, mas estou aberto ao diálogo, meu email é cayresluiz@hotmail.com … Cara que bom existir pessoas como voçê, hoje estou me sentindo mais leve, obrigado e abraços fraternos.

    • Oi Luiz,

      Fiquei muito contente com o seu comentário! Obrigado.
      Acho que todos nós que lidamos com esta doença, ao longo de nossas vidas, passamos por experiências parecidas.
      Tenho certeza que iríamos identificar muitas coisas em comum nas nossas histórias.
      Qualquer coisa estarei sempre por aqui…
      Abraços,
      Edu

      • Olá Edu,
        Fico feliz que tenha gostado. Esta semana vou ter um encontro, ela está se separando, e gostou de mim, hoje me falou que precisamos conversar … e pediu-me que seja verdadeiro com ela, não gosta de mentiras. Mas, vou seguir os ensinamentos dos seu livro, não vou fazer sexo agora, vou esperar mais um pouco, mas com toda a coragem que Deus me der, terei que falar-lhe a verdade, no mommento oportuno. Espero que tudo de certo, não quero ser vencido nesta nova batalha … força de todos os anjos e santos, assim como você quero provar pra mim , para o mundo e que Deus permita que que encontre a felicidade

  154. Parabéns pela sua iniciativa Edu, realmente penso que para quem sofre com esse problema, falta mesmo um canal para compartilharmos experiências e sentimentos tão similares. Contraí herpes genital do meu ex-marido que estava com uma crise ativa quando transamos, éramos muito jovens e penso que foi imaturidade dele em não me contar (nessa época eu nem sabia que ele tinha herpes). Poucos dias depois apresentei sintômas fortíssimos como febre, dores pelo corpo, ardência ao urinar, fui diagnosticada com infecção urinária, mas depois de um tempo apareceram as lesões e ele não teve mais como me esconder. Eu era muito apaixonada mas obviamente fiquei muito triste com sua falta de cuidado, mesmo assim o perdoei.
    Logo no início as lesões sempre surgiam na região genital, depois passaram a aparecer nas nadegas e, agora, muitos anos depois, são lesões bem fracas nos arredores do ânus qua quando aparecem cerca de 4 vezes ao ano, sempre vem logo depois do período menstrual. Nunca fiz um tratamento e, como era casada e nós dois tínhamos o problema era muito tranquilo, compreedíamos bem um ao outro.
    Depois que me separei tive um namoro mais sério e contei para ele logo no início, ele teve algumas dúvidas mas ficamos bem depois de nossa conversa e continuamos juntos, e nosso término não teve a ver com nada disso.
    Mas hoje volto a viver essa mesma situação: apaixonada e sendo correspondida e tendo que ter essa tão temida conversa que deve ocorrer amanhã… espero que tudo corra bem e que eu possa compartilhar com vocês uma boa notícia.
    um abraço
    A.R (Rio de Janeiro)

    • Olá Alessandra,

      Nunca é fácil ter essa conversa mesmo.
      Sei bem como é isso.

      Vi que você acabou de comprar o meu livro e espero que o capítulo sobre contar ao parceiro te ajude.
      Tentei fazer o melhor que pude e coloquei muitas dicas e idéias lá para tentar facilitar nessa hora.

      Mas desejo que dê tudo certo para você!

      Abraços,
      Edu

  155. Oi Edu, me chamo Rose e tenho essa doença a 3 anos e até hoje não tive coragem de ter outro relacionamento, acho que pra mulher é bem mais difícil, e pra mim a rejeição é eminente pois quem vai querem namorar uma herpética, parece muito dramatico mas é a verdade, pois a mulher quando ama aceita quase tudo pelo seu amado, mas o homem é diferente ele não aceita. Ta ai um bom tema para enquete “Homens vocês namorariam uma mulher com herpes genital.”.
    Me desculpe mas até hoje não perdoei meu ex, pois ele me infecto querendo, pois chegou de mansinho numa noite, transou comigo no escuro sem camisinha e como fazia tempo que estavamos juntos não liguei, após ele monstrou o local das lesões das bolhas que se romperam com o sexo dizendo, hhhhaaaa acho que estou com alergia olhas, nossa no exato momento já sabia que algo aconecera, mas não sabia oque era, batata em uma semana as primeiras lesões apareceram e com ela o diagnóstico. Juro se eu pudesse matava ele, mas com certeza nunca farei isso com ninguem. E hoje em dia vejo minha vida sentimental e sexual passar na minha frente sem poder aproveitar. Gostarei de tirar uma dúvida, os antivirais como aciclovir pode ser tomado por muito tempo, anos? pois fui informada no posto de saúde que ele ataca o figado, e não é usado continuamente.
    Abraços Rose.

    • Oi Rose,

      Primeiro sobre a sua dúvida… sim os antivirais (para herpes genital) podem ser tomados por anos seguidos sem maiores problemas. Eles são muito bem tolerados e não causam problemas no fígado na dose correta. Mas como todos medicamentos, sempre é importante você falar com seu médico pois cada pessoa é um caso a parte.

      Agora sobre o sofrimento… olha… para mim foi bem difícil também aceitar isso naquela época e também achei que nunca mais iria encontrar alguém. Mas acredite em mim quando eu digo que isso não é bem assim. Você tem que mudar esse paradigma e dar uma chance para você mesma. Não deixe esta doença ditar as regras na sua vida. Claro que tem que agir com responsabilidade, mas nunca deixar de viver plenamente! Tem que encarar o risco de rejeição e continuar assim mesmo…
      Na minha opinião, o primeiro passo é mudar a maneira que você está pensando sobre esta doença… não dar tanto poder a ela.
      Escrevi um capítulo inteiro do e-book sobre isso… espero sinceramente que te ajude a superar isso.
      Abraços,
      Edu

  156. Oi, me chamo bruna e tenho 19 anos. Sempre fui saudavel, ontem descobri atraves de minha ginecologista que contrai o virus e nao sei rrealmente o que será da minha vida, eu só fico pensando que nunca vou ter um namorado na vida, pq ninguém vai aceitar ter uma namorada com uma doença dessas, eu passei a noite me perguntando como vou conviver com isso na minha vida, eu to desolada, sempre tive uma vida perfeita, eu não sei pq isso ta acontecendo comigo, eu acho que não tenho forças pra encarar o que vai ser da minha vida daqui pra frente com isso…. Preciso que me ajudem, por favoooor.

    • Oi Bruna,

      Quando agente descobre que pegou esse vírus é realmente arrasador.
      Comigo foi assim também. A grande maioria das pessoas tem essas
      mesmas reações e pensamentos que você está tendo, principalmente no começo.
      Bruna, eu sei como isso é ruim porque também senti na pele.
      Mas garanto a você que tem como superar e levar uma vida normal.
      Claro que alguns ajustes tem que fazer, mas com o tempo acredito que
      você vai ver que não é tão ruim quanto parece.
      Aguente firme aí!
      Não posso deixar de indicar meu livro para você, tenho certeza que irá te ajudar bastante.
      Abraços

    • Realmente Bruna, como o Edu disse, é difícil mesmo no começo! Tb tenho herpes, e com o tempo passando pra mim tb ficou um pouco mais tranquilo do que quando descobri. Qualquer coisa pode me passar um e-mail pra agente manter contato e ficarmos conversando sobre toda essa situação todos aqui estamos. è bom manter contato com pessoas que tem esse mesmo problema que vc, assim dar pra ver q nao somos os unicos a termos herpes! claudiotorresbrito@bol.com.br

      Abraços

  157. Olá, Edu! Primeiramente gostaria de parabenizar a sua iniciativa! Tenho certeza que seu livro têm ajudado muitas pessoas que sofrem com esta doença!
    Atualmente estou fazendo o tratamento supressivo combinado com polivitaminicos e enax.. eu vivi momentos muito ruins da doença, pois assim que tive a primeira crise tive crises sucessivas a cada mês, o que durou cerca de 6 meses seguidos, foi quando decidi entrar com o tratamento supressivo. Sempre que a crise voltava eu ficava deprimida, com baixa-autoestima, me sentindo péssima, por isso optei pelo tratamento supressivo, ainda que minha médica dissesse que eu deveria controlá-lo “naturalmente”, mas eu n conseguia. Ela me passou o tratamento durante 1 ano, mas gostaria mesmo de tomá-lo o resto da vida, para evitar novas crises. Gostaria de saber se vc sabe se os antivirais podem ser administrados dessa forma ou se podem perder a eficácia com o tempo! Você toma os antivirais diariamente?

    Comecei um relacionamento, ha 5 meses e ainda não contei ao meu namorado sobre o problema, por temer uma rejeição.. mas ao mesmo tempo, sei q n posso esconder por mais tempo.. pois cedo ou tarde posso ter outra crise, e não posso ficar a vida inteira dando desculpas..ele não aguenta mais usar preservativo e me cobra o uso de anticoncepcionais, mas eu tenho medo de contaminá-lo, ou pior, de não contar, e ele descobrir a doença quando ele próprio já tiver sido contaminado! Já sugeri a ele que façamos exames juntos.. antes de usar o anticoncepcional, seria uma boa oportunidade de contar.. ou até mesmo se ele já tiver (afinal, dizem que a doença é muito frequente), iria me poupar grandes esclarecimentos! Eu não consigo mais viver na mentira.. sei que se ele descobrir de uma forma ou de outra eu não saberei mentir.. mas gosto muito dele e tenho medo de perdê-lo.. ao que me parece ele não gosta mesmo de usar camisinha, e diz que por sermos um casal, não tem porque usarmos.. tenho muito medo porque as ex namoradas dele todas usavam anticoncepcionais, ele n se acostumará se tiver que usar camisinha cmg.. como vou dizer que teremos que usar camisinha pra sempre? se não ele pode pegar? E quando eu contar pra ele.. se ele for direto no google e olhar as mesmas coisas horríveis que eu olhei, as informações doidas e preconceituosas que td mundo olha.. concerteza vai ser um susto pra ele.. Estou ha dias sem dormir direito.. me pergunto se não seria cedo p contar.. ocorre que a utilização da camisinha vem levando nosso namoro a algumas crises e discussões.. se eu adiar, corro o risco de perde-lo, se eu contar, também.. não sei o que faço!

    • Oi Alice,
      Lendo esse seu e-mail foi como sentir um “flashback” de tudo o que eu também passei.
      As coisas que acontecem para quem tem esta doença são muito semelhantes mesmo.
      Respondendo a sua pergunta…
      Eu também achei que teria que tomar os antivirais supressivamente para o resto da vida para controlar as crises que estavam bem frequentes.
      Mas normalmente este não é o caso. Tomei sim por muitos anos e o método funcionou bem para mim, aliado com outras coisas que explico no livro.
      Já faz alguns anos que minhas crises diminuiram bastante (uma ou duas no ano), então não sinto mais a necessidade de usar diariamente e passei a
      usar de forma episódica.
      Mas é o seguinte… os antivirais são bem tolerados e não causam efeitos colaterais muito significativos, eles estão em uso a muito tempo agora e
      por isso a medicina já conhece bem seus efeitos. Ou seja, são seguros para uso prolongado. Muitas pessoas usam por muitos anos. Mas não posso deixar de
      dizer aqui que é muito importante que seu médico faça o acompanhamento. Só ele poderá analisar o seu caso específico.
      Na minha opinião você pode tomar por um ano, depois faça uma pausa para ver o que acontece.
      Por experiência própria, parece ser verdade que as crises diminuem com o tempo. Porém eu já tenho a mais de 17 anos, então realmente já faz tempo!

      Sobre contar ao parceiro… isso é uma coisa tão crítica e difícil que escrevi um capítulo inteiro do livro sobre esse assunto.
      Na minha opinião, você precisa contar ao seu parceiro o quanto antes.
      Primeiro que não dá mesmo para sustentar uma relação sem contar (uma hora a pessoa vai ter que saber) e segundo que isso não seria justo com ele.
      Mas tem maneiras certas de fazer isso.
      Eu sei que sempre existe um risco de rejeição , mas pelo que pude ver, isso não é tão frequente quanto agente pensa e também vai depender muito do seu envolvimento emocional com seu parceiro.

      Espero que dê tudo certo para você,
      Abraços,
      Edu

    • olá Alice, estou nessa mesma situação q vc, Como contar a minha parceira q tenho a doença!!
      Se quiser agente pode continuar se falando por e-mail, claudiotorresbrito@bol.com.br , pra trocarmos ideias sobre isso, já que estamos no mesmo dilema! Pra ver até se conseguimos achar o melhor caminho de como contar!
      Qualquer coisa me passa um e-mail, ok!
      Abraço a todos!

      • Oi Claudio,

        Fiz uma extensa pesquisa sobre como contar ao parceiro e coloquei todas as melhores idéias, erros de quem conta e dicas que irão ajudar em um dos capítulos do meu livro.
        O assunto é um pouco extenso mas tenho certeza que iria te ajudar, inclusive também a ganhar tempo.
        Qualquer coisa acesse o meu site: http://www.dosustoaosucesso.com
        Atenciosamente,
        Edu

  158. Olá! Comprei seu livro, pois já não suporto mais a tortura de passar sozinha por isso. A cerca de 2 anos comecei a apresentar alguns sintomas, porem somente a um ano que se manifestou por completo. Fiquei revoltada com meu ex e agora estou sem coragem para começar um novo relacionamento. Isso tem me deixado estressada o que não ajuda em nada. Estou com crises seguidas e minha vida é bem estressante. Me sinto encurralada por essa doença. Sinto minha rotina prejudicada e minha auto estima em queda. Espero que seu livro me ajude. Parabéns pela iniciativa.

    • Oi! Obrigado por comprar!
      Espero que você goste e, principalmente, que te ajude.
      Agente passa por fases complicadas com essa doença.Principalmente no começo…não é fácil mesmo.
      Mas com o tempo, sei que você vai conseguir superar isso.
      Eu sei disso porque eu passei por situações bem semelhantes às que você contou que está passando. Você vai ver no livro.
      Espero que você fique bem… aguente firme… e depois, se puder, me diga o que achou do livro.
      Abraços,
      Edu

  159. Poxa eu estou muito chateada, pois contínuo tendo sangramentos durante as relações. No início eu pensei que fosse por causa da minha herpes, mas tô começando a achar que se trata de uma outra doença. Só que acontece que não tenho os sintomas de certas doenças que pesquisei pela internet. Vou voltar ao médico, e fazer uma série de exames pra ver se desta vez consigo identificar. Se tiver alguma informação à respeito, agradeceria se compartilhase comigo.

  160. oi Edu, na verdade não tenho intenção de fazer perguntas indiscretas não, mas é q vc é a única pessoa que conheço q tb tem herpes!! Por isso te fiz essa pergunta anterior, ok?!! Só quero conseguir entender um pouco mais dessa doença q tenho!

    Obrigado mesmo!!

    • Olá Claudio,

      É verdade…essa doença faz isso, ninguém fica falando, por isso a grande maioria enfrenta ela sozinho.
      Mas blz, sou casado a 6 anos mas estou com minha esposa a mais ou menos 11 anos. Temos um filho.
      Até o último teste dela, que acho que faz uns dois anos, ela não se infectou.
      Eu explico em mais detalhes no meu livro sobre a prevenção da transmissão, transmissão assintomática, riscos, etc… é um assunto meio longo.
      Basicamente: jamais transar quando tiver qualquer sintoma presente, nem mesmo com preservativo. Sempre verificar os genitais antes. Tomar antivirais supressivamente ajuda a diminuir o risco. Camisinha também diminui drasticamente o risco, deve ser usada, mas não elimina completamente.
      É uma escolha do casal como vai agir, uma decisão conjunta…aceitar o risco etc…
      Mas na minha opinião, um casal que se gosta, não deve deixar que este vírus atrapalhe de levar uma vida normal, nem por um minuto. Mas tem sempre que agir com responsabilidade.
      Abraços,
      Edu

  161. Edu,

    e vc é casado há muito tempo? Pergunto pq tenho a herpes e morro de medo de passar pra namorada, e como vc é casado e sua esposa não se contaminou, pergunto se vcs se conhecem há muito tempo?!! E filhos, vc tem? Como vc faz, sempre transa de camisinha, ou em determinados momentos opta por não usá-la?!

    Grande abraço!!

  162. olá Edu… descobri na última semana que estou com HSV e passando por minha primeira crise. Já estou com os sintomas a cerca de 1 mês e somente na ultima semana tive certeza após receber o resultado dos exames. Fique perdido ao tomar conhecimento de minha situação. Tenho 26 anos e nunca achei que isso poderia acontecer comigo. Tenho uma namorada e já contei a ela sobre meu problema, provavelmente ela também deve estar infectada mas até agora não apresentou nenhum sintoma. Para o caso de ela não ter sido infectada, há risco de contamina-la ao fazer sexo sem camisinha quando eu não apresentar lesões?
    Estou muito preocupado com ela. Tive muito medo de ser rejeitado mas isso não aconteceu, pelo menos ainda.
    Agradeço muito sua ajuda. Abraço Edu.

    • Olá Neto,

      Sinto muito que você tenha se infectado também. Eu sei que no começo é brabo, mas fique sabendo que com o tempo isso é perfeitamente superável.
      Sobre a sua pergunta… Infelizmente existe sim um pequena probabilidade de ocorrer uma transmissão assintomática (sem sintomas aparentes).
      O que você precisa saber é que quando o vírus está em estado latente, ele não se transmite.
      O problema é que ás vezes o vírus pode estar ativo e presente na pele sem apresentar sintomas.
      Estudos indicaram que isso pode ocorrer em 3% dos dias do ano aproximadamente.
      Mas isso não é o fim do mundo. Para você ver, até o último teste que minha esposa fez, ela até este momento não se infectou.
      E existem relatos de casais discordantes (em que um tem o vírus e outro não) que vivem juntos há muitos anos e que também não ocorreu a transmissão.

      Abraços,
      Edu

  163. Olá
    Descobri a doença nos exames de sangue para meu 1º pré natal. O resultado foi HSV I e II IGC reagente e HSV I e II IGM não reagente. Fiquei surpresa com o resultado, pois nunca tive nenhuma crise. Nem imaginava que eu pudesse ter, apesar de estar em dia com meu preventivo e viver num relacionamento de muitos anos.
    Num primeiro momento fiquei pasma, não sabia o que pensar e senti um misto de raiva e vergonha. É difícil lidar com isso, pois os questionamentos nos assolam.
    O pior foi encarar o médico e a vergonha dele confirmar o que o resultado do exame já dizia.
    Não sei como é para um homem, mas para a mulher é terrível ouvir e encarar o médico, pois os sentimentos que vem ao coração é raiva, impotência, uma vergonha absurda, angústia do futuro e muitos outros sentimentos que não sei explicar.
    Tive um aborto espontâneo aos 2 meses de gestação pela má formação do bebê e apesar do médico dizer que não há relação com a doença, sinto-me culpada e sem paz.
    Tenho buscado conhecer a doença através de sites e matérias na internet, pois tenho consciência da importância de estar bem informada.
    Mas é barra.

    Um abraço e parabéns pelo blog.

  164. adorei a sua materia,de como vc explica com veracidade sobre os problemas emocionais que o herpes causa. eu já tenho esta doença à 2 anos e nunca tive coragem de contar a ninguém,mas essa semana estou muito triste por achar que posso ter contaminado um rapaz que eu ficava sem usar camisinha, agente parou de ficar, pois eu estava tendo sangramento durante a relação, provavelmente ele deve ter achado que eu estava com alguma doença e nunca mais me ligou, nao tive mas noticia dele. sei que fui estupida em ter transado com ele sem camisinha sabendo a doença que tenho, mas acho que nunca vou ter coragem de contar em nenhum relacionamento que eu tiver sobre a minha doença, pois apesar de ter um enorme medo da rejeição e de me sentir diminuida, tenho tambem um enorme medo de além disso ele contar pra outras pessoas o que tenho, e a noticia se espalhar; acho que nunca vou ter coragem de contar a ninguém sobre isso, pois acho que não me sentiria melhor a não ser se a pessoa tivesse também. é possivel a herpes causar sangramento durante algumas relações sexuais e o que vc tem a dizer sobre o meu comportamento egoísta? vc é a unica pessoa até hoje que tenho este contato, para poder me abrir?

    • Oi Natalia,

      O herpes genital não causa sangramento nas relações sexuais. A não ser que ocorra sexo com uma crise ativa, o que seria muito perigoso tanto para a transmissão do vírus da herpes como também para se contaminar com outra doença. E nunca transar com qualquer sintoma, mesmo com camisinha, é uma das regras fundamentais.

      Mas eu sei exatamente o que você está sentindo. Já passei por isso também. O medo de rejeição, a sensação de estar se sentindo inferior, o receio de contar, a vergonha de que outros possam saber, etc.
      Isso tudo são reações bem normais e eu tenho quase certeza de que acontece com todos nós que se infectam com essa doença.
      Mas posso garantir para você que é possível superar estas emoções negativas.
      Sobre contar ao parceiro…. eu escrevi um capítulo inteiro no livro sobre isso, para você ver o quanto eu sei que isso é complicado. É uma situação difícil com certeza, mas é necessária para relacionamento duradouro. Ficar inventando desculpas para não fazer sexo, viver com culpa e medo de transmitir, isso não é nada bom. É também uma questão de ser responsável, principalmente com a pessoa que você gosta. Eu sei que existem riscos sim, mas pela minha experiência a rejeição não é tão frequente assim, principalmente quando existe envolvimento emocional e não somente sexo.

      Você não está sozinha não. Você não faz idéia de quantas pessoas passam pelos mesmos problemas e já compraram o meu e-book.
      P problema é que o herpes genital é esta doença “secreta” que ninguém gosta de falar. Aqui no Brasil tem muito pouco suporte para quem sofre com isso.

      Qualquer coisa me escreva…
      abraços,
      Edu
      edu@dosustoaosucesso.com

      • Edu, estou em duvida se tenho herpes ou foliculite.
        Herpes gera pus nas bolhas ou não?
        Foliculite provoca ardência ao urinar e contato com água?
        Herpes doi? Digo, ao tocar as bolhas, as bolhas doem?
        Minhas bolhas cresceram, mas não doíam, não tinha pus, a única coisa que incomodava era o fato de arder ao contato com urina e água.
        Fiquei cerca de 10 dias convivendo com o problema.
        Pode me responder, por favor… estou muito apavorada.

      • Oi Luana,

        1- Sim, herpes pode gerar bolhas com “liquido” dentro.
        2- Foliculite: http://pt.wikipedia.org/wiki/Foliculite
        3- Herpes doi sim, principalmente na primeira crise. Nas recorrências, a dor é maior quando as bolhas estouram e fica por um tempo uma lesão aberta. Quando as bolhas ainda estão fechadas, não costuma doer. As prodromes (sintomas antes da crise) também podem incomodar muito.
        Abraços,
        Edu

  165. Ola eu tive uma crise pela primeira vez na semana passada, fiquei muito constrangida e nao consigo contar oque tenho ao meu namorado, namoro com ele a quase 1 ano e nunca tive nada e gostaria de saber se eu posso ter pagado dele.?

    • Olá Fernanda,

      Você pode ter pego dele sim, como também pode ser uma infecção mais antiga e só tenha se manifestado agora por algum motivo.
      Ás vezes é difícil identificar de quem pegou esta doença.
      Porém, se você está com sintomas fortes de uma primeira infecção (que costuma ser mais severa) é mais provável que você tenha se infectado recentemente.
      Esta doença se manifesta de maneiras diferentes em cada um. Tem pessoas que estão infectadas e apresentam sintomas bem fracos ou até nenhum, e nem sabem disso. pode ser o caso do seu namorado.
      Fale com seu médico para fazer um teste IgG e ver se você e seu namorado já têm anticorpos HSV 1 ou HSV 2.
      Abraços,
      Edu

  166. Comprei o livro.. e posso dizer que está me ajudando…tenho quase certeza absoluta que tenho herpes genital..estou passando pela minha primeira crise..sempre usei camisinha..e peguei via sexo oral pois meu namorado tem herpes labial.
    Acho que isso tinha que ser melhor divulgado!!! Obrigada Edu! Abs!!

  167. Legal…mas se as pomadas não são tão eficazes, qual seria a alternativa??
    Tenho lido de tudo na internet, e visto experiência mto loucas como o uso de detergente… hahahahaha…mas isso parece surreal… continuo lendo e procurando novidades e não vejo a hora de lar algo do tipo “ENCONTRADA A CURA…” e olhe que eu estou com isso a menos de 2 meses…

  168. Eu também nunca ouvi falar de eletrocauterização, e olha que eu posso dizer que entendo do assunto. E ainda por cima parece um negócio bem doloroso! Não faça isso não! Procure outro médico se precisar.
    Sobre os antivirais… quando eu começei a tomar de forma supressiva, logo no primeiro mês eu tive uma crise e por isso achei que eles não iriam funcionar para mim, mas eu continuei insistindo e valeu a pena naquela época. Você deve estar passando um período de alta reativação do vírus. Isso aconteceu comigo em 1999. Eu tive uma crise por mês naquele ano , foi muito estressante, inclusive foi isso que me fez decidir fazer de tudo para aprender a resolver os problemas “secretos” que essa doença me causava.
    Na minha opinião, você deve continuar por mais tempo para ver o que acontece.
    Acho que as vitaminas são uma boa idéia, principalmente a vitamina C. As pomadas com antivirais não são tão eficazes mas ajudam um pouco durante a crise. Tente fazer de tudo para controlar o seu estresse e também procure dormir bem e pelo menos 8 horas, acho que vai ajudar bastante nessa fase que você está passando.
    Abraços,
    Edu

  169. Esta sendo bem difícil mesmo, mas tenho tentado não pensar tanto no assunto, mas é quase impossível… eu namoro o pouco mais de 1 ano e o virus só despertou em mim… ainda não fizemos o teste para saber se meu namorado tem, mas é certo que sim… essa é uma questão que não faz tanta diferença hj… na primeira crise aconteceu em um periodo de grande turbulência, não me alimentava direito por conta do novo horario de trabalho e começei a perder peso… num dado final de semana começei a me sentir mal com febre, mal estar e achei q era gripe e junto a td isso minha gengiva começou a inchar e procurei dois profissionais: um odonto que me disse q estava com Gengivite aguda ocasionada pelo estresse e baixa resistência; e um ao ginecologista pois não imaginava do que se tratava aqueles ferimentos que apareceram na genital e ele não foi nd prestativo, não me receitou nenhum medicamento e ainda me solicitou uma eletrocauterização que me custaria $400.00, achei um absurdo e não fiz o procedimento, mantive diálogo com algumas enfermeiras e nenhuma delas tinha ouvido falar que esse tipo de procedimento fosse usado para esse fim… e começei a pesquisar sobre o assunto… atualmente eu to usando uma pomada (aciclovir), terminei uma caixa de pilulas tbm (herpesite, eu acho), um suplemento vitaminico (Centrum) e um antiviral fitoterapico (Enax)… ainda não vi mtos resultados, mas já me disseram que isso é uma questão de tempo… o que não é o meu forte pois sou imediatista… o namorado tem sido bem compreensivo, pois temos enfrentado isso juntos, mas eu fico preocupada, pois já por 2 vezes cerca de 8 dias de sumidos os meus feriimentos mantivemos relações e qndo fui ver… lá tinha mais um… isso cansa!!! Só espero que ele não canse…rssss.
    Abraços e obrigada por dialogar comigo.
    Naiara

    • Oi Naiara.
      O aminoácido chamado L-Lysine ajuda muito a evitar novas crises. 2 capsulas por dia de 500mg. melhor do que o Enax,que tem tendência a atacar o fígado.
      Alimentos ricos em lysine também ajudam: carne, ovos, queijos. Leia sobre alimentos p evitar novas crises de herpes e evitar alimentos ricos em arginina, como chocolate, nozes, amendoim, coco, milho que provocam mais crises.
      Vitaminas sempre ajudam também, especialmente c zinco e Vitamina C. Exercícios físicos e evitar estresse. A Lisina(nome em português)pode ser manipulada em farmácia naturais. Abraços Susan

  170. Edu, me conta como foram os primeiros meses da sua descoberta que tinha virus… eu não sei mais o que pensar ou o que fazer… tenho crises semanais… e gostaria de manter diálogo com alguém que ja tem a doença…

    • Oi Naiara,
      Pra mim também não foi nada fácil. Na época eu era bem novo, uns 20 anos. Foi um choque! Minha auto-estima foi lá para baixo. Fiquei muito triste. Eu acordava de noite pensando se isso era mesmo verdade. Eu achava que ninguém mias iria querer ficar comigo. Me isolei por um tempo e não sabia o que fazer.
      Só com o tempo eu fui melhorando, mas demorei quase um ano para ficar melhor.
      Sabe como parece que só agente tem esse vírus , por que é uma coisa que ninguém fica falando por aí. Então eu acho que assim como aconteceu comigo, muitas pessoas ficam sofrendo sozinhas sem apoio de ninguém. Imagine só que naquela época, também não tinha nem a internet.

      Eu sei que é barra, principalmente no começo,mas aguente firme! Eu posso te dizer por experiência própria que é possível superar isso. Mas tem que fazer alguns ajustes e se adaptar.
      Se você estiver com muitas crises seguidas, tente um tratamento supressivo com antivirais por um tempo, fale com seu médico.
      Vamos conversando…
      Abraços,
      Edu

    • Que bom que encontrei esse lugar, preciso muito conversar. Adquiri o virus da herpes. Tinha um namoro de 2 anos, e descobri 3 meses depois de perder a virgindade. Contei ao meu namorado ele pouco se importou e terminou comigo. Fui ao ginecologista, ela me passou aciclovir, e 3 pomadas, fiz o uso. Mas depois começaram a aparecer as bolinhas. Fazem 2 anos que não tenho relação. Morro de vergonha de mim sabe, por ter sido tão burra e não posso me deitar com alguém mesmo estando apaixonada, sabendo que posso contaminar, ferir, estragar a vida dela. É muito ruim viver só, sem poder (ou não ter coragem) de contar pra ninguém que sou portadora do virus, passar mal (pois já tive crise de febres) e dizer que deve ser virose. Outro dia, umas amigas da faculdade descobriram que uma menina da nossa sala adquiriu o virus, senti o preconceito no olhar, na fala sabe. E eu como uma covarde consenti. Ninguém sabe, só meu ex que agora vive com outra pessoa, fingindo não ter nada.
      Me ajudem, me sinto muito só e culpada.

      • Oi Haissa,

        Sei bem com vc está se sentindo, mas vc não pode deixar essa doença roubar anos da sua vida.
        Eu sei que agente fica com a autoestima baixa e que o medo de rejeição é grande, mas sério… não deixe de viver por causa disso.
        Não deixe de tentar novos relacionamentos. Se não der certo não deu, se formos rejeitados que seja … mas não deixe o medo desse “viruszinho” travar sua felicidade.
        Falo isso por experiência própria. Depois o arrependimento pode ser maior.
        Bjs
        Edu

      • Olá haíssa !!!! Já tenho há uns 10 meses , no inicio é difícil mais o tempo lhe ensina a lidar com a doença , então , comigo esta dando certo o tratamento q eu próprio lendo muito sobre o assunto resolvi fazer, comprei vitaminas L e C , Lisyne 500mg (2 comprimidos dia) e vitamina C 1000g( 1 comprimido dia) , tomo todos os dias independentes das crises !!!!! quando tenho crises que no meu caso estão ficando menos frequentes, tomo penvir 125g por 6 dias de 12hs em 12hs , e faço uso da pomada tbm aciclovir creme , tbm por 6 dias !!!! mesmo melhorando antes continuo o ciclo, no inicio usava aciclovir mais não estava dando efeito por isso mudei para o penvir que deu muito certo , pois com aciclovir as feridas sumiam mais ficavam umas manchas bem avermelhadas , q quando eu fazia sexo me causavam muita dor , parecia q estava em carne viva !!! com penvir não, as feridas somem, e as manchas avermelhadas tbm , já li q já tem uma vacina com a cura desta peste q é o herpes , mais aqui em nosso pais ninguém fala sobre isso, eu acho q já tem uma treta com fabricantes de remédio para q ela naum chegue aki pois assim eles iriam perder muita grana com os tratamentos de herpes q compramos com eles !!!! Desejo vc melhoras e tira esses macaquinhos q assombram sua mente, isso não é o fim do mundo, e não deixe de praticar sexo !!! sexo é vida !!! cuide se abraços !!!

      • Não fique assim moça tenha fé em Deus se vc princisar de um amigo pra conversa eu tou aqui salva meu número 05182421573

      • O Haissa não se preocupe com isso, é uma doença dolorosa sim , muito chata e muito incoveniente porem se voce tomar alguns cuidados ( pedidndo seu parceiro ) para usar preservativos a coisa vai bem e quando não tiver sintoma algum pode ter relação normalmente , mas é bom lembrar que usar preservativo evita o pior que é a AIDS e pessoas que tem herpes normalmente ficam mais predispostas a adquirir a AIDS se não usar o preservativo pois as feridas as vezes estão na fase inicial o que pode ocorrer troca sanguinea e secreções mais facilmente , por isso nunca transe se camisinha com pessoas que voce não confie.. no mais pratique exercicios, não beba , alimente~se bem que a vida vai bem ……… conheço pessoas que tem o herpes e bebem muito e não apresentam sintomas porque são pessoas que mantem uma regra … bebem somente aos finais de semana , praticam exercicios , tomam mutos sucos naturais e quando a doença ataca tomam antivirais bem no inicio para inibir a ação devastadora do virus. Boa Sorte !!

      • Haissa em primeiro lugar agradeça a Deus por não ter contraído a AIDS Deus é bom e misericordioso quando aparecer a herpes tome banho de 10m. água morna e logo desaparece água morna mata o vírus Água morna bastante na ferida . A herpes se contrai também por catapora quando criança e só depois se manifesta (caso não toma a vacina ) Não procure culpados quando encontrar alguém vai gostar pelo que você é . Uma mulher foi curada de câncer Deus é Deus do impossível vsi nesta fé Jesus te ama peça misericórdia

    • Faz trés meses que tenho herpes mais não acusou no exame de sangue,como fasso para fazer um tratamento com aciclovir,e esse tratamento tem duração até quando?

      • Oi Everton,
        -O exame IgG para verificar a presença de anticorpos contra o vírus da herpes pode dar um falso negativo no início, por isso o recomendado é faze-lo depois de no mínimo 3 meses. Se você fez depois desse tempo e ainda deu negativo, na minha opinião, acho que você deveria esperar mais um mês e refazer. Quem sabe também mude de laboratório.
        -O tratamento supressivo com aciclovir é mais recomendado se você estiver com uma grande frequência de crises de herpes genital. Como você está no início, o ideal é esperar um pouco para ver como e se o vírus irá reativar em você.
        Att,
        Eduardo Rosadarco

      • Boa noite ver ja passo dos tres meses entedeu e nao deu nada sei que è herpes mais preciso saber por quanto tempo eu tomo o aciclovir pq nao aguento mais esse bolhinhas saindo na pele do meu penis mim ajude porfavor.
        Zap 81-8878-5533 ok.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s